Teste: Ford Maverick Lariat FX4 – uma picape para quem gosta de dirigir
Ford Maverick Lariat FX4 - frente

Teste: Ford Maverick Lariat FX4 – uma picape para quem gosta de dirigir

A picape Ford Maverick Lariat é o maior exemplo de carro diferentão e que serve para quase tudo. Com bom desempenho e visual chamativo, peca no preço e na falta de assistências autônomas

Se você pensa que a Fiat Toro é a única picape de porte “quase médio” do mercado automotivo brasileiro construída em monobloco, saiba que há uma ainda mais caprichada no visual e no desempenho: Ford Maverick Lariat FX4, que custa a partir de R$ 237 mil.

cta blog venda seu carro

A picape da Ford consegue oferecer um visual chamativo, boa dirigibilidade e desempenho acima da média, mas peca em outros pontos que deixam seu preço em cheque. Vale a pena levar uma dessa para casa ou outros modelos dessa mesma faixa de preço? Te conto esses detalhes nas próximas linhas.

Design da picape Ford Maverick Lariat FX4

A Ford Maverick foi lançada no mercado mundial em 2021, quando também chegou aqui no Brasil e é atualmente a menor picape da Ford, ficando abaixo da tradicional Ranger.

Mas apesar dela ser menor, não é nem de longe uma picape pequena: são pouco mais de 5 metros de comprimento, 3,70 metros de entre-eixos e 1,84 metros de largura.

Ford Maverick Lariat FX4 - lateral

Mas é na altura que ela se destaca nas medidas. São apenas 1,74 metro, o que dá a ela um jeitão de picape rebaixada.

O design da parte frontal lembra a linha F da marca, com destaque para os grandes faróis full LED e para grade dinâmica que possui abertura inteligente. Quando o motor ainda está esquentando, fica com suas aletas fechadas para fazer com que ele chegue a temperatura de trabalho mais rápido. 

Ford Maverick Lariat FX4 - frente

De lado, as rodas são pintadas em preto e tem 17 polegadas. O pneu não é fino não, é um 225 mm de largura com perfil 65, mais alto e borrachudo do que o da Toro Ultra, por exemplo, que usa pneus também de 17 polegadas, mas com perfil 225/60.

Ford Maverick Lariat FX4 - farol e roda

A caçamba tem capacidade de 617 kg e volume de 943 litros. É uma capacidade pequena, se for comparar com outras picapes. A Toro, por exemplo, consegue levar cerca de 1 tonelada, mas vale ressaltar que a Maverick Lariat não é uma picape projetada para o trabalho, mas sim para as aventuras do dia a dia e para o fora de estrada. 

Ford Maverick Lariat FX4 - caçamba

Dentro do carro, o acabamento é todo em plástico e o espaço é bem aproveitado e prático. O que fica claro é que luxo não foi a proposta da Ford, mas sim um visual que remetesse à modernidade. 

Ford Maverick Lariat FX4 - posição do motorista

Os bancos possuem acabamento em couro de dois tons e regulagem elétrica, com bom apoio para a região lombar e para as pernas.

Ford Maverick Lariat FX4 - bancps dianteiros

Na conectividade, a Ford caprichou. A picape pode ser comandada pelo celular, com partida remota agendada, acionamento de ar condicionado remoto e sistema de localização do veículo. Alertas de funcionamento do veículo ou disparo do alarme também podem ser controlados pelo smartphone. 

A tela central de multimídia é touchscreen de 8 polegadas e é compatível com Android Auto e Apple CarPlay. O som tem 8 alto-falantes e tem ótima qualidade.

Ford Maverick Lariat FX4 - central multimídia de 8 polegadas

O espaço nos bancos de trás são ok para uma picape. O destaque fica para o banco que pode subir trazendo uma abertura vertical e nichos para guardar objetos. 

Ford Maverick Lariat FX4 - espaço traseiro

Destaque também para o painel de porta com apoio de braço dividido para dar espaço para garrafas.

Ford Maverick Lariat FX4 - painel de porta

Desempenho da Ford Maverick Lariat

É aqui, junto ao belo design, que a picape Maverick se destaca mais. O ótimo motor 2.0 turbo EcoBoost a gasolina rende 253 cv e 38,7 kgfm de torque. O conjunto é comandado por uma transmissão automática de 8 velocidades que faz trocas precisas e suaves e usa seletor giratório ao invés de alavanca.

Ford Maverick Lariat FX4 - motor 2.0 EcoBoost

Como uma picape pensada também para aventuras, ela possui tração AWD inteligente, que consegue determinar o nível de aderência e selecionar onde a tração é mais importante, oscilando entre 100% dianteira ou divida com a traseira.

Ford Maverick Lariat FX4 - logo AWD

Há ainda 5 modos de condução selecionáveis: Normal, Escorregadio, Lama/Terra, Areia e Rebocar/Transportar, tudo para que a picape entregue o melhor possível dentro do que se espera dela.

Ford Maverick Lariat FX4 - seletor de tipo de terrenos

Na prática, ela anda tão bem quanto um sedã na cidade, acelera com vigor e passa segurança com a firmeza do conjunto de suspensão e direção.

O centro de gravidade baixo faz dela também um ótimo carro para pegar estrada e mesmo com a caçamba vazia. Faz curva em altas velocidades com disposição como pouco visto em picapes.

Ford Maverick Lariat FX4 - traseira

Pra você ter ideia de como ela é boa, ela acelera de 0 a 100 km/h em apenas 7,2 segundos e tem consumo de 8,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.

Ford Maverick Lariat FX4 - traseira

Itens de série e segurança da picape Maverick

É aqui, com certeza, um de seus maiores problemas. Apesar de possuir ar-condicionado de duas zonas, 7 airbags (dianteiros, laterais, cortinas e joelho motorista), central multimídia com conectividade Android Auto e Apple CarPlay e até modos de condução, ela deixa a desejar em assistências autônomas ao motorista.

Ford Maverick Lariat FX4 - interior

Em sua lista, apenas alerta de colisão frontal, assistente de frenagem autônoma (AEB) com detecção de pedestre / ciclista e freio automático após impacto. Nada de piloto automático adaptativo, assistente de permanência em faixa e nem mesmo alerta de ponto cego.

Concorrentes da Ford Maverick Lariat

A Maverick não tem um concorrente direto no mercado brasileiro. A Toro, por exemplo, na versão topo de linha Ultra, é em torno de 20 a 30 mil reais mais barata que a picape da Ford, mas oferece menos potência e refino no acabamento. 

Se pensarmos quais carros você poderia comprar na mesma faixa de preço, dois modelos se destacam: o Peugeot 3008 Griffe e o Jeep Commander Limited T270.

Falando do SUV francês, o Peugeot 3008 Griffe custa a partir de R$ 237.900 e, na versão de topo GT, custa 257 mil reais. Ambos vem de fábrica com motor 1.6 Turbo THP com potência de 165 cv e 24,5 kgfm de torque.

O SUV médio é extremamente bem equipado e um dos veículos mais tecnológicos disponíveis no mercado. Entre os itens de série, dá pra destacar o piloto automático adaptativo, sensor de ponto cego com alerta de tráfego cruzado traseiro, leitor de placas de trânsito, câmera 360° para manobras e até massageador nos bancos.

Já o Jeep Commander Limited é um SUV que parte de 244 mil reais e oferece, entre outras coisas, acabamento premium, sete lugares, sistemas semiautônomos de apoio à condução e motorização 1.3 de até 185 cv e 27,5 kgfm com câmbio automático de 6 marchas.

Agora, se você não abre mão de uma picape, pelo mesmo preço do Commander Limited você pode comprar a Nissan Frontier S, versão de entrada voltada mais ao trabalho do que ao refino no acabamento.

Nova Nissan Frontier S

Nela o motor é biturbo 2.3 a diesel, com a potência de 163 cv e torque de 43,3 kgfm. A transmissão automática de 6 marchas está disponível e a tração 4×4 está inclusa.

Se comparada à Ford Maverick Lariat, vem com caçamba para 1.054 litros de volume, além da capacidade para carregar até 1.043 kg, ou seja, pouco mais de uma tonelada.

O lado negativo é que essa versão de entrada não vem nem com a central multimídia, mas conta com itens como 6 airbags, ar-condicionado, controle automático de descida (HDC) e controles de tração e estabilidade, sistema de auxílio de partida em rampa, entre outros. 

Conclusão

A Maverick é uma ótima opção se você está querendo se aventurar no mundo das picapes, mas quer começar com uma picape menor e monobloco. Ela traz mais potência, conforto e tecnologia que a Fiat Toro, por exemplo, além de andar mais e ter visual mais esportivo.

Agora, se você não abre mão de um bom acabamento e mais itens de apoio ao motorista, vale a pena pensar em outras opções de veículos na mesma faixa de preço no mercado. 

Ficha técnica do Ford Maverick Lariat FX4

Motorquatro cilindros em linha 2.0, 16V, turbo e injeção direta
Cilindrada1.999 cm³
Combustívelgasolina
Potência253 cv a 5.500 rpm
Torque38,7 kgfm a 3.000 rpm
CâmbioAutomático convencional de 8 marchas
Direçãoeletroassistida
SuspensõesMcPherson (dianteira) e multibraço (traseira)
Freiosdiscos ventilados (dianteira) e discos sólidos (traseira)
TraçãoIntegral sob demanda
Dimensões5.073 mm (comprimento), 1.844 mm (largura), 1.733 mm (altura)
Entre-eixos3.076 mm
Pneus225/65 R17
Caçamba943 litros / 617 kg de carga útil
Tanque67 litros
0-100 km/h7s2
Vel. máxima175 km/h
Consumo cidade (Inmetro)8,8 km/l
Consumo estrada (Inmetro)11,1 km/l

Galeria de Fotos do Ford Maverick Lariat Amarelo Delhi

Posts relacionados

Investimento da GM em Gravataí de R$ 1,2 Bilhão é para a produção de novo modelo

Investimento da GM em Gravataí de R$ 1,2 Bilhão é para a produção de novo modelo

Segundo divulgado pela marca, investimento da GM em Gravataí de R$ 1,2 bilhão é para preparar sua fábrica para lançamento…
Mercedes-Benz EQS 450+ é u SUV mais tecnológico da marca e beira o R$ 1 milhão

Mercedes-Benz EQS 450+ é u SUV mais tecnológico da marca e beira o R$ 1 milhão

Mercedes-Benz EQS 450+ oferece ótimo desempenho, autonomia, acabamento superior e luxo incomparável
Vender Carro em Duque de Caxias: tudo o que você precisa saber

Vender Carro em Duque de Caxias: tudo o que você precisa saber

Se você está pensando em vender carro em Duque de Caxias de maneira rápida e segura, a InstaCarro é a…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *