Argo vs Polo: qual o melhor hatch do mercado de usados?
Polo vs Argo

Argo vs Polo: qual o melhor hatch do mercado de usados?

Pensando em comprar um hatch com visual esportivo? Veja em nosso comparativo quem leva a melhor na disputa Argo vs Polo.

Se você está pensando em comprar um hatch com bom custo-benefício e sem gastar muito no mercado de seminovos, é bem provável que Fiat Argo e o Volkswagen Novo Polo estejam no topo da sua lista de preferências.

cta blog venda seu carro

Mas desde o lançamento de ambos no mercado automotivo brasileiro lá em 2017, muitas coisas mudaram e os modelos, inclusive, se distanciaram em suas propostas. 

O Argo realmente tornou-se um modelo com foco na economia de combustível, inclusive o Argo perdeu potência para se tornar mais econômico agora em 2022, enquanto o Polo se posicionou como um hatch que oferece “um algo a mais”.

Se no passado recente já foram mais próximos, hoje em dia é difícil identificar que Argo vs Polo já foi uma rivalidade maior.

Para este comparativo de Argo vs Polo, vamos mudar um pouco o foco e pensar nas versões esportivas dos hatches. Qual é o melhor hatch com roupa esportiva no mercado de seminovos? Fiat Argo HGT 1.8 ou Volkswagen Novo Polo GTS 1.4 TSI?

Argo vs Polo: Exterior

Há pouco tempo, o hatch da marca italiana recebeu o novo logo da empresa, chamado “Logo Script” e a “Fiat Flag”, uma pequena bandeira italiana no canto inferior esquerdo da grade. O Logo Script é repetido no centro das rodas e no volante do Fiat Argo HGT.

Outros pontos de diferença dessa versão são os para-choques exclusivos, faróis com máscara negra e caixa de rodas com moldura preta de série. Além disso, tem também à disposição, para a compra a parte, teto, spoiler traseiro e retrovisores na cor preto brilhante.

Já no modelo da marca alemã, exteriormente, o GTS traz detalhes exclusivos como friso vermelho ligando os faróis full LED, grade do radiador em formato de colmeia e logo GTS destacado.

Argo vs Polo: Motor

Mecanicamente, o Argo HGT  possui o propulsor aspirado 1.8 16V E.torQ flex capaz de gerar 139 cv de potência quando abastecido com etanol e 135 cv com gasolina, tendo torque máximo de 19,3 kgfm. O esportivo possui somente a opção com câmbio automático de seis marchas. A versão manual foi descontinuada em 2019. 

Quando falamos de consumo, o HGT na cidade apresenta gasto de 7,8 km/l, enquanto na estrada o valor fica na casa dos 11 km/l. 

Já o Novo Polo GTS possui motor turbo 1.4 flex 250 TSI que desenvolve potência de 150 cv e torque máximo de 25,5 kgfm. Esse propulsor está combinado ao câmbio automático de seis velocidades.

O consumo do modelo se apresenta com 11,6 km/l na cidade e 15,4 km/ na estrada. Ponto para o alemão, que gasta menos que o Argo em ambas situações. 

Argo vs Polo: Acabamento interno e equipamentos

O interior do Argo HGT é um dos mais bonitos do segmento de hatches e, se bobear, até que de muito SUV que é vendido por aí. A marca da empresa italiana aparece no interior do carro, que possui acabamento e detalhes escurecidos.

O modelo da Volkswagen também possui cabine escurecida aliada aos bancos esportivos parcialmente em couro com a sigla GTS estampada. 

No Polo, os apoios de cabeça integrados remetem aos bancos utilizados em carros de competição, dando o toque apimentado ao esportivo do dia-a-dia. Detalhes na cor vermelha também podem ser encontrados nas molduras das saídas de ar, na base da alavanca do câmbio e nos tapetes.

Quando falamos de itens de série, a lista do Fiat Argo HGT é extensa: painel de instrumentos digital TFT de 7 polegadas, volante em couro, apoia-braço dianteiro e rodas de 17 polegadas pintadas em preto.

Além disso, o modelo traz a central multimídia UCONNECT de 7 polegadas com Android Auto e Apple Car Play, Bluetooth, entradas USB e sistema de reconhecimento de voz. 

Quando o assunto é segurança, o hot hatch da Fiat possui ESC (Controle de Estabilidade), ESS (Sinalização de frenagem de emergência), Isofix, HCSS (Sistema de partida a frio sem tanque auxiliar de gasolina), HSD (High Safety Drive), airbag duplo (motorista e passageiro), e freios ABS com EBD. 

Assistente de partida em rampa (Hill Holder), Lane Change (Função auxiliar para acionamento das setas indicando trocas de faixa) e TC (Controle de Tração) também são encontrados de fábrica.

Como opcionais, há disponível os retrovisores externos com rebatimento elétrico, ar-condicionado digital, câmera de ré, sensor de chuva crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, piloto automático e câmbio tipo borboleta. Bancos em couro, side bags dianteiros e pintura bicolor também podem ser adquiridos à parte.

Já o Novo Polo possui de série indicador de pressão dos pneus, frenagem automática pós-colisão e função que mantém os faróis acesos por alguns segundos ao destravar as portas ou desligar o carro, além do controle eletrônico de estabilidade e quatro airbags. 

Além disso, estão incluídos de fábrica ar-condicionado digital, chave presencial com partida por botão, airbags laterais, assistente de partida em rampa, controle automático de velocidade e saídas de ventilação para fileira de trás.

O modelo ainda traz sensor de estacionamento dianteiro, antena tubarão, câmera de ré, detector de fadiga, quadro de instrumentos digital, central multimídia com GPS e sensores de chuva e luminosidade.

Ainda é possível adquirir o pacote Beats Sound (PH0) como opcional, que  inclui sistema de som com dois tweeters, subwoofer e amplificador, além de divisória e rede no porta-malas.

Argo vs Polo: Quem leva a melhor?

Mais potente, itens de série mais atrativos e mais econômico: sim, estamos falando do Volkswagen Novo Polo GTS. Apesar do Fiat Argo ter custo médio de compra inferior ao do Polo, a versão GTS vale mais a pena no quesito custo-benefício, principalmente para quem realmente procura um esportivo que se encaixe bem no dia-a-dia.

Caso queira a versão mais em conta

Ainda no comparativo Argo vs Polo, as propostas esportivas talvez não sejam de fato o que você procura, então vamos conhecer um pouco as versões de entrada, ambas com motores aspirados. 

O Fiat Argo carrega consigo na versão básica o motor firefly 1.0 flex com potência máxima limitada a 77 cv e torque de 10,9 kgfm, acoplado ao câmbio manual de cinco marchas. 

Em relação ao consumo do modelo, o hatch é capaz de fazer 14,2 km por litro de gasolina. Na estrada, a autonomia do veículo pode chegar a 15,1 km/l, se abastecido com gasolina.

Já o Volkswagen Polo, na versão de entrada, possui propulsor aspirado 1.0 MPI flex capaz de gerar 84 cv de potência e 10,4 kgfm de torque. O modelo tem transmissão manual de cinco marchas, com tração dianteira. 

Na versão 1.0 MPI, o consumo é de 8,8 km/l na cidade e 12,9 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina. 

O modelo da marca alemã possui de série em todas as versões controles de tração e estabilidade, antecipando a obrigatoriedade do equipamento em todos os veículos novos vendidos no Brasil a partir do ano que vem.

Além disso, conta com vidros elétricos nas quatro portas, sistema de som com Bluetooth, USB, quatro alto-falantes, abertura e fechamento à distância, limpador e desembaçador do vidro traseiro e até mimos como espelhos iluminados nos para-sóis.

Já o Argo, apesar de mais barato (R$ 62.290), não conta com limpador e desembaçador traseiros, sendo apenas um opcional que deve ser pago a parte. Além disso, o modelo da Fiat dispensa sistema de som, central multimídia e controles de tração e estabilidade. E mais uma vez, o VW Polo leva a melhor essa em cima do seu arquirrival.

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *