Como está o mercado de usados durante a pandemia?
diversos carros estacionados

Como está o mercado de usados durante a pandemia?

Um dos segmentos da economia mais impactados pela pandemia de coronavírus e pelo isolamento social foi o mercado de usados e seminovos. Segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), as vendas de automóveis e comerciais leves usados caíram 77,89% em abril de 2020 em comparação com março do mesmo ano. Se confrontado com abril de 2019, o tombo é ainda maior: 83,45%.

Fique em casa e negocie pelo telefone

As razões para tamanha retração do mercado de usados são mais do que conhecidas. Além da recomendação para as pessoas ficarem em casa, as lojas de veículos ficaram proibidas de abrir as portas por quase 60 dias praticamente em todo o país. A única maneira de vender era fazer toda a negociação por mensagens ou por telefone.

cta blog venda seu carro

Desinteresse na troca de carro

Esta facilidade, entretanto, não foi suficiente para atrair um consumidor assustado com o avanço da doença e preocupado com a situação econômica do país após a pandemia. É até compreensível que o carro tenha se tornado um dos últimos colocados na lista de prioridades dos brasileiros neste momento.

Troco agora ou espero?

Entretanto, há quem precise trocar de carro urgentemente, seja por questões financeiras (livrar-se de um financiamento ou trocar o carro por um modelo mais barato para se capitalizar) ou questões pessoais. Diante deste panorama fica a dúvida: troco agora ou espero a tempestade acabar?

Preços estão caindo no mercado de usados

Com a queda gigantesca nas vendas, os preços no mercado de usados já começaram a cair. E, com o provável aprofundamento da crise econômica e o consequente desemprego, devem cair ainda mais. Isso porque muitas pessoas vão precisar se desfazer de seus carros. Somado a isso temos os estoques já cheios em razão do adiamento ou desistência de trocar o carro por boa parte dos consumidores.

E ainda tem mais: as locadoras estão sofrendo muito com a queda na locação de veículos, a ponto de não terem onde armazenar os carros parados. Caso o segmento de locação demore a reagir, estes milhares de carros vão inundar o mercado de usados para gerar receita para as empresas, jogando o preço ainda mais para baixo.

Venda agora…

Ou seja, se você pretende vender o carro o melhor momento é agora. Os carros usados estão apenas no início da desvalorização e a oferta não é tão gigantesca. No entanto, muitas revendas estão descapitalizadas e pode ser difícil concretizar o negócio. De acordo com estudo feito pela InstaCarro, apenas 11% dos revendedores estão dispostos a investir neste momento. A imensa maioria está com operações paralisadas e aguardando o fim da quarentena para as tomadas de decisão.

Por isso, conte com a InstaCarro. Nossas lojas físicas seguem fechadas, mas é possível avaliar e vender seu veículo.

Nesta modalidade de venda, chamada InstaCarro até você (IAV), um colaborador da InstaCarro vai até seu endereço e realiza uma avaliação rápida do veículo, que dura aproximadamente 30 minutos. Dada a importância de conservação da saúde de colaboradores e clientes, os profissionais utilizam máscaras e álcool em gel durante a visita. As demais etapas da venda do carro são realizadas remotamente.

…e compre depois

Se é um bom momento para vender do ponto de vista financeiro, ainda não é a melhor hora para comprar o carro novo. Os preços devem cair ainda mais nos próximos meses. O melhor cenário é vender o carro agora, aplicar o dinheiro e comprar somente no segundo semestre. 

Como fica o mercado de usados após a pandemia de coronavírus?

No entanto, o futuro é promissor para o mercado de usados. Acredita-se que as pessoas vão mudar de hábitos após a pandemia. Uma das mudanças será evitar o transporte coletivo e compartilhado pelo risco de contágio e transmissão de doenças. Como forma de se proteger, as pessoas devem procurar meios de transporte individuais, no caso os carros. 

“O mundo não será o mesmo após a crise do coronavírus. Novas tendências devem surgir, com restrições de viagens e aumento na precaução em relação à higiene e aglomeração de pessoas. Dessa forma, ainda que o atual momento não seja vantajoso, no futuro o mercado de seminovos e usados pode crescer de forma considerável”, explica Luca Cafici, CEO da InstaCarro.

Transporte individual x transporte coletivo

Pesquisa feita pelo Instituto Ipsos na China no fim de fevereiro, no auge da epidemia de coronavírus por lá, revelou que 66% dos entrevistados tinham a intenção de utilizar um carro particular ao invés do transporte coletivo. 72% pretendem comprar um carro em breve e, destes, 77% farão a aquisição por medo de se contaminar novamente ao dividirem espaços com outras pessoas.

Distância entre novos e usados está aumentando

Outro fator importantíssimo para o mercado de usados e que contribuirá para o aumento da procura são os reajustes que carros novos vêm sofrendo em razão da desvalorização do real frente ao dólar. Em meio à queda de vendas histórica e aumento considerável do dólar, diversas montadoras se viram obrigadas a elevar o preço de seus carros. Ou seja, a distância de preços entre o carro novo e o usado vai aumentar consideravelmente, tornando a segunda opção muito mais interessante.

Aplicativos e plataformas digitais em alta

Um dado interessante revelado pela pesquisa da Ipsos na China é que os compradores de lá, novamente por receio de contaminação, vão preferir aplicativos e plataformas digitais quando chegar o momento de adquirir um novo carro. Aqui no Brasil, a troca de informações e fotos nas negociações de compra e venda de usados se tornou obrigatória durante a pandemia. E deve continuar assim quando acabar.

A pandemia está promovendo profundas mudanças em vários aspectos da sociedade. O mundo não será o mesmo depois que tudo “voltar ao normal”. Mesmo porque o “normal” de amanhã será muito diferente do “normal” de ontem. Novos hábitos, novos valores, novos interesses. Com o mercado de usados não será diferente. Se o carro estava se tornando um vilão nos últimos anos, no futuro (quem diria?!) ele pode se transformar em um importante aliado. 

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

2 Comments

  1. Janaína de jesus Mathias da rosa

    Presiso se um carro pois tenho meu pé amputado não consigo caminhar eu preciso muito de um carro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *