Teste: Corolla Cross XRX híbrido é uma escolha racional e boa para o bolso
Toyota Corolla Cross XRX híbrido branco

Teste: Corolla Cross XRX híbrido é uma escolha racional e boa para o bolso

Toyota Corolla Cross XRX é confortável, não bebe quase nada e ainda vende muito bem no mercado. Mas é um carro puramente racional

Comprar um carro vai muito além de que escolher o mais bonito ou o que você mais gosta, como já foi no passado.

cta blog venda seu carro

Hoje, comprar um carro envolve pensar em pós-venda, custo de manutenção, consumo de combustível, valor do seguro e, principalmente, se este carro desvalorizará muito na hora da revenda.

E é com estes atributos que o Toyota Corolla Cross se tornou o segundo SUV médio mais vendido no acumulado do primeiro semestre de 2023, com 3.731 unidades emplacadas, logo atrás do líder Jeep Compass, que emplacou 5.560 unidades emplacadas.

Toyota Corolla Cross XRX híbrido branco

No entanto, o Corolla Cross tinha uma vantagem em relação ao SUV da Jeep: sua versão híbrida era mais barata. Na que avaliamos, a de topo XRX, o Corolla Cross custa R$ 210 mil, contra incríveis R$ 340 mil do também híbrido Jeep Compass 4xe.

E com essa vantagem mercadológica, o Toyota Corolla Cross híbrido foi o SUV híbrido mais vendido do mercado automotivo brasileiro, por muito tempo.

Mas com a chegada do recém-lançado Haval H6, a disputa mudou de figura. Aliás, mudou bastante com o H6 sendo o carro híbrido mais vendido do país no mês de maio, por exemplo.

Aí fica a dúvida na cabeça de muitos: vale a pena pagar R$ 210 mil no Corolla Cross XRX Hybrid 1.8 ou R$ 214 mil no Haval H6 Premium 1.5 HEV?

Enquanto a gente não avalia o SUV híbrido da GWM, te conto em detalhes a experiência de guiar o SUV híbrido da Toyota que, de antemão, já dá para adiantar que é um carro confortável e econômico, mas só isso basta?

cta venda seu carro

Design do Corolla Cross XRX

Lançado no Brasil em 2021, o Corolla Cross ainda não passou por mudanças no visual. Nem mesmo a versão de topo XRX sofreu alterações. Por isso você consegue conferir a nossa avaliação do Corolla Cross XRX 2022 e entender que as percepções que tivemos lá permanecem.

Assim, visualmente falando, o carro continua igual. Frente alta, grade tipo colmeia pintada em preto brilhante e moldura cinza. Faróis em LED afilados com detalhe em azul no interior e faróis de neblina também em LED.

Toyota Corolla Cross XRX híbrido

De lado, os arcos nos para-lamas dianteiro e traseiro, mais o para-brisa inclinado compõem a identidade visual do Corolla Cross.

Destaque também para as rodas de 18 polegadas com pneus 225/50 e moldura plástica que acompanha toda a lateral do veículo, de para-choque a para-choque.

Atrás, as lanternas compridas e afiladas, associadas ao grande para-choque, elevam a altura da traseira e deixam o SUV com aparência de que é maior do que realmente o é. Ah, o silencioso continua lá, todo amostra, mas agora pintado em preto fosco.

Traseira do Toyota Corolla Cross XRX híbrido branco

Acabamento interno do Corolla Cross XRX

Por fora o Corolla Cross reforça linhas que o distanciam do irmão sedã, na verdade, é um carro completamente diferente neste quesito, mas por dentro, a coisa muda de figura.

Interior do Toyota Corolla Cross XRX híbrido

O interior é idêntico ao do Corolla sedã, com exceção do painel de porta que, obviamente muda, devido as portas do modelo SUV serem maiores.

No mais, tudo igual: mesmo painel, volante, bancos, acabamento, botões, comandos. Tudo!

Por outro lado, a falta de criatividade no interior é compensada pela boa qualidade dos materiais empregados e, nesta versão de topo XRX, é ressaltada pelos dois tons: preto na parte superior do painel e bege claro na inferior e nos bancos.

O teto também é revestido em tecido preto, ressaltando a ideia dos dois tons, e traz teto solar com abertura elétrica, mas com cortina de abertura manual.

De evolução em relação ao modelo que avaliamos em 2022, somente a central multimídia. No modelo que avaliamos agora, a central utilizada era de 10 polegadas e tinha melhor interface e tempo de resposta em relação à antiga.

Central multimídia de 10 polegadas do Toyota Corolla Cross XRX híbrido

Além disso, já traz a conectividade com Android Auto e Apple CarPlay com ou sem fio.

O painel de instrumentos é completo, mas tem aparência simples e que muda de cor de acordo com o modo de condução escolhido: Power (potência máxima), Eco (prioriza economia de combustível) e Charger (quando regenera a carga das baterias).

Painel de instrumentos do Volante multifuncional do Toyota Corolla Cross XRX híbrido

No painel também é possível visualizar informações de consumos médio e instantâneo, alertas de colisão frontal, de ponto cedo e de manutenção de faixa, bem como controlador de cruzeiro (ACC) e um gráfico que mostra o comportamento do conjunto híbrido durante a condução.

De melhoria, talvez o freio de estacionamento com acionamento em pedal. É arcaico, não é prático e quase todo carro da sua categoria já tem acionamento eletrônico através de botão.

Dirigindo o Toyota Corolla Cross XRX Hybrid

Dirigir o Corolla Cross XRX é uma experiência diferente em relação aos demais concorrentes. Primeiro, porque seu desempenho é somente bom. O motor a combustão gera 101 cv e 14,5 kgfm e o elétrico 72 cv e 16,6 kgfm.

Motor do Toyota Corolla Cross XRX híbrido branco

Combinados, são 122 cv e 24,1 kgfm comandados por uma transmissão do tipo CVT que não permite simulação de marchas por trocas manuais.

Isso deixa o Corolla Cross bem morno nas acelerações, com demora na resposta mesmo no modo Power e fazer ultrapassagem em rodovias é uma tarefa de coragem.

No entanto, poucos carros são mais confortáveis do que ele. O equilíbrio da maciez da suspensão, um volante leve e bancos ergonômicos deixam ele um sofazão sobre rodas. Quem curte conforto vai amar. Quem gosta de acelerar, não.

Bancos dianteiros do Toyota Corolla Cross XRX híbrido

Outro ponto positivo está no consumo de combustível, que é elogiável. Com tanque de apenas 36 litros, chegou a marcar 17,6 km/l com gasolina na cidade e com a bateria do motor elétrico carregada.

Quando ela descarregou e o motor a combustão precisou trabalhar como gerador, o consumo caiu para 13 km/l.

Com bateria também em 100% na estrada, marcou 19 km/l. Com ela descarregada, marcou 15 km/l. Melhor somente se o Corolla Cross XRX fosse um híbrido plugin.

quanto vale o seu carro na instacarro

Itens de série do Corolla Cross híbrido na versão XRX

Como um SUV médio, o Corolla Cross híbrido é bem equipado. Na versão de topo XRX, a que avaliamos, o modelo traz itens de série como:

Interior do Toyota Corolla Cross XRX híbrido
  • ar-condicionado digital de duas zonas;
  • saída de ar-condicionado para os bancos traseiros;
  • bancos em couro na cor bege;
  • teto solar elétrico;
  • iluminação ambiente;
  • rodas de 18 polegadas;
  • sensor de estacionamento;
  • câmera de ré;
  • central multimídia de 8, 9 ou 10 polegadas;
  • volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade;
  • faróis e lanternas em LED;
  • airbags frontais, laterais e de cortina;
  • sensor de chuva;
  • controle de cruzeiro adaptativo;
  • controle de tração e estabilidade;
  • alerta de ponto cego;
  • frenagem automática;
  • assistente de permanência em faixa.

Conclusão

Enquanto não tinha um concorrente forte, o Toyota Corolla Cross XRX era uma opção interessante em relação ao Jeep Compass Flex, por custar quase o mesmo preço, mas proporcionar economia de combustível inigualável.

Toyota Corolla Cross XRX híbrido branco e Fernando Naccari

Por isso vendeu e vende muito até hoje. Mas com a chegada de um forte concorrente, como Haval H6 Premium HEV, a coisa muda de figura.

O rival chinês é mais potente (com 171 cv), é maior e tem melhor acabamento, mas mercadologicamente falando, é ainda um negócio pior que o SUV da Toyota.

Como opção de mesmo nível de mercado, temos o Honda HR-V Touring, que custa menos (R$ 195 mil), anda mais e tem melhor acabamento, mas perde por ainda não ser híbrido.

Por isso, dá para afirmar que o Corolla Cross XRX ainda é um bom negócio: bem equipado, bonito, confortável, muito econômico e excelente na hora de revender. É o negócio quase perfeito.

Ficha Técnica Toyota Corolla Cross XRX Hybrid

Motordianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, duplo comando com variador na admissão, flex + 2 motores elétricos
Cilindrada1.798 cm3
CombustívelFlex + elétrico
PotênciaMotor a combustão: 98/101 cv a 5.200 rpm;
Motores elétricos: 72 cv
Motores combinados: 122 cv
TorqueMotor a combustão: 14,5 kgfm a 3.600 rpm;
Motores elétricos: 16,6 kgfm
Motores combinados: 122 cv e 24,1 kgfm
Câmbiotranseixo com CVT
DireçãoEletroassistida
SuspensõesIndependente McPherson dianteira e eixo de torção na traseira
FreiosDiscos sólidos na dianteira e sólidos na traseira com ABS e EBD
Traçãotração dianteira
Dimensões4.460 mm (comprimento), 1.825 mm (largura), 1.620 mm (altura)
Entre-eixos2.640 mm
Pneus225/50 R18
Porta-malas440 litros
Tanque36 litros
0-100 km/h13s
Vel. máxima170 km/h
Consumo cidade (Inmetro)17 km/l (gasolina) / 11,8 km/l (etanol)
Consumo estrada (Inmetro)13,9 km/l (gasolina) / 9,6 km/l (etanol)

Galeria de Fotos do Toyota Corolla Cross XRX Hybrid

Posts relacionados

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Em comemoração aos 40 anos do festival Rock in Rio, a Volkswagen lança uma edição especial do Polo Track A…
Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Modelos híbridos da Lexus ES 300h e NX 350h recebem novos equipamentos como sistema de som Mark Levinson e carregador…
Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Investimento da Stellantis em Porto Real terá foco na plataforma CMP do C3 e C3 AirCross, mas Jeep Avenger pode…

One Comment

  1. Gilmar Nunes

    Eu tenho um Corolla Cross, e estou muito satisfeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *