5 tipos de clientes que você pode encontrar ao vender seu carro

6 de maio de 2019

Vender é uma arte, e isso vale para quem é um vendedor profissional ou não. Quando se vai tentar vender alguma coisa, a pessoa na condição de vendedor certamente se depara com os mais diferentes tipos de clientes.

Um bom exemplo disso é quando tentamos vender um automóvel. Sem a experiência de um bom vendedor, talvez seja uma missão um pouco mais difícil demonstrar aos vários perfis de clientes que aquele veículo pode mesmo ser a melhor solução para ele.

Mas, se você tem dificuldades nesse cenário, não precisa achar que tudo está perdido. Está pensando em vender o seu carro e quer saber quais seriam os clientes que você pode encontrar pela frente? Pode respirar aliviado: você chegou ao post certo. Fique por dentro de 5 tipos de clientes com os quais poderá se deparar, como lidar com eles e entenda melhor as suas diferentes necessidades e eventuais objeções.

1. O cliente racional

O cliente racional é aquele que dificilmente compra por impulso. Ele tem alto envolvimento na compra, visando garantir o melhor negócio. Não costuma ter pressa; na verdade, ele até curte o desenrolar do processo da compra. Tem o hábito de avaliar, com critérios elevados, diversos pontos: o preço, a economia, a segurança, o conforto e a performance do veículo, entre outros fatores.

A dica aqui é deixá-lo mais à vontade, fazendo perguntas simples e pouco complexas, a fim de descobrir exatamente o que ele procura ou deseja levar para casa. Não seja enfadonho ou cansativo: isso pode afastá-lo do fechamento do negócio. Esse tipo de cliente costuma pesquisar muito antes de tomar uma decisão.

2. O tipo família

O cliente que segue a linha “família” carrega na honra do nome e bem-estar do núcleo familiar a sua prioridade mais especial. Quem coloca as necessidades da família em primeiro lugar normalmente faz parte de um perfil que busca um carro completo, com mais conforto, bom espaço interno e também no porta-malas. Além disso, prefere marcas reconhecidas e automóveis bem confiáveis (com as quais esteja mais familiarizado). Sobretudo preza pela segurança.

Podemos dizer que, para esse perfil de cliente, os modelos de carros mais indicados são do tipo Sedã ou SUV. Isso porque esses modelos atendem a todos os requisitos citados acima: espaço, conforto e segurança. Em geral, também são fabricados por montadoras conhecidas do grande público e com bom respaldo no mercado.

Esse cliente pode fazer muitas perguntas. Portanto, a dica é deixar que ele esclareça todas as dúvidas, de modo que se sinta mais seguro em relação à aquisição do veículo em questão. Não é um tipo de cliente confuso. Logo, sabe muito bem os seus desejos e necessidades. Sendo assim, é melhor argumentar de forma simples com ele.

3. O cliente de gosto pessoal

A maior motivação desse perfil de cliente está na sua personalidade, ou seja, o seu gosto pessoal mesmo. Podemos dizer que esse é um tipo de cliente que leva bastante em consideração a aparência do carro (tanto externa como também internamente) e tem preferência por cores específicas. Nesse caso, pode ser que compre por impulso.

As pessoas que seguem seu gosto pessoal normalmente escolhem veículos modernos, com acabamentos diferentes e acessórios pouco comuns. Ou seja, elas optam por linhas realmente diferenciadas. Costumam ser atentas e podem até fazer alguns pedidos um tanto absurdos.

Por isso, a ideia é desarmá-las, resolvendo os problemas apresentados e trabalhar valorizando o que você tem. Elas poderão até mesmo aceitar uma cor que, inicialmente, não as agradavam, se você souber demonstrar todos os benefícios e distinções que o veículo apresenta.

Para que a sua estratégia de venda e negociação dê certo, será preciso adaptar seu discurso e pensar em argumentos que estejam de acordo com as demandas e gostos pessoais do cliente.

4. O que tem paixão por dirigir

Quem gosta de carro nem sempre tem paixão por dirigir, mas não é o caso desse perfil de comprador. O cliente que tem paixão por dirigir exibe uma ligação direta com a liberdade, curte a estrada, gosta de estar na rua com seu veículo. Para ele, dirigir não é uma mera atividade de transporte.

Aqui, os pontos mais importantes estão relacionados à ação de dirigir mesmo, ou melhor, a posição dentro do carro, o conforto para realizar manobras, o desempenho do motor, a precisão e as respostas rápidas do veículo. Esse é um tipo de cliente muito antenado: com certeza estará mais atento à opinião de especialistas e aos lançamentos das marcas. Não tente convencê-lo de algo que ele já sabe.

Para esse grupo de pessoas, os carros esportivos ou de alto desempenho são os que melhor se encaixam. Pode ser um cliente metódico, que dificilmente comprará por impulso.

5. O cliente que preza por mobilidade

Quem coloca a mobilidade como o ponto principal na hora de comprar um carro é, normalmente, aquele tipo de pessoa que encara o veículo como um verdadeiro “leva e traz”. No bom sentido, é claro. Ou seja, vê o carro realmente com foco no transporte. Logo, dá mais importância a seus aspectos funcionais.

Na maioria das vezes, sua escolha é motivada por aspectos como o consumo de combustível (avaliando a economia do carro), os preços de manutenção e os valores de seguro. Ou seja, a relação custo-benefício geral do automóvel.

Esse cliente pode se encantar com os modelos básicos e compactos do mercado, como os chamados Hatch. Eles costumam apresentar os menores preços de venda. Mas esses valores muitas vezes são compensados nos preços dos seguros, que normalmente não são os mais baixos.

Bônus: a praticidade da InstaCarro

Listamos os tipos de clientes possíveis que você pode encontrar ao colocar seu carro à venda. Ainda assim, há quem preze pela rapidez e facilidade na hora da venda, não se preocupando com burocracias, negociações ou até mesmo inevitáveis imprevistos. Se você é essa pessoa, talvez seja melhor cogitar a InstaCarro como melhor opção.

Agendando uma avaliação gratuita, o seu carro é precificado com o preço de mercado do modelo específico. Após este processo, mais de 1500 lojistas espalhados pelo Brasil disputam o seu veículo, aumentando as chances de um valor justo ser apresentado. E, claro, a InstaCarro te apresenta a maior oferta! Não há compromisso, você pode decidir se quer aceitar ou não. Se der o seu “ok”, o dinheiro cai na sua conta em até 24h. Assim mesmo: fácil, rápido e sem dor de cabeça.

De uma maneira geral, para lidar bem com os diferentes tipos de clientes, é preciso estar aberto às negociações. Isso não significa que você deva ceder facilmente. Interprete cada argumento, escute mais do que fale, busque a melhor saída entre os envolvidos. Seja prestativo e demonstre conhecimento do negócio: com uma boa argumentação e atenção devida ao perfil do cliente, não será difícil vender o seu carro!

E então, o que achou de conhecer esses tipos de clientes? Já se deparou com algum deles? Deixe aqui um comentário com a sua opinião ou caso precise esclarecer alguma dúvida!

Powered by Rock Convert

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *