6 detalhes essenciais no contrato de compra e venda de carro

14/12/2018

Elaborar ou verificar o contrato de compra e venda de carro é muito importante na hora de concretizar um bom negócio, por isso é fundamental que tanto o vendedor quanto o comprador estejam atentos a fim de lidar de modo tranquilo com a burocracia envolvida no processo, assim como para evitar prejuízos desnecessários.

Neste artigo, vamos falar sobre o tema e apontar 6 detalhes essenciais que devem ser observados na hora de elaborar o documento e que certamente vão fazer diferença para um processo tranquilo e confiável. Continue a leitura e acompanhe.

  1. Defina com clareza o objeto vendido no contrato

Definir bem o carro vendido é fundamental para evitar possíveis confusões, que podem resultar em conflitos. Sendo assim, o indicado é que o contrato seja bem claro em relação a isso e especifique com precisão o objeto vendido, assim como todas as suas principais características.

  1. Especifique o prazo e a forma de pagamento

O prazo e a maneira como o pagamento será feito também devem ser demonstrados com clareza no contrato de compra e venda de carro, pois dessa forma, caso haja alguma complicação ou falta de pagamento, é possível se resguardar de acordo com as cláusulas estabelecidas.

  1. Esclareça todas as responsabilidades de cada parte envolvida

O documento deve conter todas as responsabilidades de quem vende, assim como as de quem compra. Dessa forma, o ideal é que ambas as partes leiam com atenção o contrato e acertem possíveis pontos de discórdia antes de assiná-lo.

  1. Deixe definido um prazo para que problemas sejam notificados

Caso haja algum ponto a ser corrigido, é preciso que o prazo para reclamação esteja presente no contrato, garantindo assim um tempo permitido para que o negócio seja revisto e até mesmo cancelado em pontos que gerem prejuízos significativos. Tudo deve ser feito de acordo com os procedimentos legais.

  1. Atente-se ao prazo de transferência

O prazo para transferir o veículo para o novo proprietário é outro ponto que precisa ser definido com clareza no contrato. Em muitos casos, esse procedimento é feito somente após o término do pagamento, porém essa condição deve estar explicitada no documento.

  1. Exija a documentação

Todo contrato deve conter as principais informações das partes envolvidas, como nome, endereço, telefone etc. Porém, no caso da compra e venda de um carro também podem ser levantados outros documentos, como extrato de multas, pagamentos e demais pendências junto ao Detran ou aos órgãos competentes.

O contrato pode inclusive ter uma cláusula específica sobre isso, a fim de resguardar efetivamente o negócio mesmo depois da compra já ter sido finalizada. O importante é manter tudo sempre documentado.

Neste artigo, abordamos 6 pontos importantes para a elaboração e/ou verificação de um contrato de compra e venda de carro que garantem um procedimento tranquilo e de acordo com o que a lei determina. É fundamental que as partes envolvidas estejam bem informadas em relação ao assunto, a fim de garantir que o negócio será favorável para todos.

Agora, queremos saber o que você acha. Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida e nos diga sua opinião a respeito do assunto.

 

Powered by Rock Convert

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *