Por que as pessoas têm preconceito com carros chineses?
carro em 3D com símbolo de proibido - preconceito contra carro chinês

Por que as pessoas têm preconceito com carros chineses?

Por que ainda há esse preconceito contra carros chineses? Eles ainda pecam em algum ponto para gerar desconfiança dos compradores? Saiba mais aqui

Em qualquer segmento, quando uma indústria começa a se desenvolver há muitos desafios a serem enfrentados, inclusive o processo de produção, que só com o tempo consegue se aprimorar. Assim como outros países, a China viveu no começo da expansão de seu mercado automotivo um problema quanto a qualidade de seus produtos.

cta blog venda seu carro

Principalmente no final do século XX e começo do século XXI, muitas montadoras chinesas ainda eram vistas com maus olhos, pois foi justamente quando começaram a se popularizar em todo o mundo. 

A má fama dos carros chineses vem justamente desse período, quando uma parte dos modelos possuíam componentes de baixa qualidade e designs que eram praticamente uma cópia de veículos de montadoras famosas.

Um dos principais medos do consumidor quando falamos de carro chinês é com a segurança. A fama de componentes ruins faz com que o cliente fique com o pé atrás, já que a sua segurança e a de sua família estão em jogo. 

homem incomodado com carro - preconceito contra carro chinês

Quando os carros chineses chegaram, por exemplo no Brasil, nenhum deles tinha sido testado pelo Programa de Avaliação de Carros Novos (NCAP), o que fazia deles um mistério caso houvesse uma batida. 

Porém, nos dias de hoje, aspectos quanto à segurança, falta de criatividade na criação e baixa qualidade das peças já é coisa do passado. É bom lembrar também que não só no segmento automotivo, como em qualquer coisa que compramos, algo provavelmente vem da China. 

A indústria chinesa hoje é a maior exportadora do mundo e, para chegar a esse lugar, foi necessário rever seus princípios de produção, o que acabou espelhando também nas montadoras chinesas, que foram criando alianças para aprimorar seus produtos e avançar em tecnologia automotiva

Carros chineses: segurança em evolução

Há mais de dez anos os carros chineses começaram a mudar sua história quando o assunto é segurança. Em 2011, o teste Euro NCAP levou a prova os modelos Geely Emgrand EC7 e Morris Garage MG6, este último pertencente ao grupo chinês SAIC.

Ambos conseguiram quatro estrelas na avaliação, mostrando que havia um esforço da indústria automotiva chinesa em melhorar sua imagem diante o mundo. A partir daí as montadoras foram conquistando mais espaço nas concessionárias, principalmente com as parcerias, como ocorre entre a Chery com a brasileira CAOA. 

Além dos resultados dos modelos antigos já se mostrarem satisfatórios, os modelos novos, inclusive elétricos, também têm desempenho excepcional em segurança. O SUV eletrificado NIO ES8 recebeu cinco estrelas, a nota máxima, nos testes de colisão e segurança do Euro NCAP. 

carro chinês - nio es8

Chineses no Brasil 

Mesmo sem saber, muitos motoristas já dirigem carros feitos em conjunto com a China ou até projetados por lá, como é o caso de um dos modelos mais populares do Brasil: o Chevrolet Onix. 

Se a primeira geração de Chevrolet Onix e Prisma  trocavam figurinhas com a marca sul-coreana Daewoo, os seus sucessores, novo Onix e Onix Plus, foram criados em parceria com a chinesa SAIC (Shanghai Automotive Industry Corporation).

O nome da plataforma que deu origem aos dois compactos é GEM, que significa “Mercados Emergentes Globais”, na tradução do inglês. Essa plataforma é usada pela GM em vários veículos vendidos nos mercados do mundo em desenvolvimento.

Quanto às marcas que realmente são chinesas e se destacam no Brasil, temos a JAC. A empresa não apenas entrou com força no mercado de SUVs, colocando seus modelos para brigar com montadoras renomadas como Volkswagen e General Motors, como também está empenhada no segmento elétrico. 

Com valores interessantes ao consumidor e oferecendo tecnologias que cabem no bolso, hoje, a JAC consegue ter o carro chinês mais vendido do Brasil, o iEV20. 

elétricos JAC Motors JAC iev20

O modelo considerado o elétrico mais barato do Brasil, nada mais é em termos de design do que uma reestilização do antigo JAC J2 que saiu de linha em 2017. Com interior bonito e apertado, o elétrico consegue levar 4 passageiros de maneira confortável.

Mesmo com uma autonomia de até 400 km, de acordo com a montadora, seu motor de “apenas” 68 cavalos sugere que seu uso foi feito para centros urbanos.

Um ponto no qual o consumidor deve se atentar na hora de comprar um carro chinês hoje em dia, ao contrário do design e segurança que eram preocupações do passado, é a questão de peças. Carros chineses zero-quilômetros hoje já conseguem boa desenvoltura no mercado, mas os seminovos ficam muitas vezes encalhados por causa de preocupações mecânicas.

Hoje mais do que nunca, por conta do desabastecimento de componentes automotivos, os modelos chineses sofrem mais ainda com isso, já que a maioria das peças vem do outro lado do mundo, o que pode ocasionar, em caso de problema mecânico, que o veículo chinês fique parado por muitos dias até as peças chegarem ao Brasil. 

Posts relacionados

Os carros mais roubados de São Paulo, veja o ranking

Os carros mais roubados de São Paulo, veja o ranking

Índice de roubos e furtos caí em 11% no primeiro trimestre de 2024, Fiat Strada entra no ranking dos carros…
Novo Nissan Sentra 2025 chega ao Brasil, veja preço e equipamentos

Novo Nissan Sentra 2025 chega ao Brasil, veja preço e equipamentos

O novo Nissan Sentra 2025 foi lançado em duas versões, sendo a opção de entrada Advance com o preço inicial…
Conhecendo a coleção de carros de Pedro Pascal

Conhecendo a coleção de carros de Pedro Pascal

Que tal conhecer um pouco da garagem do astro de Hollywood chileno Pedro Pascal? Pedro Pascal, aclamado ator chileno, não…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *