Produção de veículos no Brasil cai 25% por enchentes e greves
Investimentos Volkswagen fábrica Polo

Produção de veículos no Brasil cai 25% por enchentes e greves

Indústria automotiva enfrenta queda na produção de veículos, cerca de 43 mil veículos a menos, por causa das enchentes e greves trabalhistas, de acordo com a Anfavea

A Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou dados nesta segunda (10) sobre a produção de veículos no Brasil no mês de maio. Um total de 43 mil unidades deixaram de ser produzidas, representando uma queda de quase 25% em relação a abril. Os principais motivos para essa redução foram as enchentes no Rio Grande do Sul e as greves em fábricas importantes.

cta blog venda seu carro

Impacto das enchentes no Rio Grande do Sul na produção de veículos

As fortes chuvas e enchentes no estado do Rio Grande do Sul afetaram diversos setores da indústria automotiva. Cerca de 12 mil veículos não saíram das linhas de produção devido às condições climáticas adversas. A fábrica da Chevrolet em Gravataí, localizada a 23 km de Porto Alegre, ficou fechada por quase duas semanas, prejudicando a produção dos modelos Onix e Onix Plus, que estão entre os mais vendidos do Brasil.

Greves também afetam produção

produção veículos enchentes

Além das enchentes, as greves também tiveram um impacto significativo na produção de veículos. Os funcionários da fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR) paralisaram a linha de produção por 29 dias. A greve foi motivada pela questão do pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Somente após a promessa da Renault de apresentar uma nova proposta, as operações voltaram a acontecer.

Outra greve sem previsão de término envolve funcionários do Ibama e do Ministério de Agricultura e Pecuária (MAPA), responsáveis pelas liberações ambientais de veículos e contêineres de componentes. Até a segunda semana de maio, quase 50 mil carros estavam parados nos portos devido a essa paralisação.

Em termos nacionais, a produção de veículos caiu 12% de abril para maio, totalizando 194,3 mil unidades. O Rio Grande do Sul, que representa 5% das vendas de veículos novos no país, teve uma queda ainda mais expressiva, de 64%. No entanto, a Anfavea não revela a quantidade exata de unidades afetadas.

De acordo com a Anfavea, as greves e as enchentes resultaram na não produção de 28 mil veículos. Somando-se aos 12 mil já mencionados por causa do Rio Grande do Sul, o prejuízo total chega a 40 mil unidades. Os outros três mil veículos não produzidos são atribuídos a motivos não especificados.

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *