6 coisas que você precisa saber sobre carros prata

12/06/2018

Você deve conhecer o ditado “nunca julgue um livro pela capa”, não é mesmo? Infelizmente, muitas vezes ele não é aplicado na prática, e uma dessas situações é na compra de um carro novo.

Ao escolher qual será o seu próximo ou primeiro veículo, é importante prestar atenção em alguns pontos, como sua potência e preço. Entretanto, outro fator que deve ser levado em conta antes de efetivar a sua compra é a cor do carro, pois ela interfere diretamente na facilidade de revenda.

Neste post, falaremos sobre o famoso carro prata. Explicaremos suas características, quais as implicações de se escolher um automóvel dessa coloração e como tirar arranhões de carros prata. Para conferir tudo isso é só continuar a leitura!

1. Carros prata são populares

Atualmente, os carros nas cores neutras, principalmente em tons prateados, têm bastante presença pelas ruas brasileiras. A paixão pela cor é tanta que muitas concessionárias dedicam 50% dos seus pedidos de novos veículos para os modelos com essa coloração.

Uma resposta plausível para que carros de tonalidades mais neutras sejam tão procurados é pelo fato de serem mais conservadores, podendo se adaptar à personalidade e ao estilo de incontáveis motoristas.

2. Carros prata são práticos

Carros prata apresentam algumas características que podem explicar o porquê de tanto sucesso: a sujeira consegue ser melhor disfarçada em relação a um carro preto, por exemplo, além de deixar menos visíveis os pequenos arranhões da lataria. Usando uma cera para carro prata, o automóvel fica sempre com um aspecto de novo. É importante que opte pela melhor cera para carros prata.

O carro Corsa prata, carro Tucson prata, carro Meriva Prata e o carro polo prata são modelos de grande sucesso.

3. Carros prata são fáceis de revender

Por consequência, o maior benefício que essa cor pode oferecer ao seu motorista é a sua facilidade de revenda, justamente por conta da sua popularidade, mesmo com os diferentes tipos de cor prata para carros.

Por existir bastante oferta e o preço ser bem mais em conta do que um 0 km, muitas pessoas optam por comprar modelos usados dessa cor. Assim, também poderão revender posteriormente.

Vale lembrar que tirar arranhões de carros prata é mais simples que em carros de outras cores.

4. Carros prata são mais “fresquinhos”

Automóveis de cores mais escuras retêm mais calor, que acabam sendo passados para o interior do carro. Isso faz com que o motorista sinta mais calor e, por consequência, tenha de gastar com o ar-condicionado. Além disso, veículos com essa característica sofrem maior deterioração da pintura, com o passar do tempo.

Ou seja, carros prateados absorvem menos calor, ficando mais frescos, e apresentam uma pintura mais resistente ao sol. Deste modo, é muito comum alguém optar por pintar carro de prata ou realizar o envelopamento de carros prata.

Se você deseja pintar o seu carro, é importante escolher uma oficina que entenda do assunto e saiba como pintar carro prata, para que o resultado final seja satisfatório.

5. Carros prata podem ser mais caros

Devido a sua alta procura e pela pintura ser um pouco mais trabalhosa do que a de carros cinza, por exemplo, os prateados acabam se tornando mais caros. Entretanto, sua desvalorização é menor na hora da revenda. Em média, um carro com essa pintura pode custar R$ 1.000 a mais.

Exemplos de carros super bem aceitos na cor são o carro Hrv prata e o carro City prata, ambos da Honda. O carro Veloster prata é um ótimo exemplo de luxo e sofisticação também.

6. Carros prata podem ser perigosos

Infelizmente, os carros das cores prata também são bastante visados pelos ladrões, devido a sua facilidade de revenda. Eles também são muito utilizados em crimes, pois podem se camuflar mais facilmente entre os outros carros pelas estradas, dificultando o reconhecimento por testemunhas ou da própria polícia.

Em 2017, 78 mortes foram causadas por criminosos que portavam carros pratas ou pretos em Belém (PA). As vítimas eram pessoas que já tinham passagem pela polícia por algum tipo de crime.

Por que a cor de um carro pode influenciar no seu preço?

De forma prática, não existe nenhuma justificativa que possa explicar o porquê de alguns carros serem mais caros que outros apenas pela cor. Portanto, o único fator que pode “tabelar” esses preços são as pesquisas de mercado, relacionadas com a oferta e a demanda das cores.

Apesar de a cor prata liderar o ranking de carros mais procurados, outras tonalidades também têm alto grau de procura e facilidade de revenda, como é o caso das cores preta, vermelha e branca.

Os carros em tons escuros fazem sucesso em todo o mundo, conseguindo transmitir elegância e neutralidade. Entretanto, carros pretos acabam absorvendo mais calor e são mais propensos a participarem de acidentes durante a noite.

Carros brancos também têm ótima aceitação no mercado e são comumente utilizados por taxistas ou veículos de empresas. Contudo, automóveis brancos acabam deixando sujeira e marcas de arranhões mais aparentes. Portanto, se você não vai usar o carro para fins comerciais e está na dúvida de optar por um carro branco ou prata, escolher pelo prata seria mais interessante.

Um detalhe curioso é que carro prata com rodas pretas ficam com um ótimo aspecto, sendo uma ótima combinação a se fazer.

Os motoristas mais esportistas preferem os modelos na cor vermelha, remetendo à adrenalina e à famosa cor da Ferrari, mas seu destaque não agrada a todos com bons olhos, fazendo com que muitos prefiram uma cor menos chamativa.

Como cuidar da lataria do seu carro?

Mesmo escolhendo um carro prateado, é preciso manter o bom estado da pintura e de todo o veículo, pois os automóveis que não estão em boa qualidade sofrem uma grande desvalorização, independentemente da cor.

Lave o seu carro periodicamente (uma vez por semana) e com os produtos adequados, evitando ao máximo adicionar riscos ou manchas na lataria, que podem aparecem caso o sabão não seja retirado completamente.

Se você está pensando em como tirar riscos de carros prata, saiba que o enceramento pode ser feito a cada um mês ou um ano, a depender do material que você utiliza. Esse processo protege o carro de danos dos raios ultravioleta, dejetos de animais e outros pequenos detritos, além de fazer com que a pintura dure por muito mais tempo.

Se algum pássaro usar o seu veículo como banheiro, retire os dejetos utilizando limão. Entretanto, caso atinja o verniz, será necessária uma nova pintura, o que poderá depreciar o valor final do veículo, se a limpeza for mal feita.

É importante não deixar esse tipo de sujeira acumular, pois são bastante corrosivas e podem deixar manchas no carro em até um dia. Além disso, riscos ou pequenas aberturas na lataria podem favorecer a oxidação da área.

Se você acha a cor prata muito chamativa devido ao seu brilho, poderá optar por um carro prata fosco, que conta com as mesmas vantagens e uma boa valorização no mercado.

Pensar na cor do seu próximo veículo (além dos benefícios tradicionais de um bom carro) é um investimento a longo prazo, pois você poderá fazer um ótimo negócio na hora da revenda e, assim, ter sempre o melhor automóvel e um baixo nível de desvalorização. Todos esses fatores valem muito a pena para que você economize na hora de comprar um novo modelo. Depois de descobrir tantos benefícios, há chances de você até sonhar com carros prata.

Gostou do texto? Então agora que você já sabe como tirar risco de carros prata, aproveite e assine a nossa newsletter e não perca mais nenhum conteúdo do nosso blog!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *