Teste: Hyundai HB20 Platinum Plus 2023; vale a pena pagar R$ 119.590?
Hyundai HB20 Platinum Plus 2023

Teste: Hyundai HB20 Platinum Plus 2023; vale a pena pagar R$ 119.590?

HB20 Platinum Plus é um hatch bonito, muito bem equipado e com ótimo desempenho, mas vale a pena investir nele ao invés de seus concorrentes?

Ele causou polêmica pelo visual da carroceria quando foi lançado em setembro de 2019. A polêmica “cara de bagre”, aliás, foi um dos motivos para que o HB20 não tenha vendido tanto o quanto o seu potencial permitia.

cta blog venda seu carro

O HB20 à época tinha se tornado um carro melhor equipado e ótimo de andar, principalmente nas versões com mecânica 1.0 turbo, mas o polêmico visual realmente o deixava de escanteio.

E foi assim que a Hyundai antecipou o facelift do seu modelo mais vendido no País no segundo semestre de 2022. Agora com cara de hatch moderninho, a aposta é que o design reflita exatamente o que o modelo tem o potencial de ser.

cta blog

Design do Hyundai HB20 Platinum Plus 2023

É inegável o quanto o HB20 agora está bonito. Com novos faróis de máscara negra e enorme grade, ganhou cara de hatch esportivo.

De lado, o design das rodas chama atenção pelos elementos quadrados que se entrelaçam, dando aspecto moderno ao hatch. Também chama a atenção como o conjunto preenche perfeitamente a caixa de rodas.

Atrás, se você achava que não havia mais polêmica, aqui tem uma: apesar da enorme lanterna em LED interligada, somente as extremidades acendem e as luzes de seta e de ré ficam na parte inferior do para-choque. Não precisava.

Já no interior, nada de mudanças em relação ao HB20 anterior: permanece o quadro de instrumentos com tela digital monocromática, a central multimídia flutuante com conectividade Android Auto e Apple CarPlay sem fio, ar-condicionado automático com visor digital e acabamento do painel todo em plástico, variando em texturas, mas sem rebarbas.

Interior do Hyundai HB20 Platinum Plus 2023

Desempenho do Hyundai HB20 1.0 turbo Platinum Plus

O Hyundai HB20 Platinum Plus vem equipado com o motor 1.0 turbo de três cilindros, que gera 120 cv de potência e 17,5 kgfm, ambas as marcas tanto com gasolina, quanto com etanol. O câmbio é um automático de 6 marchas.

Motor do Hyundai HB20 Platinum Plus 2023

Por ter apenas 1.110 kg, o conjunto oferece ótimo desempenho e respostas rápidas no trânsito urbano, mesmo em rotações baixas.

Em altas, no entanto, ele se mostra um foguetinho. O problema, no entanto, é o isolamento acústico deficiente, que deixa tudo o que acontece do lado de fora da cabine ser transmitido para interior, inclusive o som ruidoso do motor 3 cilindros.

Na estrada, o desempenho é igualmente bom, mas o isolamento acústico mostra-se ainda mais deficiente.

Do ponto de vista do conforto, a suspensão tem acerto firme, mas filtra relativamente bem as irregularidades da via. Em estradas sinuosas, o acerto é bom para segurar o carro em curvas acentuadas.

Quando tocamos no ponto da economia de combustível, o HB20 Platinum Plus deu show. Na cidade e com etanol no tanque, registrou 8,9 km/l. Na estrada a média subiu para 9,7 km/l.

De acordo com o PBE Veicular, a média com gasolina é de 13,9 km/l (estrada) e 12,9 km/l (cidade). Já com etanol, as médias são de 10,3 km/l (estrada) e 8,6 km/l.

Itens de série do Hyundai HB20 Platinum Plus

Interior do Hyundai HB20 Platinum Plus 2023

Como versão mais cara do HB20 vendido aqui no Brasil, o hatch traz, de série, itens como:

  • frenagem autônoma;
  • assistentes de ponto cego e de permanência em faixa;
  • alerta de saída segura;
  • assistente de tráfego traseiro;
  • detector de fadiga;
  • farol alto adaptativo;
  • ar-condicionado digital (mas com apenas uma zona de temperatura);
  • carregador sem-fio para smartphones;
  • Bluelink;
  • Seis airbags.

Vale a pena comprar o Hyundai HB20 turbo?

Combinando ótimo design, farta lista de itens de série, desempenho satisfatório e economia de combustível, o Hyundai HB20 Platinum Plus é uma excelente opção no mercado de hatches compactos.

Hyundai HB20 Platinum Plus 2023 e Fernando Naccari

Porém, custando a partir de R$ 119.590, tem concorrentes até de segmentos superiores, como o Honda City, por exemplo.

Entre os seus, ele é mais moderno e equipado que o Chevrolet Onix Premier, mas perde no espaço interno. O mesmo com o Polo Highline. Ah, e o HB20 custa mais que os rivais.

Na prática é uma excelente opção, mas só o seu teste drive pode definir qual seria a melhor opção para habitar sua garagem. Qual você escolheria? Confesso que ficaria muito balançado pelo modelo da Hyundai.

Ficha técnica do Hyundai HB20 Platinum Plus 1.0 Turbo

Motor3 cilindros em linha, 1.0, 12 válvulas, turbo
Cilindrada998 cm3
Combustívelflex
Potência120 cv a 6.000 rpm (etanol/gasolina)
Torque17,5 kgfm a 1.500 rpm (etanol/gasolina)
CâmbioAutomático de 6 marchas
Direçãoeletroassistida
SuspensõesMcPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)
Freiosdiscos ventilados (dianteira) e tambores (traseira)
Traçãodianteira
Dimensões4.015 mm (comprimento), 1.720 mm (largura), 1.470 mm (altura)
Entre-eixos2.530 mm
Pneus195/55 R16
Porta-malas300 litros
Tanque52 litros
0-100 km/h10,7s
Vel. máxima190 km/h
Consumo cidade (Inmetro)12,7 km/l (gasolina) e 9 km/l (etanol)
Consumo estrada (Inmetro)14 km/l (gasolina) e 10,3 km/l (etanol)

Galeria de Fotos do Hyundai HB20 Platinum Plus 1.0 Turbo

Posts relacionados

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Em comemoração aos 40 anos do festival Rock in Rio, a Volkswagen lança uma edição especial do Polo Track A…
Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Modelos híbridos da Lexus ES 300h e NX 350h recebem novos equipamentos como sistema de som Mark Levinson e carregador…
Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Investimento da Stellantis em Porto Real terá foco na plataforma CMP do C3 e C3 AirCross, mas Jeep Avenger pode…

One Comment

  1. Nelson A Teixeira

    Continuo insistindo na idéia de que um motor 3 cilindros não vai ter a durablidade de um 4 cilindros. Principalmente tirando dele 120 CV com um turbo. Isso precisa ser revisto. O consumidor está sendo enganado descaradamente pelo fabricante / concessionária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *