Teste: JAC E-JS1 EXT é o compacto elétrico urbano com roupagem “fora-de-estrada”
JAC E-JS1 rosa

Teste: JAC E-JS1 EXT é o compacto elétrico urbano com roupagem “fora-de-estrada”

JAC E-JS1 EXT combina o baixo custo por quilômetro rodado com o visual de um aventureiro. Será que vale a compra?

Até mês passado, o subcompacto JAC E-JS1 era tido como o carro elétrico mais barato do Brasil, mas com o lançamento dos Renault Kwid E-Tech e do sino-brasileiro CAOA Chery iCar, esse posto foi perdido.

cta blog venda seu carro

Quanto ao JAC E-JS1 EXT, estrela dessa avaliação, ele não é somente um carro chinês elétrico “de baixo custo” para vender muito e conquistar um mercado ainda restrito no País, mas sim um carro desenvolvido em parceria com uma gigante do mercado automotivo mundial: a Volkswagen.

JAC E-JS1 rosa

A join-venture formada na China entre a gigante alemã e JAC, nomeada lá como SOL, transformou o antigo iEV-20 (elétrico derivado do antigo J2) num misto com o Volkswagen up!.

Na versão avaliada, o JAC E-JS1 EXT (Extreme) é ainda um pouco mais do que isso, já que usa pneus de uso misto e tem suspensão preparada e elevada em 50 mm em relação a versão de entrada (1 cm maior que o antigo iEV20) com novas molas e amortecedores para ser um elétrico “plenamente adaptado ao uso no off-road”, segundo palavras da própria marca.

Mas essa fórmula “Adventure”, tão bem executada no Brasil pela Fiat, faz dele um subcompacto elétrico feito para a terra mesmo?

Design do JAC E-JS1 EXT

Por falar em parceria com a Volkswagen, o visual da dianteira do E-JS1 lembra a do up!, com frente alta, faróis grandes e para-choque que compõe boa parte da dianteira.

Além do up!, o E-JS1 tem visual bastante parecido ao de outro carro da Volkswagen, o elétrico ID.3, mas em escala menor.

As dimensões, inclusive, também são bem próximas as do Volkswagen up!, com leves ganhos para o JAC: 3.650 mm de comprimento (contra 3.645 mm do up!), 1.670 mm de largura (contra 1.654 mm do up!) e 1.540 mm de altura (contra 1.504 mm do up!).

JAC E-JS1 rosa lateral em movimento

O porta-malas, no entanto, é bem menor no E-JS1: são apenas 121 litros, contra 285 litros no Volkswagen up!.

JAC E-JS1 - porta-malas

Por dentro, o JAC E-JS1 abusa do uso de plásticos rígidos, mas o visual é cativante principalmente pela combinação do design futurista e da replicação no interior da cor da carroceria. No caso do modelo que avaliei, esse rosa charmoso aí.

JAC E-JS1 - painel de instrumentos

Os bancos são revestidos em couro sintético e tem boa anatomia, oferecendo o conforto necessário para o uso na cidade.

O console central faz com que tudo fique próximo às mãos do motorista, como por exemplo a posição para carregamento do celular por indução, botão de partida e porta-copos.

Em contrapartida, é alto e largo demais e prejudica o espaço para os ocupantes da dianteira, principalmente para quem é um pouco mais gordinho, como é o meu caso 😉

JAC E-JS1 - console central

Ainda falando no interior, o painel de instrumentos Digital Active Info Display traz as informações de velocidade, carga da bateria, autonomia e dados do controlador de cruzeiro adaptativo.

JAC E-JS1 - painel de instrumentos

A central multimídia tem tela de 10,25” traz os comandos do ar-condicionado e pode replicar as informações do seu celular via espelhamento por Bluetooth, porém, na prática, essa função não funciona tão bem quanto deveria e, com Android Auto, por exemplo, só funcionava com o celular com tela desbloqueda.

JAC E-JS1 - central multimídia

Desempenho do JAC E-JS1

Como um carro 100% elétrico, o E-JS1 EXT vem com motor de 62 cv de potência e torque de 15,3 kgfm. Números que o fazem acelerar de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos e com velocidade máxima limitada a apenas 110 km/h.

JAC E-JS1 - motor elétrico

A autonomia estimada é de 300 km, mas se você colocar ele na estrada e rodar próximo dos 110 km/h (sua velocidade máxima permitida), essa carga é drenada rapidamente. Fizemos o teste e 50% vai embora em um trecho de 50 km.

Em uma tomada tipo “Wallbox” (7,4 kWh), o tempo de recarga é de 5 horas e, em carregadores rápidos de 380V, raríssimos, por sinal, as baterias de Fosfato Ferro-Lítio são recarregadas em apenas 40 minutos. Em tomada caseira, a carga pode levar até 11 horas.

JAC E-JS1 rosa tomada de recarregamento

Do ponto de vista financeiro, ter um E-JS1 na garagem é uma alternativa interessante para quem precisar usar o carro todos os dias.

Para se ter uma ideia, o custo por quilômetro rodado com ele é de apenas R$ 0,07 e, para recarregar as baterias de 0 a 100% (com tarifa de R$ 0,65 por kWh), o custo é de R$ 20.

Em um comparativo direto, um carro a combustão ou híbrido teria que fazer mais de 90 km/l para se tornar uma opção mais barata do que ele e, como sabemos, isso até o momento não existe.

Agora, falando do ponto de vista de dirigibilidade, o JAC E-JS1 é um dos melhores JAC para se dirigir, tudo graças ao bom acerta das suspensões feito pela Volkswagen.

Elas absorvem bem as irregularidades das vias e deixa o subcompacto firme em curvas de alta velocidade.

A direção também é bem calibrada e não é leve demais como nos demais veículos da marca. Esse excesso de leveza deixava os carros da JAC anestesiados demais e passavam uma insegurança incomum em pistas molhadas, por exemplo, pois não dava para sentir que você tinha aderência ou não.

JAC E-JS1 - volante multifuncional

Outro ponto legal de um elétrico é o sistema i-Pedal, que permite reduzir a velocidade do carro somente tirando o pé do acelerador.

Dependendo do trajeto e do seu hábito de direção, é possível dirigir sem precisar usar o pedal do freio, exceto para parar o veículo completamente.

Itens de série do JAC E-JS1 EXT

O JAC E-JS1 é um compacto bem equipado. Como principais itens de série, destacam-se:

  • Sensor de estacionamento (traseiro);
  • Câmera de ré;
  • Bancos revestidos em couro Ecológico Premium JAC Seat;
  • Painel de LED 100% Digital Active Info Display;
  • TFT Central multimídia com tela de 10,25” em LCD;
  • ISOFIX;
  • Piloto automático;
  • Faróis com regulagem elétrica de altura;
  • Controle de cruzeiro adaptativo;
  • Pneus misto;
  • Rodas aro 14” em liga leve diamantadas com fundo em black piano;
  • Kit de ferramentas para reparo do pneu.

Veredicto

Se você já pensa em ter um carro elétrico, o JAC E-JS1 reúne bons atributos como bom desempenho em cidade, baixo custo por quilômetro rodado e manutenção barata, já que os itens de desgaste são resumidos a freios pneus, basicamente.

JAC E-JS1 rosa

No entanto, ele já não é tão barato assim e na versão avaliada, o JAC E-JS1 custa R$ 180 mil, nada menos do que 40 mil reais a mais que o CAOA Chery iCar.

A diferença de preço entre eles é pouco justificada, com exceção do porte pouca coisa maior do E-JS1 e do conjunto “fora de estrada” que, na prática, permite que ele ande apenas em estradas de terra batida e nada mais do que isso.

Portanto, antes de escolher o seu carro elétrico ideal, vale a pena testar as opções do mercado e ver qual atende melhor a sua necessidade de uso.

Ficha técnica do JAC E-JS1 EXT

Motorelétrico, dianteiro
Combustíveleletricidade
Potência62 cv
Torque15,3 kgfm
Câmbioautomático de 1 marcha
Direçãoeletroassistida
SuspensõesIndependente, McPhersons (dianteira), eixo de torção (traseira)
FreiosDisco ventilado (dianteira), disco sólido (traseira)
TraçãoDianteira
Dimensões4.650 mm (comprimento), 1.670 mm (largura), 1.540 mm (altura)
Entre-eixos2.390 mm
Pneus175/70 R14 de uso misto
Porta-malas121 litros
Autonomia302 km
0-100 km/h10,7s
Vel. máxima110 km/h

Galeria de fotos do JAC E-JS1 EXT

Posts relacionados

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

Há mais de 10 anos a InstaCarro vem inovando no Brasil vendendo carros em ritmo acelerado, pelo aplicativo e sem…
Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Com a aprovação do Programa MOVER, ANFAVEA prevê um futuro promissor para o setor automotivo, com foco em sustentabilidade e…
Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024 é uma surpresa agradável para quem busca um SUV espaçoso, tecnológico e com bom custo-benefício, mas raiz…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *