Gasolina sintética: ela pode salvar o mundo dos carros elétricos?
gasolina sintetica

Gasolina sintética: ela pode salvar o mundo dos carros elétricos?

Saiba o que é a gasolina sintética e como ela pode se tornar uma opção para garantir a sobrevivência dos carros a combustão

Os carros elétricos e híbridos estão em alta na indústria automobilística. Apesar dos custos de produção e de venda desses automóveis ainda deixarem esses eletrificados longe do alcance de muitos consumidores, cada vez mais fabricantes anunciam o lançamento desses modelos ou até estipulam prazos para acabar com os seus carros a combustão.

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Mas nem todo mundo acha que a eletrificação baseada em carros ligados na tomada é o futuro. E junto dos estudos envolvendo tecnologias baseadas em biocombustíveis, há quem acredite que exista espaço para a gasolina sintética.

Gasolina sem petróleo

Em poucas palavras, gasolina sintética é o termo usado para designar gasolina produzida em laboratório sem o uso de petróleo. Embora pareça algo inovador, o processo não é exatamente uma novidade.

Existem estudos nesse sentido desde o início do século 20 e os alemães chegaram a produzir gasolina sintética para alimentar os seus equipamentos militares na Segunda Guerra Mundial. Mas a questão ambiental tem pressionado a indústria a retomar o desenvolvimento da gasolina sintética.

A principal vantagem desse combustível é o fato de ter as mesmas propriedades da gasolina convencional, o que não exigiria a adaptação dos motores atuais.

O seu processo de produção, que se baseia na reação química entre hidrogênio e gás carbônico para produzir metanol, que por sua vez é transformado em gasolina, também é muito mais limpo. O mesmo processo pode ser utilizado para se obter diesel e querosene de aviação.

Viabilidade

Por outro lado, o custo da gasolina sintética – bem superior ao do derivado do petróleo – ainda é um entrave para a produção em escala desse tipo de combustível.

A Porsche é um dos fabricantes de carro que resolveram apostar no desenvolvimento de gasolina sintética. Em parceria com a Siemens Energy, a marca iniciou em 2021 a construção de uma fábrica para a produção deste tipo de combustível no Chile.

A Porsche terá prioridade no fornecimento de gasolina sintética por essa unidade industrial. Em um primeiro momento, esse combustível será destinado para uso em competições, só posteriormente sendo destinado para uso nos carros esportivos da marca.

A expectativa da marca de carros esportivos é fechar 2022 com a produção de 130 mil litros do combustível, com planos de atingir a marca de 550 milhões de litros em 2026.

Posts relacionados

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…
São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

A capital paulista será palco do E-Prix da abertura da temporada 11 da Fórmula E, categoria de elétricos, em 7…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *