Como funciona o câmbio automatizado e por que ele agrega valor ao veículo?

16/08/2018

Todo motorista procura conforto e praticidade ao conduzir seu veículo pelas ruas e rodovias de nosso país. As montadoras investem cada vez mais para suprir as exigências do mercado, inovando em tecnologia e design. O câmbio automatizado faz parte dessas inovações e vem ganhando a atenção dos brasileiros, apensar de muitas pessoas ainda não saberem o que significa câmbio automatizado.

Basicamente, a embreagem automática evoluiu acompanhando o avanço tecnológico. Ela disponibiliza ao consumidor final mais facilidades na condução de seu carro e um melhor desempenho durante todo o trajeto. Há, ainda, a economia de combustível proporcionada a quem decide adquirir um automóvel com esse sistema inteligente.

Quer entender por que é mais viável a compra de veículos com tal tipo de câmbio e descobrir qual a diferença entre câmbio automático e automatizado? A seguir, falaremos mais sobre essas questões. Continue a leitura e tire suas próprias conclusões se o câmbio automatizado é bom!

O que é câmbio automatizado?

Na prática, os carros com câmbio automatizado dão ao condutor o conforto de um veículo automático, mas a um valor mais acessível. Além disso, a durabilidade surpreende aqueles que ainda não conhecem seu funcionamento.

A mudança de transmissão é automática e inteligente, o que proporciona mais confiabilidade e economia ao motorista. Esse tipo de câmbio conta com vários sensores e uma central eletrônica que dosa, de maneira eficiente, a transmissão de velocidades e a embreagem.

O trabalho realizado é melhor do que o do próprio motorista. Isso torna o sistema conhecido por ser um forte aliado do condutor em qualquer ambiente, seja em grandes cidades ou pistas mais hostis.

Embora o câmbio automático e automatizado sejam parecidos, (devido ao conforto gerado pela dispensa do uso da embreagem), sua maior característica é a utilização da caixa de câmbio convencional. Assim, o custo de produção torna-se mais baixo — e o veículo é repassado ao cliente final a um valor ainda menor. Deste modo, existe uma pequena diferença entre câmbio automático e automatizado. Agora que você já sabe a diferença do câmbio automático para o automatizado, falaremos sobre as vantagens que esse sistema traz com relação ao valor do seu veículo.

Por que esse sistema agrega valor a seu veículo?

O cliente que procura por um carro com tal sistema de câmbio está buscando conforto e baixo custo. A manutenção também é mais econômica (e encontrada em qualquer concessionária autorizada do país).

O condutor que está sujeito ao tráfego conflitante das grandes cidades deseja comodidade para enfrentar as horas de trânsito. Devido à facilidade no auxílio à dirigibilidade do carro, o câmbio automatizado minimiza o estresse e o cansaço físico durante o trajeto.

Acionar a transmissão do veículo por meio de um simples toque no botão presente no console do carro, em vez de uma manopla do câmbio, já é uma opção atraente para quem se cansou da troca manual. Esse é o grande diferencial do sistema, tanto que muitas pessoas possuem o interesse de automatizar câmbio manual.

No mercado, os carros com câmbio automático Fiat, câmbio automático Renault e câmbio automático Vw são super bem aceitos, sendo ótimas referências para quem procura por automóveis com esse sistema.

Como ocorre seu funcionamento?

O funcionamento do câmbio automatizado é semelhante ao do câmbio manual, em que a transferência da força do motor ocorre pela embreagem. Porém, no caso do primeiro, o acionamento da embreagem e a troca de marchas são feitas por adutores hidráulicos — ou seja: apesar de não haver pedal, a embreagem está presente. Se você não sabe como dirigir câmbio automatizado, não há com o quê se preocupar, pois todo o procedimento é super simples.

Ele é formado por dois adutores e uma central eletrônica que controla a embreagem e faz o ajuste do torque, permitindo que as trocas de marcha aconteçam com rapidez e suavidade. Assim que é detectada a necessidade, um adutor aciona a embreagem enquanto o outro trabalha na engrenagem da marcha.

Os sistemas com uma embreagem funcionam do mesmo modo do câmbio manual. Já naqueles com duas embreagens, uma é responsável pelas marchas pares e a outra pelas impares. Sendo assim, o tempo de espera pela troca torna-se muito menor e não há trancos durante a condução do veículo.

Quais são suas principais vantagens?

Para resumir a dirigibilidade confortável e confiável de veículos com o sistema de câmbio automatizado, selecionamos as seguintes vantagens:

• maior praticidade na direção, pois, com o câmbio automático, há algo a menos para se lembrar entre as inúmeras funções que devem ser exercidas enquanto se dirige;

• melhor desempenho: quanto maior o número de marchas, mais confortável será para o motorista, já que a exigência do motor passa a ser menor;

• maior velocidade, uma vez que o tempo de aceleração de um carro automatizado é menor do que o de modelos com câmbio manual;

• funcionamento contínuo, pois é o próprio sistema que faz a troca de marcha. Você só precisa se lembrar de diminuir a aceleração;

• manutenção simples, dado que o sistema é semelhante ao do câmbio manual, o que faz com que os custos com reparos se reduzam e as peças sejam fáceis de serem encontradas (assim como a mão de obra). A maior ocorrência é a troca de embreagem;

• ausência de impacto no consumo de combustível, pois não há roubo de energia do motor.

Qual o maior cuidado que devo ter com esse tipo de câmbio?

A manutenção preventiva do próprio veículo é algo a que todo motorista já deve atentar se quiser evitar gastos desnecessários. Mas há, também, uma questão muito comum, que pode prejudicar seu bolso de maneira bastante onerosa: tentar mover o carro com a bateria arriada.

Diferentemente dos veículos manuais e automáticos, todo carro com câmbio automatizado para com a primeira marcha engrenada em caso de perda total de carga da bateria. É preciso energizar novamente o automóvel para que ele possa ser colocado em ponto neutro. Portanto, jamais force sua movimentação sem colocar uma nova bateria.

Caso o veículo precise ser transportado por um guincho, a maneira mais segura de fazer isso é utilizando um “cambão”. Assim, as rodas dianteiras podem ficar suspensas e livres, evitando qualquer tipo de esforço das engrenagens.

Como vimos neste artigo, a praticidade e o conforto proporcionados pelo câmbio automatizado estão realmente chamando a atenção dos consumidores finais em todas as regiões de nosso país.

Isso se deve não apenas à falta da manopla do câmbio, mas, principalmente, ao design e à sofisticação inovadora que todos sentem ao guiar seus veículos de maneira simples e segura. Não se esqueça, ainda, de que o custo de manutenção é mais acessível e uma de suas características é a ótima comercialização.

Gostou de saber mais sobre o câmbio automatizado? Que tal conferir, agora, 9 dicas para cuidar melhor do motor do carro? Até a próxima!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *