Teste: Volvo XC40 híbrido na versão Inscription é o SUV perfeito
volvo xc40 inscription suv hibrido

Teste: Volvo XC40 híbrido na versão Inscription é o SUV perfeito

Volvo XC40 híbrido na versão intermediária Inscription é bonito, anda bem, é bem equipado e faz 17 km/l.

O Volvo XC40 já não é um garoto no mercado, mas mesmo após cinco anos, continua sendo um SUV bonito, bem equipado e com tecnologia automotiva de ponta.

cta blog venda seu carro

Disponível em três versões híbridas T5 Plug-in Hybrid (Inscription Expression, Inscription e R-Design) e uma 100% elétrica (P8 Recharge), o SUV da Volvo é a porta de entrada para a marca sueca, mas não custa barato.

Ele tem preço tabelado a partir de R$ 269.950, mas você pode conferir o preço atualizado de todas as versões do XC40 no Guia de Preços da InstaCarro, ferramenta mais completa do segmento e com preços atualizados sob duas tabelas: Preço de Mercado, ou seja, por quanto cada veículo está sendo negociado no mercado e Tabela Fipe, principal referência para cálculo de impostos e seguros.

quanto vale esse carro na instacarro

Avaliei por sete dias a versão intermediária do SUV, o Volvo XC40 T5 Inscription Plug-In Hybrid (a partir de R$ 294.950), e te conto nas próximas linhas as principais características do modelo.

Design contemporâneo

volvo xc40 inscription suv hibrido frente

Desde o seu lançamento no último trimestre de 2017, o Volvo XC40 não passou por modificações no visual.

Mas isso mostra o quanto o trabalho feito pelo designer Thomas Ingenlath é bom. O XC40 continua com visual atual e naturalmente bonito.

A dianteira aposta em faróis fullLED com o tradicional “Martelo de Thor” na assinatura luminosa, grade com acabamento cromado e para-choques grandes com linhas suaves.

volvo xc40 inscription suv hibrido frente

De lado, os principais destaques são as enormes caixas de roda, que abrigam rodas de 19” com pneus 235/50, frente curta, traseira curta e porta traseira com aspecto curto, mas que permite que a área do porta-malas seja generosa: 460 litros.

Na traseira, as tradicionais lanternas de LED na vertical permanecem e o compartimento da placa fica no para-choque, que possui ampla área em preto. Esse efeito faz com que a traseira pareça mais alta do que realmente é.

volvo xc40 inscription suv hibrido traseira

Por dentro, os destaques ficam para a generosa central multimídia vertical de 9 polegadas, para a manopla do câmbio de cristal – sim, é isso mesmo, a peça é de cristal Orrefors® – teto solar panorâmico e para o painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas.

volvo xc40 inscription suv hibrido interior

O visual é composto por curvas suaves e materiais de muito bom gosto, no clássico: é difícil se cansar de ficar dentro dele.

quanto vale o seu carro na instacarro

Volvo XC40 híbrido tem dois motores

volvo xc40 inscription suv hibrido motor combustão e elétrico

Assim como a versão que avaliei para o meu blog no ano passado, a esportiva R-Design, o Volvo XC40 Inscription vem com dois motores para atender a três demandas diferentes: desempenho, baixo consumo e redução nas emissões de poluentes.

Por isso, debaixo do capô carrega um motor a combustão e um elétrico, que podem funcionar isoladamente ou em conjunto.

Sozinho, o motor 1.5 turbo de três cilindros rende 180 cv e 27 kgfm. Já o elétrico entrega 82 cv e 16,3 kgfm.

Isoladamente parece pouco, mas quando combinados, rendem 262 cv e 43,6 kgfm, números mais do que suficientes para tornar a convivência com o SUV bastante interessante.

Para comandar esse conjunto, a Volvo escolheu uma eficiente transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas, que é suave nas trocas na cidade e ágil nas mudanças na estrada.

Mas se você gosta de controlar as mudanças, não tem problema: é possível fazer trocas manuais em aletas atrás do volante ou na própria alanca de câmbio.

Economia ou esportividade? Cinco modos de condução

volvo xc40 inscription suv hibrido multimidia

Se a parte eletrônica possui inteligência para selecionar cada motor de acordo com a demanda, é possível por o dedo na ferida e interferir nessa dinâmica selecionando cinco modos de condução de diferentes.

No primeiro deles, o Hybrid, o conjunto irá equilibrar o uso do motor elétrico com o à combustão, oferecendo funcionamento sem gastar combustível em baixas velocidades e ligando o motor à gasolina quando você apertar o pé direito com mais vigor.

Na função Pure, por exemplo, você renuncia ao motor a combustão para rodar somente com o elétrico, mas neste caso a autonomia não é tão grande: apenas 47 km, números que permitem que você faça trajetos dentro da cidade, apenas.

Já na função Power, a intenção é ter 100% de desempenho, portanto, os motores funcionarão combinados e você terá o máximo de entrega de cada um deles o tempo todo. Nessa percebe-se também que a direção elétrica fica mais firme, assim como o conjunto de suspensão.

É justamente nessa função que o XC40 híbrido mostra seu melhor desempenho: 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos.

A quarta função, até pelo perfil do comprador, deve ser a menos usada no veículo: a Off Road.

Nesta, o objetivo não é economia e nem desempenho, mas melhoria na tração para permitir que você enfrente estradas de terra e um pouquinho de lama (coloca pouquinho nisso, até porque não dá para enfrentar um fora-de-estrada com ele, já que não tem pneus apropriados, tração integral e nem altura passar em atoleiros).

Por fim, o último modo de condução é o Individual. Neste é possível escolher sobre funcionamento dos motores, calibração do câmbio, direção e até da suspensão do veículo.

Consumo de combustível do Volvo XC40 híbrido

O Volvo XC40 Inscription Plug-In Hybrid é equipado com um banco de baterias de 10,7 kWh e, como falei logo acima, dão uma autonomia elétrica de até 47 km.

Parece pouco, mas se você trabalha na mesma cidade em que mora, é possível ir e voltar sem gastar combustível e, ao chegar em casa, basta plugá-lo na tomada 230V.

No teste, usei o modo Hybrid para aferir o consumo de combustível e, na cidade, surpreendeu: 17 km/l.

Já o consumo de combustível do Volvo XC40 na estrada foi de 14,9 km/l, mas é importante ressaltar que em híbridos isso é normal, já que na estrada o uso do motor a combustão é mais frequente do que na cidade.

Itens de série do Volvo XC40 Inscription

Como todo Volvo, o XC40 híbrido na versão Inscription é muito bem equipado e tem uma série de itens de conforto e segurança.

Entre os destaques, como já havia falado, estão a central multimídia de 9 polegadas, o teto solar panorâmico, carregador de celular por indução, ar-condicionado de duas zonas automático, faróis fullLED com regulagem de facho automático, abertura do porta-malas elétrica, Pilot Assist (que acelera, freia e contorna curvas automaticamente), controlador de cruzeiro adaptativo, leitura das placas de trânsito e aviso de radares, faróis de curva, City Safety, que identifica outros veículos, pedestres, ciclistas e animais grandes à frente, mesmo à noite, e avisa se uma colisão for iminente, Volvo On Call, plataforma possibilita o acesso através do smartphone para partida remota, controle de temperatura, localizador do veículo, verificação de consumo de combustível, quilometragem e até mesmo diário de viagens, com o registro dos 100 últimos roteiros e muito mais.

Conclusão

O Volvo XC40 híbrido na versão Inscription é o SUV na medida certa para quem pensa em ter um carro bonito, bem equipado, seguro e ecologicamente mais correto que os demais somente a combustão, mas o preço assusta.

Beirando os R$300 mil, é uma das melhores opções nessa faixa de preço, mas a alta do dólar fez com que ele encarecesse quase R$50 mil de 2019 para cá, portanto há quem consiga ganhar dinheiro vendendo carro usado se comparado ao preço de compra 0 km naquela época.

Para ser ainda melhor, poderia ter uma autonomia elétrica maior, um conjunto de suspensão um pouco mais macio e carregar sua bateria de maneira automática quando o nível estivesse baixo.

Lembrando que por ser um híbrido, o motor a combustão também funciona como um gerador e recarrega as baterias (em conjunto com os freios regenerativos), mas nos Volvo essa função não é automática.

Para isso é necessário acionar a função “Charge”, que carrega até 2/3 da bateria do sistema híbrido.

Outra opinião: Evandro Enoshita

evandro enoshita

O conjunto motriz híbrido certamente é um dos destaques do XC40, permitindo rodar na cidade sem emitir poluição pelo escapamento, ao mesmo tempo em que “acorda” rapidamente em casos em que se faz necessário uma descarga adicional de potência e torque.

Sou mais permissivo que o meu colega Fernando Naccari em relação às críticas. Acredito que a autonomia elétrica está dentro do que se espera de um híbrido plug-in e me agradou bastante o acerto de suspensão (embora pudesse ser mais silenciosa em pisos irregulares).

Por outro lado, concordo que o motor a combustão deveria carregar automaticamente a bateria do propulsor elétrico. Em várias ocasiões, só depois de um certo tempo notei que ela estava descarregada e ativei a recarga manualmente.

Uma característica que valorizo nos Volvo é o equilíbrio extremo entre os seus atributos. São carros luxuosos, bem equipados e de bom desempenho. Mas ao mesmo tempo com um visual sóbrio e sem excessos.

Galeria de fotos do Volvo XC40 T5 Inscription Plug-In Hybrid

Ficha Técnica Volvo XC40 T5 Inscription Plug-In Hybrid

MotorRecharge Hybrid Plug-In
TipoDianteiro, Transversal e Híbrido
Número de cilindros3
Cilindrada em cm31.477
Válvulas12
Taxa de compressão10,5:1
Injeção eletrônica de combustívelDireta
Potência Máxima180 cv a 5.800 rpm + 82 cv do motor elétrico = 262 cv
Torque Máximo27 kgfm a 1.500 rpm + 16,3 kgfm do motor elétrico = 43,3 kgfm
Transmissão
TipoAutomático de 7 marchas
Tração
TipoDianteira
Freios
TipoDiscos ventilados (dianteira) e sólidos (traseira)
Direção
TipoElétrica
Suspensão
DianteiraIndependente, McPherson
TraseiraIndependente, multibraço
Rodas e Pneus
RodasRoda de 19 a 20 polegadas
Pneus235/50 R19 a 245/45 R20
Dimensões
Comprimento total (mm)4.425
Largura (mm)1.863
Altura (mm)1.652
Distância entre os eixos (mm)2.702
Capacidades
Capacidade de carga (kg)517
Tanque (litros)48
Peso vazio em ordem de marcha (kg)1.871
Peso bruto total (kg)2.388
Coeficiente de arrasto (Cx)0,37
Fonte: Volvo Cars

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *