Teste: Ford Mustang Mach 1 é o melhor e mais divertido esportivo para se ter na garagem
Ford Mustang Mach 1 Verde Fuji

Teste: Ford Mustang Mach 1 é o melhor e mais divertido esportivo para se ter na garagem

Mustang Mach 1 combina o que há de melhor na história do modelo e se torna uma opção digna para quem quer um clássico dos tempos atuais na garagem.

Ele chegou ao mercado brasileiro com a missão de substituir o já tradicional Mustang GT. No mercado norte-americando, substituiu também outras duas lendas: o Mustang Bullit e o Shelby GT350.

cta blog venda seu carro
Frente do Ford Mustang Mach 1 Verde Fuji

Este é o Mustang Mach 1: um carro surreal! Entre as qualidades que já esperaríamos de um Mustang, o muscle car surpreende por ser dócil na medida certa na cidade e um animal devorador de asfalto, seja nas estradas, nos circuitos ou mesmo nas pistas de arrancada.

Custando cerca de R$ 566 mil, é uma opção interessantíssima que mescla a alta tecnologia automotiva com as raízes clássicas da versão nascida no final da década de 60. Te conto tudo sobre ele nas próximas linhas.

cta blog

Design do Mach 1 2022

Olhar para o Mustang Mach 1 é olhar para passado, com tudo o que há de bom lá somado ao que há melhor na atualidade.

Lançado pela primeira em vez em 1969 como uma opção intermediária entre o Mustang GT e o Shelby, trouxe como nome a velocidade do som (1.235 km/h), chamada também na aeronáutica como Mach 1 e, com isso, a responsabilidade de ser um carro rápido.

Logo Mach 1

E o atual Mach 1 honra a história do modelo originário. À começar pelo visual, traz adesivos e nova grade com emblema e grafismos redondos para relembrar os faróis auxiliares do modelo de 1969.

Ford Mustang Mach 1 Verde Fuji

O para-choque é exclusivo com difusor inferior e entradas de ar projetadas para refrigerar os novos radiadores e defletores que aumentam o downforce em até 12% em altas velocidades.

Rodas de 19 polegadas do Ford Mustang Mach 1

De lado, há faixas na mesma padronagem do capô e emblemas Mach 1 bastante evidentes. As belas rodas aro 19 deixam em destaque os freios Brembo, e calçam pneus de medidas diferentes na dianteira (255/40 R19) e na traseira (275/40 R19).

Lateral do Ford Mustang Mach 1

Por falar em traseira, o logo Mach 1 vem ao centro da faixa central que exibe as lanternas em LED, mais um pequeno aerofólio (talvez minha única crítica estética ao modelo: merecia um maior) e um para-choque traseiro com recortes triangulares e escape duplo com duplas ponteiras, conjunto herdado do Shelby GT500.

Traseira do Ford Mustang Mach 1

Por dentro, as mudanças em relação ao Mustang GT são mais discretas, com exceção dos bancos que seguem a mesma padronagem do modelo clássico e para a plaqueta no painel que numera o Mustang Mach 1. Apesar de não ser uma edição limitada, o Mach 1 é uma edição numerada.

interior do Ford Mustang Mach 1

Desempenho do Ford Mustang Mach 1

Embaixo do capô, está o famoso motor 5.0 V8 Coyote de 483 cv e 56,7 kgfm acoplado à poderosa transmissão automática de 10 marchas. Com este novo conjunto, 17 cv mais potente que o Mustang GT, o Mach 1 faz de 0 a 100 km/h em 4s3.

Motor V8 Coyote do Ford Mustang Mach 1

Para se tornar mais visceral que o GT, o V8 Coyote do Mach 1 têm melhorias interessantes, como coletor de admissão, o corpo de borboletas e os radiadores do GT350, por exemplo.

E as heranças não param por aí: a barra anti-torção vem do Mustang Bullitt. Do GT500, além do sistema de escapamento, o Mach 1 herda os braços e buchas da suspensão traseira, difusor traseiro e arrefecimento do diferencial traseiro.

barra de torção do Ford Mustang Mach 1

O Mach 1 traz também amortecedores magnéticos recalibrados, barras estabilizadoras de maior diâmetro (4% a mais na frente e 8% a mais na traseira) e discos de freios dianteiros de 381 mm com seis pistões cada.

Traseira do Ford Mustang Mach 1

Há ainda seis modos de condução possíveis: Normal, Esportivo, Esportivo+, Pista, Drag, e Neve/Molhado. Cada um deles pensado para otimizar a experiência de condução, deixando-o ele fácil de dirigir na cidade sob trânsito, sem muitos coices, e um devorador de asfalto nos modos focados em desempenho.

Console central do Ford Mustang Mach 1

Inclusive, o tradicional Line Lock está presente também no Mach 1, que é o modo destinado à fritar os pneus traseiros para torná-lo mais aderentes para uma arrancada, por exemplo.

Ah, tem ainda o “My Mode” que permite combinar um pouco de cada um dos outros modos e deixar o Mustang Mach 1 ao seu gosto. Além dele, é possível customizar o peso do volante e o ruído do escape, em qualquer um dos modos escolhidos.

Nos ótimos 10 dias que pude testar o esportivo, pude comprovar que o Mach 1 é um carro feito para apaixonados por carros, sem dúvidas. No modo Normal, comporta-se com um bom sedã de luxo e é confortável na medida certa para o uso diário.

Lateral do Ford Mustang Mach 1

No “Esportivo+”, as marchas antes trocadas de maneira suave ocorrem com mais vigor e o V8 ronca ainda mais alto, dando os tradicionais engasgos. É um modo delicioso para pegar uma estrada com bastante curvas, por exemplo.

Neste modo o volante ganha um peso considerável e você tem um feedback completo do carro. É como se você e cada parafuso da carroceria fizessem parte de um mesmo conjunto. É a sensação de dirigir um clássico envenenado das melhores tecnologias atuais.

Como não foi o carro pensando para ser econômico, o Ford Mustang Mach 1 surpreendeu nos testes: 5,2 km/l na cidade e 8,3 km/l na estrada, nada mal para um legítimo muscle car americano.

Itens de série

Como um carro de quase R$ 600 mil, o Ford Mustang Mach 1 é muito bem equipado, e traz de série itens como:

Interior do Ford Mustang Mach 1
  • Alerta de colisão (com detecção de pedestres e frenagem de emergência);
  • Assistente de permanência em faixa;
  • Detector de fadiga;
  • Central multimídia Sync 3 com Android Auto e Apple CarPlay;
  • Ford Pass;
  • Sistema de som Bang&Olufsen;
  • Câmera de ré;
  • Farol alto automático;
  • Assistente de partida em rampa;
  • Sensores de pressão dos pneus, de chuva e luminosidade;
  • Bancos com aquecimento e refrigeração, além de ajuste elétrico de profundidade, e manual do encosto;
  • Ar-condicionado de duas zonas;
  • Customização de luzes internas.

O modelo das fotos é pintado na cor Verde Fuji, mas pode ser adquirido também nas cores Laranja Delhi, Azul Estoril, Cinza Catalunha, Roxo Zolder, Cinza Dover, Vermelho Arizona, Preto Astúrias e Branco Ártico.

Vale a compra?

Sem sombra de dúvidas. A atual geração do Mustang deixará o mercado ainda este ano, dando lugar a um Mustang ainda mais potente, mas sem o tradicional visual clássico do modelo e não será tão raiz quanto este.

Ford Mustang Mach 1 e Fernando Naccari

Dificilmente você vai conseguir combinar ótimo desempenho, conforto acima da média da categoria, ótima lista de itens de série e uma sensação de fazer parte da história, de dirigir parte da história.

A não ser que você compre um Porsche 911, que custa praticamente o dobro disso, você não conseguirá se divertir tanto e sorrir tanto a bordo de um carro. É emocional, passional, é sinestésico. É mais um carro que sentirei saudades e dificilmente esquecerei da experiência de como foi passar 10 dias com ele.

Ficha técnica do Ford Mustang Mach 1

MotorDianteiro, Longitudinal, oito cilindros em V, injeção direta e indireta
Cilindrada5.037 cm3
Combustívelgasolina
Potência483 cv a 7.250 rpm (gasolina)
Torque56,7 kgfm (gasolina) a 4.900 rpm
Câmbioautomático de 10 marchas
Direçãoeletroassistida
SuspensõesIndependente McPherson (dianteira) e Multibraços (traseira), ambas com amortecedores inteligentes magnéticos
Freiosdiscos ventilados (dianteira/traseira)
TraçãoTraseira
Dimensões4.788 mm (comprimento),1.915 mm (largura), 1.379 mm (altura)
Entre-eixos2.720 mm
Pneus255/40 R19 (dianteira) / 275/40 R19 (traseira)
Porta-malas382 litros
Tanque60 litros
0-100 km/h4,3s
Vel. máxima250 km/h
Consumo cidade (Inmetro)6,1 km/l
Consumo estrada (Inmetro)8,8 km/l

Galeria de Fotos do Ford Mustang Mach 1

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *