O sistema start-stop: vantagens e desvantagens
start stop fiat toro

O sistema start-stop: vantagens e desvantagens

Aprenda como funciona o sistema start-stop, seus benefícios (e desvantagens) e principais pontos de atenção para o perfeito funcionamento da tecnologia

Ficar por dentro das últimas tecnologias associadas aos automóveis é uma ótima forma de conhecer maneiras de aprimorar o seu carro. Você já ouviu falar no sistema start-stop?

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Ele permite que o motor do seu veículo somente seja utilizado em casos de necessidade, ou seja, quando ele está em movimento. Uma situação clássica em que o start-stop é empregado é a de um engarrafamento, garantindo que seu motor somente funcione na hora de andar.

Como é uma tecnologia que transforma a maneira como utilizamos o automóvel, o sistema start-stop tem benefícios e pontos de atenção. Dessa forma, é fundamental aprender o máximo possível sobre ele antes de tomar uma decisão. A seguir, você aprenderá tudo o que há de mais importante sobre o sistema start stop e como ele afeta o seu uso do carro.

O que é o sistema start-stop e como ele funciona?

O sistema start-stop tem como objetivo desligar o motor do veículo quando ele não estiver parado. Quando ele volta a se movimentar, o motor religa de forma instantânea. 

O objetivo do sistema start-stop é economizar o gasto de combustível do veículo, fazendo com que ele somente seja utilizado em momentos em que realmente exista movimento. Outro fator decisivo para seu valor é a diminuição nas emissões de gases estufa.

No entanto, existem algumas condições específicas para que o sistema start-stop funcione. Um grande exemplo é a velocidade, pois o veículo precisa estar parado. É por isso que o start-stop costuma ser ideal para situações de trânsito lento. Além disso, pode ser desligado se o motorista desejar.

Quais são os maiores benefícios do start stop?

O sistema start stop pode trazer diferentes vantagens para o uso do veículo por parte do motorista. Apenas por parar e dar a partida nos momentos certos, é capaz de revolucionar a forma como se dirige.

Menor emissão de poluentes

Já que o veículo se desliga em situações em que está parado, há uma diminuição considerável na emissão de poluentes por ele. É só pensar em casos de trânsito intenso, os famosos engarrafamentos, em que se polui bastante estando parado e se movimentando pouco.

O sistema start stop faz com que o automóvel apenas utilize o seu motor quando estiver em movimento, o que restringe a emissão de seus poluentes.

Mais silêncio

Outra vantagem do sistema start stop relacionado aos momentos em que o carro está parado é o silêncio. Afinal, como o motor fica desligado, você pode diminuir consideravelmente o barulho ouvido em situações de trânsito intenso.

Faz pouca diferença no peso

Geralmente, quando adicionamos novos componentes a um veículo, a tendência é que ele fique mais pesado. E, nesses casos, é comum que afete todo o funcionamento dele, incluindo o consumo de combustível.

No entanto, isso não acontece quando há um sistema start-stop. Afinal, os componentes adicionados são relativamente leves, sendo o novo formato de bateria o mais pesado entre eles, mas sem representar uma mudança drástica.

Quais cuidados o sistema start stop exige?

Apesar de trazerem mais benefícios e comodidade para o motorista, os carros com start-stop também exigem alguns cuidados extras.

Esses pontos podem representar desvantagens do uso do sistema, então requerem atenção de quem está pensando em migrar para ele. Então, antes de tomar uma decisão a favor dessa evolução tecnológica, fique de olho nos pontos a seguir.

Maior desgaste das velas

O sistema start-stop faz com que o veículo desligue o motor em situações de parada, o que costuma ser comum no caso de trânsito. Quem passa por essa situação com alta frequência pode aumentar o desgaste nas velas, exigindo a substituição delas mais cedo do que o normal.

Maior exigência de manutenção

Além de ter que trocar as velas mais rapidamente, o uso do sistema start-stop também pode exigir uma maior atenção sobre a manutenção do veículo no geral.

Afinal, o ligar e desligar do motor, além da direção em trajetos com o motor frio, podem fazer com que seus componentes se gastem com mais facilidade.

Necessidade de uso de baterias mais caras

Para que o sistema start-stop funcione, é necessário contar com uma bateria mais robusta do que as convencionais. Isso porque elas se responsabilizam por ligar o veículo nos momentos certos e, assim, dar forma ao funcionamento do sistema.

Então, esse recurso mais robusto também reflete no bolso. Por serem baterias do tipo EFB e AGM, será necessário gastar mais do que o normal em uma bateria. É importante ficar de olho nas especificações e compatibilidade do veículo.

Como você viu até aqui, o sistema start-stop é uma verdadeira revolução na forma como o motor do veículo é utilizado. No entanto, tem algumas particularidades que exigem atenção para que seja possível tomar uma decisão que considera todos os seus prós e contras.

Posts relacionados

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…
São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

São Paulo irá receber a abertura da nova temporada da Fórmula E

A capital paulista será palco do E-Prix da abertura da temporada 11 da Fórmula E, categoria de elétricos, em 7…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *