Verstappen vence GP da Holanda; Hamilton sofre com estratégia
gp holanda

Verstappen vence GP da Holanda; Hamilton sofre com estratégia

O GP da Holanda da F1 foi nesse domingo (4) e consagrou Max Verstappen como vencedor do circuito. O holandês agora soma 301 pontos para o campeonato mundial, contra 201 de seu companheiro de equipe Sérgio Perez e Charles Leclrec da Ferrari. Sendo que Leclrec está em segundo no ranking por ter tido mais vitórias que Perez.

Ganhar em Zandvoort é especial já que é a corrida “em casa” para o holandês, mas durante o final de semana Verstappen afirmou que para ele é como qualquer outro GP, apenas fica feliz quando vê a onda laranja tomando conta da arquibancada.

cta blog venda seu carro

O pódio foi completado por outros dois jovens pilotos: Em segundo lugar com George Russel, da Mercedes e terceiro Charles Leclrec. Durante o final de semana o carro W13 da Mercedes deu sinais de melhora e Lewis Hamilton liderou no domingo em alguns momentos, conseguindo marcar várias voltas mais rápidas. Porém, em momentos finais da corrida, depois de um erro de estratégia da Mercedes, terminou em 4° lugar.

A pista de Zandvoort entrou no calendário da Fórmula 1 ano passado, em 2021. O circuito tem poucas chances de ultrapassagens, para os fãs do esporte as expectativas de grandes emoções eram baixas. No sábado quando Max Verstappen garantiu a Pole Position, era tida como certa sua vitória. Apesar da previsão ter concretizado, a corrida garantiu momentos interessantes.

Ferrari erra pitstop

Imagem: Redes Sociais

Problemas de estratégia da equipe italiana não são novidade para os Tifosi, mas os tropeços com o piloto Carlos Sainz no GP da Holanda foram surpreendentes. Na volta 15/72, a Ferrari chamou o Sainz para o pitstop, mas quando o carro chegou estava faltando um pneu para fazer a troca, os mecânicos levaram apenas 3. O espanhol ficou 12 segundos parado no pitstop e caiu do 3° lugar para o 11°. E ainda, ao mesmo tempo Sérgio Perez fazia o pitstop e acabou atropelando um equipamento da Ferrari que estava no chão. A FIA afirmou que vai investigar o incidente.

Já o pitstop para Charles Leclrec foi ótimo com 2.5 segundos.

Em um outro pitstop, a Ferrari liberou Sainz para sair de forma insegura, o que quase ocasionou um acidente com o Fernando Alonso, Alpine. Esse incidente resultou em uma punição de 5 segundos para o piloto da Ferrari.

Nas entrevistas após a corrida Carlos Sainz se mostrou frustrado com as ações da equipe e afirmou que tudo era uma “bagunça”, mas para o chefe da equipe, Mattia Binotto, os erros dos mecânicos são o menor problema, “Estou mais preocupado com a desvantagem competitiva em relação elação à Red Bull” desabafou.

Safety Car e Mercedes

A estratégia da Mercedes estava sendo elogiada até a entrada do Safety Car. Tudo teve início na volta 56/72, quando o piloto da Alpha Romeo, Valtteri Bottas, abandonou o carro no fim da reta dos boxes, o SC foi acionado. Ao ser anunciado, as equipes já iniciaram as estratégias, já que o Safety Car iria passar pelos boxes, era o momento certo para a troca de pneus.

Mercedes W13

A estrategista da Red Bull, Hannah Schmitz brilhantemente já chama Max Verstappen e Sérgio Perez para trocar os pneus, colocando macios na fase final da corrida.

Ao mesmo tempo, George Russell, da Mercedes, pede para a equipe para trocar os pneus, a Mercedes aceita e fazem a troca. Entretanto, não chama Lewis Hamilton para o box, mesmo que o britânico naquele momento tinha 3.4 segundos de vantagem sob o holandês que estava atrás de Russell, o que com uma estratégia bem feita poderia dar tempo sem perder posição para Verstappen.

Com isso, logo na saída dos boxes Hamilton questionou a estratégia da Mercedes “Por que George parou?” foi só então que os engenheiros informaram ao heptacampeão sobre a mudança de decisões.

Final do Safety Car no GP da Holanda

GP Holanda

Com pneus mais usados contra todos os outros carros da frente com pneus novos, Hamilton sofreu na relargada dos carros. Por rádio ele avisou a equipe que seria difícil manter Max Verstappen atrás dele. Ao sinal do final do SC, Max ultrapassou Lewis sem dificuldade. O companheiro de equipe George Russell também conseguiu ultrapassar pegando o 2° lugar.

Então, foi nesse momento que Lewis Hamilton mostrou sua frustração com a equipe pelo rádio: “Não posso acreditar em vocês, caras, vocês me atrapalharam. Eu estou muito bravo agora”, desabafou.

Faltando 6 voltas para o final da corrida, Charles Leclrec consegue pegar a posição do patrão. O que parecia ser como certo até então uma dobradinha da Mercedes, se transforma em um 2° e 4° lugar.

Apesar disso, nas entrevistas pós-corrida, Hamilton se desculpou pelo rádio e afirmou que foi em um momento de tensão. Ainda agradeceu a equipe pelos pitstops bem feitos.

Yuki Tsunoda e estratégia da Alpha Tauri

Algo que tem trazido muitas teorias da conspiração na internet foi a parada de Yuki Tsunoda que provocou um Safety Car Virtual. O japonês anunciou para a equipe que acreditava que um de seus pneus estava solto e parou na lateral para abandonar a corrida. Até que a equipe afirma pelo rádio que está tudo certo com o carro e ele poderia voltar, Yuki volta para a pista e para no pitstop para arrumar o cinto que tinha tirado e fazer troca de pneus.

E então logo após a saída dos boxes faz outra ligação para a equipe e afirma que o diferencial, que ajusta os detalhes da troca de pneus, não está funcionando. Então o japonês abandona a corrida.

Os fãs questionaram o porquê de Tsunoda abandonou o corrida depois de sair dos boxes. Se essa decisão teria alguma ligação para beneficiar a equipe irmã, Red Bull, já que o safety car virtual beneficiou um parada no pitstop para Max Verstappen. Apesar das acusações, todo o processo foi feito de forma esperada, o que mostrou ainda mais uma desorganização na equipe. A Alpha Tauri se pronunciou e afirmou que acusações como essas são inaceitáveis.

Final da corrida do GP da Holanda

Como esperado desde a qualificação no sábado, mais uma vitória para Max Verstappen. Essa é a quarta vitória seguida do holandês. A Red Bull está a frente do campeonato dos construtores por 135 pontos de diferença contra a Ferrari. E de longe fez a melhor interpretação e construção de carro desse ano.

O próximo GP é na semana que vem em Monza, na Itália. A etapa acontece entre os dias 9 e 11 de setembro.

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *