Fading nos freios: entenda o que é e como evitar esse problema

07/11/2018

Você sabe o que é fading nos freios do carro e quais as consequências de seu surgimento enquanto se dirige o veículo? Se a sua resposta foi negativa, saiba que é preciso se informar sobre esse assunto, a fim de evitar prejuízos financeiros e, principalmente, garantir um trânsito mais seguro para todos.

O fading nos freios é um termo em inglês que significa fadiga e se refere a situações em que o freio do carro perde eficiência de funcionamento, em razão do superaquecimento do sistema. Caso não sejam tomadas as devidas precauções e procedimentos corretos, esse comprometimento dos freios pode ter consequências indesejadas, por isso é importante ficar atento.

Neste artigo, vamos falar sobre o tema e mostrar a relevância de estar atento e identificar com rapidez os sinais de fading nos freios, assim como tomar medidas que evitem essa situação. Acompanhe as próximas linhas.

Por que acontece fading nos freios?

Quando o carro passa por um percurso que exige mais atenção na condução, como uma descida muito inclinada, uma estrada longa ou um local com muitas curvas, o motorista acaba tendo que acionar o sistema de freios com maior constância do que o normal, o que acaba causando aquecimento do sistema de frenagem. A temperatura elevada faz com que componentes importantes, como os discos e pastilhas de freio, tenham seu funcionamento comprometidos, o que pode trazer riscos consideráveis.

Outra situação muito comum em que o fading nos freios acontece é quando a troca do fluido do freio não foi feita nos últimos 2 anos. Isso porque ele absorve a água, que, por sua vez, resulta em pequenas gotas que fervem quando o fluido é aquecido e faz com que o freio perca consideravelmente sua eficiência. Para evitar esse problema é indispensável que o motorista faça a devida manutenção desse componente.

Como identificar sinais de problemas no sistema de freios do carro?

Quando o sistema de freios do carro está com algum problema, costuma apresentar alguns sinais para os quais o motorista deve se atentar e buscar ajuda. Entre os principais sintomas estão:

  • desvio do carro para um lado durante a frenagem: se quando o motorista pisar no pedal o carro virar para um dos lados, isso pode ser indicação de problemas nesse componente;
  • ruídos: o surgimento de sons agudos vindos do carro estão entre os principais sinais de que existe algo de errado com o funcionamento do veículo. Nem sempre, no entanto, eles estão associados a falhas, sendo preciso que o motorista procure por ajuda na identificação, assim que os barulhos começarem;
  • vibrações: se houver algum tipo de vibração no carro quando o motorista acionar o freio, isso pode indicar problemas no veículo;
  • pedal baixo ou muito duro: anormalidades no pedal do freio devem ser conferidas com atenção.

Como evitar o fading dos freios?

Dirigir é uma ação que exige responsabilidade e compromisso por parte de cada motorista, por isso é essencial que cada um faça a sua parte para a garantia de um trânsito civilizado e seguro. Entre as principais medidas para evitar o fading nos freios do carro, podemos considerar:

Sempre deixe o carro engatado nas descidas 

Usar o freio em excesso durante as descidas é um erro comum, que causa o aquecimento do sistema de frenagem, por isso o indicado é manter o carro engatado e usar o freio motor durante declives. Lembre-se sempre de que pequenos hábitos prejudiciais, quando realizados com frequência, podem ter sérias consequências negativas para todos.

Não abuse de freios recém-instalados

Quando acontece a troca de elementos do sistema de freios, eles podem demorar um pouco para assentar e funcionar da maneira correta. Sendo assim, o mais indicado é não abusar dos freios quando estiverem recém-instalados.

Evite trafegar com excesso de peso

Quando o carro trafega com peso acima do limite tolerado, o desempenho do veículo fica significativamente comprometido. Isso é comum principalmente em viagens em que as bagagens podem literalmente pesar mais do que deviam. O mais indicado, nesse caso, é respeitar a capacidade do veículo, garantindo assim uma performance segura.

Não desligue o carro em movimento nem use o freio de mão

É fundamental que o motorista não desligue o carro se ele estiver em movimento, assim como só deve usar o freio de mão quando o veículo estiver parado. Caso essas regras não sejam cumpridas, além de o uso não ser eficiente, ainda há o risco de acidentes.

Mantenha a manutenção do veículo em dia

Essa dica parece básica, mas é sempre bom alertar para a necessidade das revisões periódicas a fim de garantir o funcionamento correto do veículo. Também é responsabilidade do motorista procurar ajuda de um profissional confiável assim que notar qualquer sinal de problemas no freio. Fique atento!

O que fazer quando o fading dos freios acontece?

Quando aparecer o fading nos freios, o mais indicado é reduzir as marchas gradativamente e estacionar o carro no acostamento até que a temperatura dos componentes do freio volte ao normal. Em geral, em alguns minutos o sistema volta a funcionar perfeitamente sem a necessidade de alguma interferência nem comprometimento de desempenho.

É indicado, no entanto, que essa situação seja evitada o máximo possível e que, mesmo depois da normalização, sejam investigados os motivos pelos quais ele chegou acontecer, afinal o freio é um dos principais componentes de segurança de um veículo.

Caso a falha provocada pelo aquecimento excessivo deixe alguma sequela no desempenho do veículo, o ideal é cuidar disso já no momento da identificação do problema, evitando assim prejuízos financeiros ainda maiores e minimizando a possibilidade de acidentes graves.

Gostou do nosso artigo? Agora que você já sabe o que, como evitar e quais os procedimentos corretos quando acontece o fading nos freios do carro, mantenha-se sempre alerta para garantir que esse problema não tenha consequências negativas, as quais, inclusive, podem pôr em risco a vida de todos os ocupantes e de veículos próximos a você. Com o devido cuidado e atenção, é possível garantir um trânsito consciente e responsável. Faça sua parte.

Gostou deste post? Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail, além de todas as nossas novidades!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *