Carro popular: programa chega ao fim com 150 mil vendidos
RENAULT KWID MAIS BARATO

Carro popular: programa chega ao fim com 150 mil vendidos

O programa com desconto para carro popular chega ao fim com R$ 800 milhões em créditos para o projeto e mais de 150 mil carros vendidos

Chegou ao fim o programa de incentivo à venda de carros populares novos, lançado pelo governo federal há exatamente um mês. Durante esse período, mais de 150.000 carros e comerciais leves de até R$ 120.000 foram vendidos em todo o Brasil, impulsionados por descontos de até R$ 8.000. Essa medida teve como objetivo diminuir os estoques das fábricas e movimentar o mercado automotivo nacional.

cta blog venda seu carro

O programa de incentivo contou com um investimento total de R$ 800 milhões, sendo R$ 500 milhões de recursos iniciais e uma prorrogação de R$ 300 milhões. Os descontos foram aplicados em carros novos com valores de até R$ 120.000, e a iniciativa teve um impacto significativo nas vendas do setor automobilístico.

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o mês de junho registrou um aumento de 11,4% nas vendas de automóveis e comerciais leves em relação a maio. Estima-se que cerca de 54.000 carros tenham sido emplacados com desconto nesse período. No entanto, considerando o tempo necessário para o emplacamento, ainda restam aproximadamente 73.000 unidades vendidas nos últimos dias de junho que serão contabilizadas nos números de emplacamento de julho.

Durante o programa, o Brasil alcançou um número recorde de emplacamentos diários, com um pico de 27.000 novos carros registrados em um único dia, o terceiro maior número da história e um recorde dos últimos 10 anos. Além disso, as vendas de carros novos de até R$ 120.000 para pessoas físicas apresentaram um crescimento expressivo de 51%, passando de 31,6% para 55% do total de vendas de carros novos.

Um impacto notável do programa foi a redução dos preços dos carros que estavam na faixa de preço contemplada pelos descontos. Algumas fabricantes chegaram a dobrar o desconto oferecido pelo governo para manter a competitividade de seus carros, enquanto outras procuraram adequar seus veículos mais caros à nova faixa de preço dos concorrentes diretos.

Durante o programa de descontos para carro popular, os carros mais baratos do Brasil, o Renault Kwid e o Fiat Mobi, tiveram seus preços de tabela reduzidos de R$ 68.990 para R$ 58.990, refletindo a influência dos descontos oferecidos pelo governo.

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *