Lotus Eletre: conheça mais sobre o SUV elétrico da Lotus
Dianteira do Lotus Eletre

Lotus Eletre: conheça mais sobre o SUV elétrico da Lotus

Conheça tudo sobre o SUV elétrico Lotus Eletre, que inaugura um novo segmento dentro da clássica marca inglesa de esportivos

A Lotus, sinônimo de carros pequenos, esportivos e leves, ao entrar no segmento de carros eletrificados decidiu apostar suas fichas em um modelo totalmente inverso do que seu público está acostumado: um SUV dos grandes. 

cta blog venda seu carro

Ao que parece, a empresa, pertencente à gigante chinesa Geely, não está interessada em modelos híbridos, indo direto ao ponto com o Lotus Eletre. O utilitário esportivo deve ter as mesmas proporções e “ritmo” do Lamborghini Urus, mas sem a emissão de poluentes, como no caso de seu concorrente a combustão.

Traseira do Lotus Eletre

Em comparação com outros modelos da marca britânica, o Lotus Eletre representa inúmeras novidades, inclusive por sua escolha ser especificamente um cupê de quatro portas. O veículo chegará ao mercado em 2023 e se especula que as versões mais básicas custarão a partir de £ 100.000.

Detalhes do Lotus Eletre

A Lotus trará à vida uma nova plataforma elétrica dedicada que, seguindo o procedimento padrão de um EV,  terá uma grande bateria tipo placa com mais de 100kWh, capaz de alcançar uma autonomia de 563 km, entre dois motores elétricos, um por eixo. 

Lateral do Lotus Eletre

O carro será lançado em três níveis de potência, começando na casa dos 600 cv e provavelmente chegando em sua versão topo de linha a 750 cv. Com tração nas quatro rodas, a aceleração previsível, com o carro pesando duas toneladas, é de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 3,0 segundos.

Molas pneumáticas e amortecimento adaptativo serão equipamentos padrão, mas a lista de opcionais incluirá todas as peças concebíveis de tecnologia de chassi inteligente – tecnologia que a equipe de desenvolvimento, sob a coordenação de Gavan Kershaw, está ajustando, na esperança de tornar o Eletre a nova referência entre os EV. 

retrovisor/câmera do Lotus Eletre

Design do Lotus Eletre

Fontes próximas ao projeto revelaram que o design do SUV da Lotus seria emprestado do hipercarro Evija. Porém, o carro finalizado não será tão ‘dramático’ quanto o hipercarro de dois lugares. 

Lotus Eletre

Visualmente, a escolha pelas rodas de 23 polegadas não foi atoa, já que estas ajudam a encolher o carro. Apesar de sua inspiração vir de um esportivo, o Eletre tem os equivalentes de um SUV: um pára-brisa elegante e inclinado e um teto panorâmico que parece flutuar. Há também uma quantidade impressionante de esculturas nos flancos do carro.

Interior do Lotus Eletre

Por dentro o cockpit é realmente fantástico, com um design tão focado no motorista quanto você esperaria de um Lotus. O volante de pequeno diâmetro com seus remos de ajuste de regeneração e modo de condução chamam atenção de qualquer condutor. 

Interior completo do Lotus Eletre

Além disso, o motorista também ficará encantado com as tecnologias presentes no painel, com telas OLED grandes e nítidas, além dos sistemas avançados semiautônomos de assistência ao motorista. 

Sentado frente ao volante, a tela do motorista sob medida é uma faixa superfina, que lembra o painel do McLaren 720S quando você o coloca no modo Race. Essa faixa, junto com o head-up display, oferece as funções primárias ao condutor. 

Volante do Lotus Eletre

Ao centro do painel, o motorista dá de cara com praticamente um notebook. Há uma tela sensível ao toque OLED de 15,1 polegadas. Apesar do tamanho chamar atenção, a Lotus pensou também no minimalismo, pois se você quiser apenas dirigir, pode recuá-la no painel, sem distrações. Você ainda pode ajustar a temperatura e a velocidade do ventilador na tela ou via botões físicos.

A ideia da marca com as possibilidades de “tirar” alguns itens do painel e fazê-lo menos poluído é agradar tanto os compradores ficcionados em itens futuristas, quanto aqueles mais tradicionais, que enxergam o carro como uma máquina de direção. 

Além disso, graças à sua plataforma, o modelo também conta com um interior surpreendentemente espaçoso: o espaço para as pernas do banco traseiro é mais para uma limusine do que um Lotus.

Se compararmos com outros modelos, o Eletre promete ser o mais corajoso entre os SUVs de luxo. O veículo promete superar concorrentes com motor a combustão como o Aston DBX e o Ferrari Purosangue. 

Traseira do do Lotus Eletre

Para estabelecer uma posição interessante em um mercado potencialmente lucrativo, a Lotus sabe que a falta de energia a gasolina em seu primeiro SUV pode retê-lo em termos de vendas em algumas regiões, porém, em outras, o modelo irá se destacar entre seus concorrentes elétricos. 

Posts relacionados

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…
São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

A capital paulista será palco do E-Prix da abertura da temporada 11 da Fórmula E, categoria de elétricos, em 7…

One Comment

  1. Fernando

    Muito legal esse SUV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *