V8 Hellcat: a história de um dos mais poderosos motores para carros de série
dodge v8 hellcat

V8 Hellcat: a história de um dos mais poderosos motores para carros de série

Desenvolvido pela Chrysler, o V8 Hellcat é um dos motores mais poderosos já feitos para carros de série. Conheça suas especificações aqui.

Lançado em 2015, o motor V8 Hellcat fez história no mundo automotivo, se tornando um dos motores para carros de produção mais poderosos já criados por uma marca de fora do segmento de supercarros.

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Com 6.166 cm³ e sobrealimentado por um compressor mecânico, o motor de oito cilindros e iniciais 717 cv, com bloco de ferro e cabeçote de alumínio, foi desenvolvido em 2014 para equipar a nova versão esportiva SRT Hellcat dos modelos Dodge Charger e Challenger.

Na época, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles, hoje parte da Stellantis), ainda dava os seus primeiros passos. Além dos Dodge esportivos, o propulsor V8 Hellcat foi parar também em modelos da Jeep (Grand Cherokee Trackhawk), Ram (1500 TRX) e também no SUV Dodge Durango SRT Hellcat.

2015 Dodge Challenger SRT Hellcat

O seu nome fazia referência ao avião de caça Grumman F6F Hellcat, usado pela Marinha nos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Mas a origem desse V8 Hellcat era bem mais recente, tendo sido criado a partir da 3ª geração dos motores Hemi, lançada no início dos anos 2003.

Embora fosse um herdeiro dos V8 com câmaras de combustão hemisféricas, desenvolvidos pela Chrysler a partir dos anos 1950, esse novo Hemi já não traz mais essa característica de projeto. Apesar de permitir uma queima melhor da mistura ar-combustível, o problema principal desses motores Hemi era o alto nível de emissões.

Características técnicas

dodge-v8-hellcat-chaves-2

Além do compressor mecânico, o V8 Hellcat aposta em tecnologias como as duas velas por cilindro e o sistema de ignição sem distribuidor para desenvolver um bom nível de potência e ao mesmo tempo se manter dentro das normas mais atuais de emissões de poluentes.

Para desenvolver mais de 700 cv, o V8 Hellcat traz uma construção sofisticada, trazendo diversos componentes forjados, como o virabrequim. Já os pistões de alumínio – também forjados – contam com pinos de pistão revestidos com diamante industrial.

Todo esse conjunto é alimentado por um sistema de combustível capaz de fornecer 600 ml de combustível por minuto, fazendo o tanque de combustível secar em até 13 minutos de direção em demanda máxima.

Para a refrigeração, o modelo conta com um sistema de refrigeração dos pistões por jatos de óleo 0W40, alimentado por um bomba de alto fluxo, ligado a um trocador de calor do tipo ar/óleo. Já o compressor conta com dois intercoolers do tipo ar/água.

Chave vermelha

dodge-v8-hellcat

Além do motor “dos deuses”, o Challenger Hellcat tem um detalhe interessante: ele possui duas chaves.

A preta libera “só” 507 cv de potência, enquanto a vermelha é a única a permitir aproveitar a capacidade máxima do V8 Hellcat. O ronco do motor realmente é um prato cheio para os entusiastas. 

Aposentadoria do V8 Hellcat

O V8 seguiu no topo da linha Dodge até o lançamento do Demon, derivado do Hellcat que apostava em uma nova calibração e novos componentes (como um compressor maior) para despejar 852 cv.

Para a tristeza de muitos fãs, o modelos da Dodge com os motores V8 Hellcat estão com os dias contados. O CEO da empresa, Tim Kuniskis, revelou que possivelmente os veículos com o propulsor deixarão o mercado em 2023. 

Ao que parece, o V8 deixará espaço para a chegada de um novo muscle car da marca, que carregará um motor elétrico e será lançado em 2024. O fim da linha dos motores V8 parece ser o começo de uma nova era para a Dodge, no caso, a era elétrica.

Posts relacionados

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

Há mais de 10 anos a InstaCarro vem inovando no Brasil vendendo carros em ritmo acelerado, pelo aplicativo e sem…
Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Com a aprovação do Programa MOVER, ANFAVEA prevê um futuro promissor para o setor automotivo, com foco em sustentabilidade e…
Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024 é uma surpresa agradável para quem busca um SUV espaçoso, tecnológico e com bom custo-benefício, mas raiz…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *