Dicas infalíveis sobre o ar-condicionado do carro
ar-condicionado do carro

Dicas infalíveis sobre o ar-condicionado do carro

Para quem vive em regiões quentes do País, usar o ar-condicionado do carro é algo inevitável, mas são precisos cuidados especiais com o sistema.

Sete horas da manhã e o termômetro já aponta 33°C: é sinal de que vai ser um dia daqueles! Ainda bem que o seu bom e velho ar-condicionado vai te salvar, não é verdade? Aí você entra no carro, dá partida, liga a ventilação no máximo, temperatura no mínimo e aperta o botão para ligar o ventinho gelado e… sai um cheiro ruim, faz um barulho estranho ou pior: não acontece nada.

cta blog venda seu carro

Se você já passou por isso sabe como é angustiante ter o ar-condicionado danificado ou inoperante em dias de calor escaldante. Mas você sabia que tudo isso poderia ter sido evitado com atitudes simples? Pois é, é mais fácil do que parece preservar o sistema e neste texto vamos dar dicas para que você nunca mais passe por esses apuros.

Ligue o ar-condicionado do carro com frequência

É recomendado que o ar-condicionado do seu carro seja ligado, pelo menos, uma vez por semana, mesmo em dias frios, e fique em funcionamento por um tempo mínimo de dez minutos.

Essa atitude permite que os comandos de acionamento permaneçam funcionais e as válvulas do sistema se mantenham operantes.

Higienize o aparelho

Realizar a higienização do sistema de ar condicionado não é difícil. Ela pode ser feita, inclusive, com sprays que são encontrados facilmente em lojas de acessórios automotivos. No entanto, a higienização feita em máquina apropriada geralmente dura mais e é mais eficiente.

Essa limpeza ajuda a eliminar a presença de ácaros, bactérias e fungos que crescem dentro da tubulação de ar e nos filtros do sistema de refrigeração. Eles são responsáveis pelo mau cheiro quando ligamos o ar-condicionado e também são responsáveis por causar problemas respiratórios aos usuários do carro.

Use com sabedoria a recirculação

A recirculação do ar é um recurso que permite bloquear a entrada do ar que vem de fora, fazendo com que somente o ar interno da cabine seja recirculado dentro do veículo.

Isso faz com que o processo de resfriamento seja otimizado e também evita que fumaça do exterior entre na cabine. No entanto, a função também pode ser perigosa: ela aumenta a presença de gás carbônico no interior do veículo e o uso exagerado da recirculação pode causar sonolência e, em casos extremos, o desmaio.

O carro esquentou no sol? Dá pra resfriar rápido

Se o automóvel estiver no sol, é possível melhorar o desempenho do ar-condicionado do carro seguindo os seguintes passos:

  1. Abra os vidros do carro;
  2. Dê partida e movimente o carro pela rua;
  3. Acione o ar-condicionado assim que perceber que a sensação de abafamento está se espalhando, e mantenha os vidros abertos;
  4. Quando perceber que a sensação térmica está mais agradável, feche os vidros e aproveite.

Não fume com o aparelho ligado

Fumar dentro do carro com o ar-condicionado ligado pode ser muito prejudicial. A fumaça do cigarro degrada os filtros do sistema de maneira acelerada, causa perda de eficiência do conjunto e faz com que a contaminação por fungos e bactérias também aumente consideravelmente.

Faça manutenção periódica

Devido ao tempo e ao uso, o ar-condicionado do carro pode apresentar desgastes. A poeira em excesso e outros componentes podem impactar no desempenho do aparelho e até prejudicar sua saúde causando rinites ou sinusite.

Por isso, é indicado que o filtro do ar-condicionado do veículo seja verificado a cada seis meses por um profissional especializado. Caso esteja saturado, ele não efetuará a limpeza, mas sim substituirá por um novo.

No ato da substituição do filtro, o profissional deve verificar ainda as condições de funcionamento das válvulas do sistema, dos botões de comando e também da pressão do gás refrigerante (R134-a).

Este gás não tem validade, muito menos acaba, a não ser em casos de vazamento. No entanto, como está em contato constante com borrachas (mangueiras e vedadores do sistema), eles podem se contaminar e por isso as montadoras recomendam sua substituição a cada 5 anos.

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *