Como funciona um carro híbrido-leve?
carros eletrificados plugin

Como funciona um carro híbrido-leve?

Você sabe a diferença de um veículo híbrido-leve para os outros tipos de híbridos? Conheça suas características e particularidades aqui

Como já se sabe, a eletrificação automotiva parece ser um caminho sem volta para o segmento automotivo. Como começam a chegar muitas novidades, naturalmente os consumidores começam a ter dúvidas sobre os carros novos. 

cta blog venda seu carro

Existem veículos 100% elétricos e existem também os híbridos. Este último possui algumas diferenciações entre si. Além de suas especificidades, os veículos híbridos são mais acessíveis, quando falamos de valores de venda para o consumidor. Por carregar uma tecnologia que une um motor a combustão e um motor elétrico, os carros híbridos ganham mais atenção também daqueles que ainda estão desconfiados em comprar um carro somente a eletricidade. 

como funcionam os carros híbridos-leve

Mas afinal, como funciona um híbrido-leve?

O carro híbrido-leve, também conhecido tecnicamente como MHEV, tem como principal atributo o fato de que seu propulsor elétrico não é capaz de tracionar as rodas sozinho. Quando o veículo é um híbrido leve, um gerador elétrico é utilizado em situações específicas, como dar a partida no motor ou acionar e manter os sistemas elétricos ativos.

Isso porque um modelo híbrido leve tem um pequeno gerador elétrico, que por vezes serve também como alternador. O item pode carregar uma bateria auxiliar, que trabalha em 12 volts ou 48 volts.

Por não ser um motor propriamente dito, a bateria ajuda na partida do motor a combustão e a manter velocidades de cruzeiro, além de acionar sistemas elétricos secundários. Nesses casos, a bateria é bem menor e se parecem muito com baterias convencionais. 

Híbrido normal x híbrido-leve

Para se ter um comparativo, os veículos híbridos “normais”, conhecidos como HEV, são automóveis que, ao contrário do híbrido leve, seu sistema decide sozinho quando o propulsor elétrico ou a combustão deve ser o protagonista. Logo, sua bateria pode sim fazer o carro andar apenas no modo elétrico.

Normalmente, quando o carro está em baixas velocidades, o sistema elétrico é ativado, já quando o trajeto exige potência e velocidade, entra em cena o motor a combustão. 

Outros híbridos

Além dos tipos de híbridos citados acima, ainda temos no mercado automotivo os modelos plug-in, os PHEVs. Sua principal tecnologia é a possibilidade de recarregar o carro na tomada, do mesmo modo de um carro 100% elétrico.

Com essa configuração, o motor elétrico também tem capacidade de tracionar as rodas e pode ser usado em condições duras. Sua autonomia normalmente bate a média de 50 km, dando ao motorista a possibilidade de ativar o sistema em várias situações.

Posts relacionados

Koenigsegg CC850 traz câmbio revolucionário que é automático e manual ao mesmo tempo

Koenigsegg CC850 traz câmbio revolucionário que é automático e manual ao mesmo tempo

Koenigsegg CC850 nasceu como homenagem ao aniversário do fundador, mas o que chama a atenção é o incrível câmbio automático…
F1: GP da Emilia Romagna em Ímola, veja horários e onde assistir

F1: GP da Emilia Romagna em Ímola, veja horários e onde assistir

Confira como assistir e os horários do retorno da F1 2024 no GP de Emilia Romagna em Ímola neste final…
Lula sanciona novo DPVAT, SPVAT, com veto à multa por inadimplência

Lula sanciona novo DPVAT, SPVAT, com veto à multa por inadimplência

Confira tudo o que você precisa saber sobre o novo DPVAT sancionado por Lula, e o que muda em comparação…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *