Você sabe o que significam as siglas de carros?
Carro preto

Você sabe o que significam as siglas de carros?

Na traseira dos veículos encontramos diversas siglas de carros. Você sabe o que cada uma delas significa? Confira e saiba mais!

Que existem diversos modelos de carros no mercado, nós sabemos. Há quem conheça todos os modelos das principais montadoras, sabendo detalhes como as suas capacidades mecânicas e até mesmo a potência do motor. No entanto, mesmo para uma pessoa dessas, apaixonada por automóveis, entender as siglas de carros pode ser difícil.

cta blog venda seu carro

Saiba que elas não estão lá simplesmente por estética. Cada uma das siglas tem um significado. Inclusive, elas variam de montadora para montadora, e estão em constante mudança ao longo dos novos lançamentos.

Confira o post abaixo para entender as siglas das principais montadoras do mercado atual — desde as fabricantes dos melhores carros populares até as que costumam vender veículos mais caros.

Chevrolet

A General Motors é umas principais montadoras do mercado, sempre se mantendo, ao menos, entre as três mais vendidas do ano — tanto no ramo dos usados quanto no de carros novos.

Há diversas siglas de carros nos modelos da GM, a começar por Joy — “alegria”, em tradução livre —, que identifica as versões de entrada do Prisma e do Chevrolet Ônix. 

Em outros modelos da Chevrolet, entram em cena as siglas LS, LT e LTZ, por exemplo: 

– A letra “L” de cada uma se refere a Luxury,
– O “S” e o “T” são, respectivamente, Standard e Touring,
– O ”Z”, por ser a última letra do alfabeto, representa o modelo de topo de linha da montadora.

Enquanto a sigla LS representa a versão “de entrada” dessa categoria, o LTZ dá ao veículo a patente de modelo mais refinado. Porém, atualmente, as versões Premiere são as mais luxuosas dentro da marca.

Ainda na montadora, as versões esportivas são representadas pelas siglas de carros RS (Rally Sport) e SS (Super Sport).

Fiat

nova fiat toro 1.3 turbo branca - lanterna traseira siglas de carros

Outra montadora que marca forte presença no mercado automotivo, a italiana Fiat, diferentemente da maioria, não utiliza siglas automotivas.

Ao invés de nomear os veículos dessa maneira, preferem utilizar termos para designar os seus modelos. 

Attractive, por exemplo, está relacionado às versões mais básicas, enquanto a nomenclatura Essence se refere às intermediárias.

Ainda há referências para os modelos de topo de linha e esportivos da montadora. Sporting, por exemplo, além de nomear os esportivos, também classifica o veículo em questão como versão de topo da montadora. 

Já Way e Adventure tem relação, apenas, com as características esportivas e aventureiras dos carros.

Por fim, existe, ainda, os modelos T-JET — termo utilizado para nomear os veículos que possuem motores turbo.

Ford

Curiosamente, a americana Ford é a única que possui siglas de carros que não carregam significado nenhum.

É o caso das versões S, SE e SEL, que, por mais que sejam utilizadas em carros mais populares da montadora, não possuem uma interpretação específica.

Já os modelos da Ford que carregam as nomenclaturas XLS e XLT, representam carros de preços mais altos da montadora. A primeira, no entanto, é destino apenas à versão de entrada do Ford Ranger, enquanto a XLT é concedida aos veículos de topo de linha.

Ainda se tratando da montadora americana, aparecem as versões ST e RS — Sports Technology e Rally Sport —, relacionadas aos veículos esportivos. Por último e um pouco mais conhecido dos consumidores, os termos Limited e Titanium são apropriados para alguns carros de topo de linha da Ford.

Honda

A Honda prefere não complicar as suas nomenclaturas, centrando-as em quatro opções: DX, LX, EX e EXL.

A primeira, destinada às versões de entrada, significa De Luxe, enquanto a segunda, adotada pelos modelos intermediários, se apresenta como Luxuary.

Acima dessas duas está a sigla Executive e, por último, a EXL — relacionada aos carros com versões de topo de linha da montadora japonesa.

Nissan

Mais simples ainda do que a Honda só a Nissan, que possui apenas três siglas de carros: S, SV e SL.

Mesmo que não admitido oficialmente pela montadora japonesa, as três nomenclaturas possuem os seguintes significados: Sport, Sport Value e Sport Luxury — da mais básica até valiosa.

Toyota

Talvez essa seja a montadora que mais goste de nomenclaturas: só para as versões eXtra e Sport Rally, por exemplo, são três variações em cada uma.

O eXtra é utilizado para diferenciar as versões do Toyota Etios, principal carro popular da montadora. Além do X, opção mais básica, há as siglas XS e XLS, que qualificam o veículo como Standard e Luxe Standard, respectivamente.

Já os modelos Sport Rally — referentes a modelos com a Hilux e a SW4 — vão desde a básica SR, passando pela SRV (Sport Rally 5, de versão intermediária do veículo) até a SRX, referente aos modelos de topo de linha.

Tratando-se do tão amado Toyota Corolla, sua versão de mais prestígio conta com a exclusiva nomenclatura Altis. O mesmo modelo ainda conta com siglas de carros exclusivas para suas versões de entrada e intermediárias: GLi e XEi — Grand Luxo Injection e Extra Executive.

Volkswagen

Para os modelos comuns, as versões de entrada, intermediárias e de topo de linha são representadas pelos termos Trendline, Comfortline e Highline.

No entanto, há alguns modelos mais “apimentados” que recebem as nomenclaturas GTI, GTD e GTE. Enquanto o “GT” significa Gran Turismo, o “I”, o “D” e o “E” representam, respectivamente, Injection, Diesel e Electric.

A gente sabe que não é fácil decorar todas elas mas é muito importante ter uma noção do que elas significam na hora de comprar um veículo pois elas ajudam a saber qual o nível de equipamento o carro oferece. E você, conhece alguma sigla que não citamos? Compartilhe com a gente nos comentários! 

Posts relacionados

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Em comemoração aos 40 anos do festival Rock in Rio, a Volkswagen lança uma edição especial do Polo Track A…
Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Modelos híbridos da Lexus ES 300h e NX 350h recebem novos equipamentos como sistema de som Mark Levinson e carregador…
Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Investimento da Stellantis em Porto Real terá foco na plataforma CMP do C3 e C3 AirCross, mas Jeep Avenger pode…

7 Comments

  1. Tatiane

    E o que significa AT na renegade?

    1. Fernando Naccari

      Oi, Tatiana. Significa que o Renegade vem equipado com transmissão automática, por isso o AT.

  2. Jéssica Flávia Dantas Lopes

    Amo carros eu queria saber de todos os tipos de modelos

  3. Ana Maria Piovezan

    Boa tarde
    Meu nome Ana Maria
    Por gentileza
    O que significa ACT?

    1. Fernando Naccari

      Olá, tudo bem? Se você estiver falando do Chery QQ, o ACT é o nome da versão dele, como em um Palio Weekend ADVENTURE, VW Gol CLI, e Chevrolet Corsa WIND, por exemplo. O Chery QQ tinha as versões LOOK, ACT e SMILE.

  4. Edgar Alexandre Pereira Alves Frias Monteiro

    A chevrolet além da LTZ como topo de linha, tem a Premiere que me parece ser a versão mais completa dos modelos, mais ainda do que a LTZ…

    1. Fernando Naccari

      Correto, Edgar! A Premiere é, atualmente, a versão de topo. Já acrescentamos aqui na matéria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *