Tarok: saiba mais sobre a nova picape da Volkswagen
Nova picape da Volkswagen - vw tarok

Tarok: saiba mais sobre a nova picape da Volkswagen

Com porte de Fiat Toro, nova picape da Volkswagen deverá ser a variação com caçamba do SUV Taos.

Texto: Evandro Enoshita

cta blog venda seu carro

Fotos: Volkswagen – Divulgação

Não é exagero dizer que o lançamento da picape Fiat Toro, em fevereiro de 2016, foi um dos maiores acertos da história da marca italiana no Brasil. Mesmo tendo chegado ao mercado cinco meses depois do Renault Duster Oroch, a sua receita de produto bem acertada, com o comportamento dinâmico de carro de passeio combinado a um porte próximo ao das picapes médias, fez com que o modelo se tornasse o padrão a ser batido no novo segmento de picapes monobloco, menores que as tradicionais Chevrolet S10 e Toyota Hilux e maiores que compactos como a Volkswagen Saveiro e a Fiat Strada.

Pois um dos produtos mais esperados para este segmento hoje liderado (com folga) pelo Fiat Toro é o futuro Volkswagen Tarok, modelo desenvolvido pela engenharia brasileira da marca e que foi mostrado pela primeira vez como um carro-conceito no Salão de São Paulo de 2018 chegando inclusive a excursionar no exterior, nos salões de Frankfurt (Alemanha) e Nova York (EUA).

Projetado para ser produzido sobre a base modular MQB, o conceito Tarok tem 4,914 m de comprimento, 1,830 m de largura, 1,677 m de altura e entre-eixos de 2,99 m. Medidas bem semelhantes ao Fiat Toro (4,915 m de comprimento, 1,844 m de largura, 1,735 m de altura e 2,99 m de entre-eixos). Na comparação com outros modelos de grande porte da marca, a nova picape da Volkswagen fica posicionada entre o SUV Tiguan Allspace (4,701 m) e a picape Amarok (5,191 m). E é mais de 40 cm mais longa do que uma Saveiro.

Nova picape da Volkswagen - vw tarok caçamba

Por dentro, o clima no conceito é bem semelhante ao dos outros modelos feito sobre a mesma plataforma MQB, com destaque para o quadro de instrumentos digital configurável Acrive Info Display e o sistema multimídia com tela de 9,2 polegadas, que além de contar com funções como o navegador GPS e os controles do sistema de som, concentra também os controles da climatização da cabine. Outro detalhe interessante no conceito é a possibilidade de dobrar os bancos traseiros para estender o espaço da caçamba para dentro da cabine de passageiros.

Nova picape da Volkswagen - vw tarok interior

A picape conceito está equipada com o já conhecido motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,4 kgfm de torque a 1.500 rpm, que atualmente é empregado na linha Volkswagen nos modelos T-Cross, Polo e Virtus GTS, Tiguan Allspace e Jetta. Esta motorização é combinada a um câmbio automático de seis marchas e ao sistema de tração integral 4Motion.

Nova picape da Volkswagen é quase um Taos

Só pelo visual do conceito já dava para notar que este era um daqueles carros visualmente bem próximos de ganhar uma versão de produção. Mas os impactos da pandemia da covid-19 sobre a economia mundial e local fizeram com que a Volkswagen adiasse o andamento de alguns dos seus projetos na América Latina, entre eles o substituto do Gol e a picape Tarok.

Mas não parece que o projeto da anti-Toro da Volkswagen foi definitivamente enterrado pela empresa. Durante uma live em dezembro passado para a apresentação do novo SUV médio Taos — que chega ao Brasil no 2º trimestre —, o presidente da Volkswagen America Latina, Pablo Di Si, deu a entender que a marca irá investir em lançamentos em diversos segmentos. Pois é justamente a variação da plataforma MQB usada pelo Taos que deverá servir de base para viabilizar o lançamento da picape.

O que faz com que não seja uma coincidência o fato de a dianteira do novo SUV médio ser tão parecida com a da picape conceito, com destaque para o formato da grade frontal e até o desenho do para-choque. De acordo com uma reportagem, o Taos é conhecido internamente pelo código VW316, enquanto o Tarok é tratado como o projeto VW317, seguindo um padrão de identificação de projetos irmãos que já foi visto no hatch Polo e no sedã Virtus. Ambos os modelos vão compartilhar a mesma estrutura básica e boa parte dos painéis da carroceria e componentes internos, como o painel, até a coluna central da carroceria. A partir daí, a picape será um carro novo, inclusive com portas exclusivas.

Além do conjunto motor e câmbio, que seguirá com a combinação do propulsor 1.4 TSI e da transmissão automática de seis marchas na Tarok de produção, uma possibilidade é que seja aproveitado no modelo o 2.0 TDI de 180 cv combinado a um câmbio automático de oito marchas. Conjunto que deixou de ser oferecido nas versões para o varejo da picape média Volkswagen Amarok e hoje está disponível no Brasil apenas para venda direta.

Opções de motorização que deixariam a picape da marca alemã, mais uma vez parelha com a concorrente Fiat Toro, que este ano deve trocar o criticado motor 1.8 E.TorQ aspirado nas versões flex por um novo 1.3 turbo da família Firefly, que já é empregado no exterior nos Jeep Compass e Renegade.

Mas apesar de tudo aparentemente já estar pronto, nas mãos da montadora, o fato de o projeto estar congelado faz com que o consumidor tenha que esperar um pouco mais antes de vender o seu carro para comprar o novo utilitário com caçamba da Volkswagen. Ainda de acordo com o Mobiauto, a expectativa é que o lançamento da picape Tarok aconteça apenas em 2023, com produção na fábrica argentina de General Pacheco, onde já é feito o SUV Taos.

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

4 Comments

  1. Irai ferreira da Silva dias

    Nossa que picape bonita apena que não dou conta de compra uma seria um sonho ter uma dessa mas Deus vai me presentear com uma dessa.

  2. Henrique gomes

    Quero ser um dos 1º a comprar

  3. Torneagro

    Quando chega a goiania

    1. Fernando Naccari

      A previsão é de que a picape chegue ao mercado ainda este ano ou, no máximo, no começo do ano que vem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *