Aditivo para radiador, para que serve? Tire as suas dúvidas
aditivo para radiador para que serve

Aditivo para radiador, para que serve? Tire as suas dúvidas

Está com dúvidas sobre para que serve o aditivo para radiador? Confira o artigo e saiba tudo sobre como ele funciona em seu automóvel

Se você tem um veículo, saiba que é muito importante entender para que serve o aditivo para radiador. Esse composto químico — também chamado de etilenoglicol — apresenta etileno em sua fórmula, e interfere diretamente no funcionamento do seu carro.

cta blog venda seu carro

Cada fabricante de automóvel especifica o tipo de aditivo para radiador mais indicado para seus modelos, já que existem diferentes composições no mercado. Além disso, é fundamental estar por dentro de outras questões, como o uso de água destilada para carros.

Isso porque a água destilada é parte fundamental na diluição do aditivo do radiador. A seguir, você entenderá melhor qual é a função de um aditivo para radiador em seu carro. Confira as dicas a seguir!

Para que serve um aditivo para radiador?

aditivo para radiador para que serve

As principais funções do aditivo para radiador são elevar o ponto de ebulição da água e reduzir a temperatura de congelamento. Assim, a água começa a ferver a partir de uma temperatura maior do que a normal e evita o congelamento quando a temperatura está muito baixa.

O aditivo para radiador também tem o papel de servir como lubrificante da bomba d’água do automóvel. Dessa forma, é uma alternativa melhor do que a água, por ajudar a prevenir a ferrugem e ter mais eficiência na lubrificação.

Vale reforçar que esse líquido não atua como um produto de limpeza. Pelo contrário, ele tem o poder de prevenir a corrosão e o acúmulo de impurezas. Portanto, é uma ótima opção para ampliar a vida útil das peças do seu automóvel.

Por que se utiliza água destilada para carros?

aditivo para radiador para que serve

Apesar de falarmos sobre o uso de água no radiador, é importante lembrar que não se trata daquela que sai da torneira.

Afinal, quando ela é utilizada sem os aditivos necessários, provoca a corrosão dos componentes metálicos do motor, travamento da bomba d’água, diminuição da vida útil dos selos dos motores, sem contar que o carro tende a superaquecer com maior facilidade e em temperaturas mais baixas.

Por esse motivo, é recomendado usar a diluição definida pela fabricante do veículo. Desse modo, será possível garantir uma durabilidade maior para a estrutura do radiador.

Isso acontece porque são os aditivos que fazem o papel de protegê-lo contra problemas no sistema de arrefecimento e lubrificam a estrutura. Além do mais, usar qualquer água no radiador costuma ser uma solução apenas em emergências, e não uma prática adequada.

Como fazer a reposição da água do radiador?

aditivo-para-radiador-para-que-serve

Agora, você já conhece a função do aditivo para radiador e também da água destilada para carros. A seguir, entenderá como realizar a reposição da água do radiador da forma correta para o bom funcionamento do seu sistema de arrefecimento.

Esse processo de manutenção automotiva não é complexo, porém exige regularidade e atenção a alguns detalhes. Veja!

Preparação para o processo

A melhor forma de preparar o seu automóvel para uma reposição da água do radiador é estacionar, desligar o motor e esperar até que ele esfrie. Assim, você poderá checar o nível com precisão e identificar se há necessidade de fazer uma reposição.

Uso da água adequada

Como você aprendeu acima, é necessário usar uma combinação de água destilada com aditivo em seu radiador. Caso você não compre o aditivo já diluído, deve fazer a diluição do aditivo concentrado na água destilada, de acordo com o recomendado pela fabricante do veículo.

Atenção a vazamentos

Fique de olho em possíveis sinais de que há vazamentos ocorrendo no sistema de arrefecimento. A diminuição rápida do nível do radiador pode ser devido à vazamentos no sistema (como mangueiras furadas) ou até mesmo danos no motor, fazendo com que o líquido entre e se misture ao óleo.

Caso isso aconteça, você notará que o óleo do motor adquire um aspecto de “doce de leite”. Assim, recomenda-se parar o veículo imediatamente e encaminhá-lo para reparo.

Se você abastecer o radiador e logo notar que o nível continua baixando mais rápido do que o normal, vale a pena checar se o líquido está vazando.

Quais são os cuidados mais importantes com o radiador?

aditivo para radiador para que serve

O radiador é uma peça fundamental para o funcionamento de um veículo. Afinal, ele é um dos componentes mais importantes do sistema de arrefecimento, cujo papel é controlar a temperatura dos motores.

Por isso, qualquer problema nele pode contribuir para o superaquecimento do motor e do veículo, o que prejudica fortemente a vida útil dos seus componentes.

Então, é muito importante que você tenha alguns cuidados específicos com a manutenção do seu sistema de arrefecimento. Fique de olho nos pontos mencionados, a seguir!

Uso de água no radiador

O reservatório do radiador é onde você deve usar o líquido lubrificante que o carro necessita para funcionar bem. Então, não basta usar apenas água lá, como muita gente faz ocasionalmente ou sempre.

Em vez disso, prefira usar uma mistura de água destilada com fluido aditivo no reservatório. No entanto, antes de adotar essa medida, é importante se informar junto ao fabricante do seu veículo para saber a respeito da proporção adequada para ele.

Limpeza dos componentes

O radiador pode acumular diversos tipos de impurezas. Logo, um dos pontos de atenção é a limpeza da colmeia do radiador com o intuito de evitar obstruções. Limpe sempre que puder.

Essas impurezas ficam na parte externa do radiador, impedindo que ele receba ar da ventoinha e, assim, diminua a temperatura do líquido. Ao passar dentro das galerias do motor, esse líquido resfria a temperatura do motor, mantendo-a em sua faixa de trabalho ideal.

Verificação de rotina

Para evitar surpresas, verifique o seu sistema de arrefecimento diariamente, ou seja, sempre que puder, abra o capô e observe se existem vazamentos, acúmulo de impurezas, entre outros.

Esse hábito será importante para que você possa detectar problemas e solucioná-los. Assim, você pode resolver a questão antes de sair com o carro ou buscar os serviços de um profissional.

Origem do aditivo para radiador

Já aconteceu de oferecerem troca de aditivo em um posto de combustível? Então, tome cuidado com esses casos, já que o seu sistema de arrefecimento pode ser prejudicado, dependendo da procedência do material.

Em vez disso, o recomendado é sempre buscar profissionais especializados no assunto. De preferência, procure pela concessionária em que você adquiriu o veículo ou vá até uma assistência técnica autorizada da montadora.

Como você viu acima, o sistema de arrefecimento do seu automóvel requer cuidados bastante detalhados. Portanto, é fundamental entender o papel do fluido aditivo para radiador e também como fazer uso da água destilada nesse caso. Lembre-se, ainda, de contar com profissionais qualificados que entendam do assunto e que poderão ajudar você da forma correta.

Gostou do post? Então, aproveite para saber alguns sinais que indicam que algo não vai bem com o seu carro!

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

2 Comments

  1. Roger Moraes

    Existem várias cores de aditivos para radiador, essas diferenças de cores são só questão estética ou tem algum diferencial entre elas,??????

    1. Fernando Naccari

      Oi, Roger. Tudo bem? Sim, há diferenças nas cores dependendo do fabricante e dependendo da base utilizada para a produção do ativo. Se ele é de base orgânica ou de base inorgânica. É importante consultar o manual do proprietário antes de fazer a aquisição de um novo aditivo, pois misturar as bases entre si também pode causar um problema no sistema de arrefecimento do veículo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *