6 dicas para escolher uma oficina mecânica de confiança
como escolher oficina mecânica de confiança - mulher de macacão trabalhando em oficina mecânica

6 dicas para escolher uma oficina mecânica de confiança

Você sabe como escolher uma oficina mecânica de confiança? Saiba aqui como escolher a oficina certa para não ter sustos na hora de consertar o seu carro.

Suspensão fazendo barulho, motor com vazamento de olho, freios que aparentemente não seguram mais tão bem e até dificuldade na hora de dar partida são problemas muito comuns de quem tem um carro na garagem.

cta blog venda seu carro

Assim como arranhões na lataria bateria fraca, ter um carro é sinônimo de conviver com problemas recorrentes, isso não tem jeito, mas é perfeitamente possível ter um carro e não sofrer com panes que o impeçam de rodar.

Tudo está em como a manutenção do carro é feita, se somente corrigida ou também é seguido o plano de revisões do carro, ou seja, seguir um plano de manutenção preventiva.

Quando isso é feito, antecipa-se problemas comuns e torna-se possível ter uma convivência tranquila com o seu carro. Porém, só a manutenção não basta. É preciso saber quem irá fazer estes reparos.

E é por isso que escolher uma oficina mecânica de confiança é um passo muito importante. Afinal, saber o que precisa ser feito não basta, é preciso fazer direito e bem feito.

Se você está passando por um caso parecido e quer dicas sobre como escolher a melhor oficina mecânica para manutenção e conserto do seu carro, você está no lugar certo. Confira!

1. Avalie a reputação da oficina mecânica

Ao solicitar os serviços de qualquer empresa, é fundamental buscar uma avaliação da reputação desse lugar. Com uma oficina mecânica isso não seria diferente, certo?

Entre em contato com o Procon a fim de verificar se a empresa apresenta ou não algum registro de reclamação. Certifique-se ainda a respeito da regularidade da oficina, excluindo a hipótese de que ela opere na clandestinidade. O local precisa ser organizado e contar com, pelo menos, os equipamentos básicos.

Uma prática interessante para verificar se a oficina mecânica escolhida é mesmo de confiança é fazer a conferência do certificado do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA). Trata-se de um indicativo de qualidade para a retífica de motores, por exemplo.

O documento foi criado pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) e é aprovado pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

2. Pesquise os preços de mercado

Uma pesquisa de preços é sempre válida. Com essa checagem, você fica por dentro de quanto normalmente se cobra no mercado para os determinados serviços. De posse desse tipo de informação, será mais difícil, por exemplo, escolher uma oficina mecânica de confiança.

Infelizmente, encontramos pessoas desonestas em todos os lugares. Caso algum mecânico cobre um preço elevado pelo trabalho, ou então um preço barato demais, é bom desconfiar.

3. Peça um orçamento antecipado

Antes de fechar o contrato, peça um orçamento formalizado à oficina. Ele deve conter todos os serviços a serem executados, mão de obra, possíveis peças com defeito e o valor de cada um desses itens.

Dessa forma, você é capaz de perceber se peças ou serviços que não fazem parte do contrato estão sendo cobrados.

O orçamento também serve como espécie de dado comparativo entre diversas oficinas. Solicitar um não significa aceitar a proposta apresentada, mas procure saber previamente se há algum custo avulso pelo pedido do documento.

Alguns locais cobram para gerar um orçamento e isso é perfeitamente normal

4. Solicite indicações de amigos e parentes

Essa é uma dica comum e, normalmente, seguida por muita gente. Se um amigo ou parente realizou o conserto ou a manutenção de algum veículo em determinada oficina mecânica, solicite dicas e recomendações.

Informe-se a respeito de tudo: o que deixou a pessoa satisfeita, se aconteceu algum tipo de problema, como é o atendimento do lugar etc. Avalie ainda o custo da manutenção do carro do seu amigo, assim você terá uma ideia se está dentro dos padrões ou não.

quanto vale o seu carro na instacarro

Quando a indicação vem de alguém em quem podemos realmente confiar, é mais fácil sentir segurança nas palavras. As chances de escolher um estabelecimento inadequado para o conserto do seu carro também serão minimizadas.

Caso o seu conhecido tenha certa proximidade com os funcionários, vale a pena pedir indicações internas e sinalizar que selecionou aquele local por indicação da pessoa em questão. Dificilmente os colaboradores reagirão de modo indevido à indicação de clientes fiéis.

5. Verifique a capacitação dos funcionários da oficina

É conveniente saber quem são as pessoas que cuidarão do seu carro, certo? Nada mais justo quando se está pagando por um serviço. Avaliar a capacitação dos funcionários da oficina escolhida com certeza deixará você mais tranquilo. Nesse sentido, vale a pena contar com profissionais capacitados e experientes no assunto.

Essa dica é ainda mais importante caso o carro seja importado. Seu modelo de veículo pode exigir cuidados especializados e não há nenhum problema, obviamente, em exigir esse tipo de profissionalismo. Inclusive, há consertos possíveis apenas em lojas autorizadas. Trata-se de uma maneira de evitar possíveis prejuízos mais tarde.

Outra dica: sempre faça a leitura do manual do veículo. Isso ajuda a saber quais peças podem necessitar reparos de acordo com o tempo, dando-lhe mais segurança ao conversar com o mecânico.

6. Exija a nota fiscal como garantia

Trabalho finalizado? Exija sua nota fiscal. É ela que comprova a aquisição do serviço, especificando também o tipo de reparo realizado no carro, assim como os dados do veículo. Com o documento em mãos, trata-se de um direito do consumidor ter a garantia legal de 90 dias (conforme art. 26, II do Código de Defesa do Consumidor).

Caso algum problema não tenha sido devidamente solucionado, ou seja, mesmo após os reparos, se o carro continuar apresentando os mesmos defeitos, é direito do consumidor que a execução dos serviços seja refeita sem custos adicionais. Pode-se, como alternativa, solicitar a devolução integral do dinheiro (art. 20, I e II do CDC).

Lembre-se: sempre teste o carro antes de levá-lo embora e só retire o veículo da oficina quando tudo estiver adequado, ok?

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

2 Comments

  1. seminovos bh

    Tive problemas na oficina que tive a oportunidade de confiar meu carro algumas vezes, mas por diagnóstico simples que era somente uma correia, que estava muito tensionada, o mecânico dessa oficina me indicou fazer a troca do rolamento do compressor de ar condicionado, mas por eu ter alguns poucos conhecimentos, pois fiz técnico em mecânica, não veicular, mas industrial, mesmo assim pude identificar que o mesmo estava falando bobagem… Resumindo, nunca mais voltei a oficina!

  2. Seminovos BH | Anuncicar Veículos

    Já tive problemas com oficina em que achava confiável. Só percebi que não podia confiar mais, depois de um diagnóstico de que rolamento de compressor de ar condicionado que supostamente estava ruim “fazendo barulho”, quando na realidade era correia do alternado, quem estava fazendo barulho, e o pior, essa mesma correia havia sido trocado pela mesma oficina a uma semana atrás, colocaram correia errada, a mesma ficou tencionada demais. Esse foi o motivo do tal barulho, nunca mais voltei la!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *