Veja como fazer transferência de carro no Rio de Janeiro
transferência de propriedade de carro no Rio de Janeiro

Veja como fazer transferência de carro no Rio de Janeiro

Confira a seguir como funciona o processo de transferência de propriedade de carro no Rio de Janeiro

Mora no Rio de Janeiro e precisa fazer a transferência de propriedade de um carro? Confira a seguir as instruções para o processo, segundo o Detran-RJ.

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Para os veículos comprados ou transferidos depois de 4 de janeiro de 2021, será necessário fazer o agendamento junto ao Detran.RJ para a emissão do ATPV-e. O vendedor deve apresentar formulário específico e cópia de sua documentação e do possível comprador.

Em seguida, com o documento preenchido, ambos devem ir a um cartório para assinar e reconhecer firmas no documento. O vendedor faz a comunicação de venda e o comprador realiza o processo de transferência junto ao Detran-RJ. É necessário apresentar o ATPV-e impresso no dia da vistoria, com as respectivas assinaturas e reconhecimento de firmas.

Já nos casos dos carros registrados antes de 2021, continua valendo o CRV de papel, que precisa ser preenchido e ter a firma reconhecida para que o vendedor possa requisitar a transferência de propriedade.

Como é a transferência de carro no Rio de Janeiro?

Com o CRV ou ATPV-e em mãos, é preciso fazer o pagamento do DUDA (R$ 173,03 ou R$ 192,26, para veículos adquiridos por meio de financiamento) e quitar os débitos relacionados ao automóvel, como a multas vencidas ou a vencer e IPVA. Além de realizar o pagamento da taxa de emissão do novo CRLV e de vistoria.

É necessário fazer o agendamento do serviço de transferência no portal do Detran-RJ ou pela Central de Atendimento: (21) 3460-4040 / 3460-4041 e realizar a vistoria do carro. Além do documento de transferência, é preciso apresentar RG e CPF para a realização do serviço.

No caso dos proprietários do interior do Rio de Janeiro, antes de fazer o agendamento é preciso checar se a cidade já está integrada ao sistema de teleagendamento. Caso contrário, será necessário ir ao Ciretran local.

Outras informações podem ser obtidas junto ao Detran-RJ. Lembrando que o prazo máximo de transferência do automóvel é de 30 dias após o registro da venda. Caso contrário, o proprietário comete uma infração média, com multa de R$ 130,16, perda de 4 pontos na CNH e remoção do veículo.

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *