Melhores sedãs dos anos 90: conheça mais sobre os carros que fizeram e fazem sucesso até hoje
melhores sedas anos 90 chevrolet vectra azul

Melhores sedãs dos anos 90: conheça mais sobre os carros que fizeram e fazem sucesso até hoje

Omega, Vectra e Astra, Tempra e Marea, Santana e Passat: conheça os modelos de sedãs dos anos 90.

Para quem nasceu dos anos 2000 para cá, o costume é ver SUVs em todos os lugares. Atualmente, os sedãs se tornaram minoria no mercado automotivo, porém nos anos 90 essa realidade era bem diferente.

cta blog venda seu carro

Mas para você que é fã de boa e velha guarda, separamos sete modelos que fizeram história e deixaram saudade para dezenas de fãs em todo o Brasil. Confira:

Melhores sedãs anos 90: Chevrolet Omega

melhores sedas anos 90 chevrolet omega

Inicialmente, o modelo nasceu de uma parceria entre a GM e a Adam Opel AG, em 1986, e a versão que chegou aqui no Brasil estava bem alinhada ao modelo que rodava na Europa.

Para os apreciadores de carros longos, o Chevrolet Omega realmente agradava aos olhos, com uma robusta frente curvada em uma capô que descia até a grade cromada na versão CD (Comfort Diamond).

Quanto à motorização, a fabricante colocou no modelo duas opções de motores nacionais e outra importada. O nacional era um propulsor 2.0 que gerava 116 cv de potência na versão a gasolina e 130 cv no álcool, com 18,6 kgm de torque. Esse motor era oferecido na versão GLS.

Já a versão topo de linha, a CD, trazia duas opções de motores: o motor alemão 3.0 que entregava 165 cv de potência e  23,5 kgfm de torque. Essa versão ainda disponibilizava a opção de transmissão manual de cinco marcas ou a automática com quatro.

Além dele havia a motorização 4.1 (herdado do Opala, mas com melhorias) que gerava 168 cv e 29,1 kgfm de torque. O câmbio era manual de cinco marchas.

Por dentro, o modelo era sofisticado, com itens como  ar-condicionado, ajuste elétrico dos faróis, computador de bordo, toca-fitas e toca-CD, o que era um componente de luxo para a época.

Melhores sedãs anos 90: Chevrolet Vectra

melhores sedas anos 90 chevrolet vectra azul

O modelo também seguiu o mesmo caminho de seu irmão Omega, sendo lançado em 1988 na Europa. Aqui no Brasil, o Chevrolet Vectra foi fabricado entre os anos de 1993 e 2011.

Na primeira geração, o veículo possuía duas opções de propulsor, ambos 2.0 16V. Para as versões mais básicas, a GM equipava o modelo com o um motor que gerava 116 cv de potência e 17,3 kgfm de torque, enquanto na versão topo de linha ganhava um toque mais esportivo, com 150 cv de potência e 20 kgfm de torque.

A atualização de motorização mais importante aconteceu em 2005, quando Vectra ganhou um motor de 2.4 16V, gerando 150 cv de potência, que nas versões mais completas era acoplado a transmissão automática de quatro velocidades.

Nos anos 90, o modelo oferecia ao público itens de série interessantes já na versão de entrada, como direção hidráulica, trio elétrico, banco do motorista e direção com regulagem de altura e freio a disco nas quatro rodas.

Melhores sedãs anos 90: Chevrolet Astra

melhores sedas anos 90 chevrolet astra

O modelo realmente tem uma longa história no segmento automotivo. O Chevrolet Astra começou a ser produzido sob outro nome na Europa desde 1936. Aqui no Brasil, o veículo chegou em 1994 importado da Bélgica.

Nas lojas da GM nos anos 90 era possível encontrar o Astra nas versões notchback, sedã e station wagon.

Em sua segunda geração, o veículo possuía duas opções de propulsor: o 1.8 litros de 110 cv de potência e o 2.0 de 112 cv. Em 2003, o modelo trouxe para o nosso país a versão GSI, com um tom mais esportivo somente na versão hatch. A versão era equipada com o motor 2.0 16v que gerava 136 cv de potência.

Quando saiu de linha, o Astra possuía motorização flex 2.0 presente em toda sua gama, com 133 cv de potência a gasolina e 140 cv no álcool.

Melhores sedãs anos 90: Fiat Tempra

fiat tempra 1990 1999 melhores sedas anos 90

O Fiat Tempra revolucionou o setor automotivo brasileiro ao seu jeito, já que foi o primeiro carro com 16 válvulas por aqui, em 1993, e na sequência, em 1994, foi o primeiro sedã com turbo .

Seu diferencial era o espaço frente aos concorrentes, com entre eixos de 2.54 metros, 1.69 metros de largura e 4.35 metros de comprimento. O porta-malas também agradava quem gostava de viajar, com 550 litros.

Em 1994, o Tempra carregou sob o capô um motor turbo com 165 cv de potência e um torque de 26,5 kgfm. Outro atributo do veículo era a opção de ar condicionado automático, o que foi realmente outra revolução na época.

Melhores sedãs anos 90: Fiat Marea

Marea Turbo 2.0 melhores sedas anos 90

Talvez o mais polêmico da lista, o Fiat Marea nasceu em 1996 na Europa e tinha como objetivo substituir o Fiat Tempra. Por aqui, o Marea estreou em 1998, nas opções sedã e perua Weekend ELX e HLX.

Italiano de natureza, o modelo carregava um propulsor 2.0 20V que gerava 142 cv de potência e 18,1 de torque. Pouco tempo depois a Fiat apresentou a versão SX com o mesmo motor, porém menos potente, com 127 cv, e a Turbo 2.0 20V de 182 cv e torque de 27 kgfm.

A principal versão do modelo foi a Turbo, que tinha freios específicos, suspensão firme e tomadas de ar no capô, que fez muitos apaixonados por esportivos caírem nas graças do Marea.

Melhores sedãs anos 90: Volkswagen Santana

volkswagen santana melhores sedas anos 90

Esse modelo foi um veículo importante para a Volkswagen no Brasil, já que foi por meio dele que a marca estreou no segmento brasileiro de carros de luxo.

Seu auge por aqui foi entre os anos 80 e 90, sendo que chegou no mercado nacional em 1984 e tendo sua fabricação interrompida definitivamente em 2006.

Aqui no Brasil, inicialmente o Santana tinha a versão de duas portas, inédita no mundo inteiro, e carregava o motor AP-800 de 1.8 litros com transmissão manual de quatro marchas. O veículo entregava 92 cv de potência e 14,9 kgfm de torque, abastecido com etanol.

Uma das principais atualizações do modelo foi em 1998, quando passou a ter injeção mutiponto e motores 1.8 e 2.0 que geravam 99 e 114 cavalos de potência, respectivamente.

Melhores sedãs anos 90: Volkswagen Passat

volkswagen passat melhores sedas anos 90

O modelo foi apresentado ao setor europeu em 1973 e chegou ao Brasil um ano depois, em 1974. Nas ruas brasileiras era possível encontrar a versão fastback de duas portas, e em 1977 a com quatro portas.

Inicialmente, o veículo possuía o motor 1.5 com 78 cv de potência e 11,5 kgfm de torque. Em 1984 a marca alemã apresentou uma versão que ficou bem popular por ser mais “esticada”, chamada de Syncro, que vinha com tração integral, suspensão traseira independente e motor de cinco cilindros.

Até pouco tempo, o Passat ainda podia ser comprado no Brasil, apesar de ser importado da Alemanha, se tornando assim o veículo dessa lista com mais vida útil no mercado local.

Em sua oitava geração, o VW Passat era o sedã mais caro da fabricante, carregando um motor 2.0 TSI com 220 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. Há planos da Volkswagen de voltar com o veículo em uma versão elétrica ao mercado brasileiro.

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *