Shelby Cobra: a história de um ícone de curvas musculosas
shelby cobra

Shelby Cobra: a história de um ícone de curvas musculosas

Conheça a história do icônico esportivo Shelby Cobra, modelo de origem britânica e americana que fez sucesso nas competições nos anos 1960

Nas 24 Horas de Le Mans de 1966, a marca do oval azul encantou o mundo com os Ford GT40. História que foi retratada pelo filme Ford vs. Ferrari, de 2019. Mas essa parceria só foi possível graças ao sucesso da parceria formada para a produção do Shelby Cobra.

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Com uma carreira de alguns anos como piloto profissional nos Estados Unidos e Europa, o americano Carroll Shelby se acostumou a competir com os carros esportivos de marcas como Ferrari e Aston Martin.

Mas embora fossem belas e caras máquinas, Shelby ficou decepcionado com a confiabilidade mecânica dessas máquinas. Decidido a produzir o seu próprio automóvel, ele decidiu que iria combinar o visual dos roadsters europeus com a cavalaria dos motores V8 que equipavam os carros de rua dos Estados Unidos de então.

ac ace

Para isso, ele iniciou negociações com a britânica AC Cars. Fabricante do roadster Ace, a marca britânica havia ficado sem um motor para equipar o seu carro e a proposta de Shelby veio em boa hora. Desde que a empresa fosse capaz de alterar o esportivo para contar com um motor V8 no lugar dos seis cilindros em linha usados até então.

Depois de receber um não da General Motors, Shelby buscou a Ford. Interessada em ter um carro esportivo para competir em provas nos Estados Unidos, a marca concordou em ceder motores.

shelby cobra

Foi assim que surgiram em 1962 os primeiros Cobra. Projetados para os motores Ford 4.3 e 4.7 V8, esses carros (conhecidos como Mk1) tinham um processo de produção complexo: o carro era praticamente finalizado na fábrica da AC no Reino Unido, mas recebiam o motor e o câmbio apenas na oficina da Shelby, em Los Angeles (EUA).

shelby cobra

Em 1963, esse Cobra de 1ª geração foi substituído pelo Mk2. O modelo recebeu um novo sistema de direção por pinhão e cremalheira (com componentes vindos do esportivo MGB e até do Volkswagen Fusca) e uma nova suspensão traseira com feixe de molas transversais.

A combinação da carroceria leve com um conjunto motriz potente e confiável transformou o Shelby Cobra em uma máquina de ganhar corridas na América do Norte, onde o esportivo se acostumou a derrotar o Chevrolet Corvette.

shelby cobra

É claro que o bom resultado dos Shelby Cobra foi notado pela própria Ford, que decidiu se aproximar da empresa para criar uma imagem própria nas pistas.

Essa parceria entre a Ford e a Shelby resultou nos famosos Mustang Shelby, no GT40 citado mais acima e também no Cobra Mk3. A última evolução do roadster , revelada em 1965, trazia um novo chassi e a famosa carroceria de linhas musculosas. Era equipado com motores Ford 4.7 ou um “big block” 7.0 V8.

Mas a sua produção foi suspensa em 1967. Em 1968, Shelby vendeu a marca para a Ford e permaneceu longe do mundo dos fabricantes de carro até o início dos anos 1980.

Continuação

shelby cobra

Embora a produção dos Shelby Cobra tenha parado no final dos anos 1960, desde os anos 1980 várias réplicas (oficiais ou não) do modelo surgiram ao redor do mundo.

A própria Shelby produz até hoje nos Estados Unidos uma espécie de série de continuação dos Cobra originais, que combina novos chassi com carrocerias de fibra de vidro, alumínio e até fibra de carbono.

Já a AC Cars fez o mesmo no Reino Unido. Com o nome de AC Cobra, o modelo pode ser equipado até com um conjunto motriz elétrico de 625 cv.

Posts relacionados

Novo Mini Aceman 2025 será lançado na Auto China 2024

Novo Mini Aceman 2025 será lançado na Auto China 2024

O SUV Crossover 100% elétrico, Mini Aceman, terá sua estreia ainda este mês no Salão do Automóvel de Pequim A…
Toyota SW4 versão híbrida leve é lançada e pode chegar ao Brasil

Toyota SW4 versão híbrida leve é lançada e pode chegar ao Brasil

Toyota SW4 lança versão híbrida leve na África do Sul com o nome de Fortuner, mas modelo deve ir para…
Mercedes-AMG EQS 53: Luxo, tecnologia e desempenho a um preço (quase) proibitivo

Mercedes-AMG EQS 53: Luxo, tecnologia e desempenho a um preço (quase) proibitivo

Mercedes-AMG EQS 53 é um elétrico tão absurdo que o seu preço é só uma coisa a mais para te…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *