Carro elétrico: Veja como foi a evolução no Brasil e no mundo

29/05/2018

Uma das maiores apostas para reduzir a emissão dos gases causadores do efeito estufa e minimizar o aquecimento global são os carros elétricos, uma alternativa com quase zero emissão de poluentes.

A presença de carros movidos a energia elétrica tem crescido a passos lentos, mas a expectativa é de que a frota aumente nos próximos anos no Brasil e no mundo e promova um planeta mais sustentável. Quer saber mais? Continue a leitura deste post e confira todos os detalhes sobre carros com direção elétrica, que é um recurso  muito além do trio elétrico carros, composto por alarme, traves e levantadores de vidro elétricos!

Elétricos no Brasil

Aos poucos, as vendas de carros movidos a eletricidade vão crescendo no país. Entre os meses de janeiro e março de 2018, 893 veículos elétricos ou híbridos foram comercializados. Um aumento de 58,9% quando comparado ao mesmo período do ano passado, quando somente 562 unidades foram compradas.

Apesar do crescimento nas vendas, o motor elétrico para carros ainda é algo que o Brasil está absorvendo. Segundo dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), trafegam nas ruas brasileiras aproximadamente sete mil carros elétricos e híbridos, sendo que os automóveis totalmente movidos à eletricidade ainda são raridade, embora pensássemos que os carros elétricos fossem o futuro.

Além de carro infantil elétrico, finalmente, para adultos, alguns veículos elétricos já podem ser conhecidos como o carro Chevrolet 100% elétrico, o Bolt, prometido para 2019. Outra marca que investiu na motorização elétrica é a Tesla, carros elétricos chegam no fim deste ano para quem reservou o Model 3.

Além da Peugeot, carros elétricos da Citroen também foram anunciados para 2019 e 2020

Para aquecer esse mercado e incentivar os consumidores a optarem por automóveis mais sustentáveis, o governo brasileiro vai conceder, a partir deste ano, a isenção do imposto de importação para os carros elétricos e a redução da alíquota de 25% para até 7% aos híbridos.

A cidade de São Paulo oferece ainda mais benefícios: os elétricos com valor de até R$ 150 mil têm isenção do rodízio e desconto de 50% no IPVA.

Em 2018, os incentivos também serão fatores para impulsionar a decisão das montadoras de importar veículos do exterior ou até mesmo colocar novamente em ação projetos de produção nacional que estão engavetados. Então pode ser que vejamos mais carros com esse tipo de motor na rua e não só apenas em vídeo de carro elétrico na TV ou internet.

O Brasil tem potencial para vender 150 mil unidades de automóveis elétricos anualmente, de acordo com estudo realizado pela Consultoria Accenture Strategy e pela FGV Energia, que avalia os desafios e as oportunidades para a implantação dos carros movidos a eletricidade no país.

Modelos de carro elétrico disponíveis no Brasil

Devido à falta de incentivos, muitas montadoras desistiram de trazer os carros híbridos ou elétricos para o país (que chegariam com custos bem elevados). Por isso, comprar carros elétricos por aqui nem sempre pode ser o melhor negócio. As opções disponíveis de carros elétricos 2018 no mercado brasileiro são poucas: somente seis modelos são vendidos atualmente.

Como carregar carros elétricos?

Dúvidas sobre onde carregar carros elétricos? As opções disponíveis para o carregamento do sistema elétrico de carros são simples: você pode carregar o seu veículo por meio de um cabo específico, disponibilizado pela marca do automóvel. Há também a possibilidade de fazer uso de um posto de carregamento, sendo uma das opções mais cômodas.

Realizando o carregamento por meio da tomada elétrica doméstica, o processo dura entre 8 a 12 horas. Se for diretamente em postos de recarga de carros elétricos, o tempo demora entre 2 a 8 horas. Há também os postos de carregamento rápido, realizando a recarga em cerca de 30 minutos.

Se você possui interesse em adquirir um modelo assim, confira abaixo uma lista de carros com direção elétrica!

BMW i3

É o único automóvel comercializado no país movido exclusivamente por energia elétrica.

Com motor de 170 cv e 25,5 kgfm, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 7,25 segundos, pode ser considerado um carro de alto desempenho. O que fornece a energia utilizada pelo carro é um motor de dois cilindros, utilizado para recarregar as baterias, o que faz com que a sua autonomia chegue a 300 km, em uma velocidade de 60 km por hora.

O modelo é comercializado no Brasil por R$ 169.990.

BMW i8

Diferentemente do i3, por ser um carro superesportivo, conta com motor híbrido composto pelo 1.5 turbo de três cilindros de 231 cv, e um elétrico de 131 cv. A autonomia no modo elétrico é de somente 32 km. Produzido para andar em altas velocidades, quando combina os motores, vai de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos.

Por ter funcionalidades únicas, o preço de carro elétrico, em alguns casos, pode ser bem elevado. O i8, por se tratar de um carro luxuoso e exclusivo, é vendido a R$ 799.950.

Lexus CT200h

Uma das principais apostas da Toyota de carros elétricos vendidos no Brasil é o CT200h, que possui um motor 1.8 de 99 cv e 14,5 kgfm, e um motor elétrico de 82 cv e 21 kgfm.

De acordo com a marca, ele acelera de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos. Seu custo-benefício é elevado devido à sua potência; ele faz com gasolina 15,7 km/l na cidade, e 14,2 km/l na estrada.

Seu preço pode variar entre R$ 129.990 e R$ 149.900.

Toyota Prius

O sedã tem um design diferenciado e uma combinação do motor 1.8, a gasolina, de 98 cv e 14,2 kgfm; com um elétrico de 72 cv e 16 kgfm.

É o carro verde mais econômico do país, com um consumo de 18,9 km/l na cidade e 17 km/l na estrada somente com gasolina.

O modelo é comercializado por R$ 123.950. Entre os carros elétricos Toyota, está com o melhor custo benefício em relação aos híbridos oferecidos no país.

Ford Fusion Hybrid

A versão reestilizada conta com um motor 2.0 de 140 cv, combinado com elétrico de 50 cv. É capaz de fazer 15,1 km/l na cidade, e 16,8 km/l na estrada. Além disso, conta com controle de cruzeiro adaptativo e central multimídia Sync 3.

O Ford Fusion Hybrid é vendido no país por R$ 159.500.

Mitsubishi Outlander PHEV

Considerado o maior SUV da montadora, o Outlander tem motor 2.0 de 121 cv, que trabalha com dois motores elétricos de 82 cv. Pode recarregar as baterias com gasolina ou na tomada. No modo elétrico, roda em torno de 60 km.

É comercializado por R$ 204.990.

Elétricos no mundo

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a quantidade de carros movidos a eletricidade e híbridos no mundo alcançou a marca dos três milhões, em 2017. As informações são baseadas nos dados da EV-Volumes, responsável por contabilizar a venda desses veículos.

Para 2018, a expectativa é de que sejam vendidos entre 1,7 e 2 milhões de carros, entre elétricos e híbridos. Assim, ao final deste ano, seriam mais de cinco milhões de elétricos rodando pelo mundo.

Mais de 1/3 das vendas de carros na Noruega são de veículos elétricos, o que indica que grande parte da população busca esse tipo de automóvel.

O mercado de elétricos foi impulsionado pela alta demanda chinesa. Na China, 1,2 milhão de carros elétricos já circulam pelas ruas. No ano de 2017, 579 mil unidades foram somadas à frota do país.

Nos Estados Unidos, a quantidade de veículos elétricos nas estradas subiu 195 mil apenas no último ano, chegando a 750 mil unidades ao todo. Já na Alemanha, o crescimento foi de quase 70%, um total de 92.740.

Vale destacar que existe a possibilidade de conversão de carros para elétricos, mas ainda é um processo que não é o mais aconselhável. A conversão deve ser feita por especialistas na área – algo que ainda está dando seus primeiros passos no mercado.

De acordo com especialistas do setor automotivo, até 2030 os carros elétricos deve representar 10% dos veículos em circulação no mundo, algo em torno de 140 milhões de veículos.

Agora que você já sabe como está o mercado de carros elétricos no Brasil e no mundo e entendeu como recarregar carros elétricos, que tal dividir essas informações com os amigos? Compartilhe este post nas redes sociais!

 

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *