Dá para viajar de carro elétrico?
Volvo XC40 Recharge

Dá para viajar de carro elétrico?

Pensando em viajar de carro elétrico? Saiba como se planejar para tornar a jornada o mais tranquilo possível

O mercado de carros elétricos não para de crescer no Brasil. Segundo a Abve (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), foram vendidas 2.851 unidade em 2021. Número que representa um aumento de 256% em relação ao ano anterior. E a gama de opções inclui desde modelos urbanos até carros maiores e de luxo.

cta blog venda seu carro
quanto vale o seu carro na instacarro

Segundo o Relatório Setores do E-commerce no Brasil, mais de 90% de todos os brasileiros pretendem viajar de carro nas próximas férias. Mas será que as longas jornadas rodoviárias com um carro elétrico são viáveis em um país de proporções continentais como o nosso?

Um das vantagens do Brasil estar atrasado nessa popularização dos carros elétricos em relação aos principais mercados automotivos mundiais é que pulamos a etapa dos automóveis 100% a bateria que só eram viáveis no perímetro urbano por conta da sua baixa autonomia.

Hoje, boa parte dos carros elétricos vendidos no mercado automotivo brasileiro tem mais de 350 km de autonomia. Alcance que permite, por exemplo, fazer tranquilamente uma viagem entre São Paulo e Campinas, por exemplo.

Viajar com um carro elétrico é possível, mesmo com a escassez de pontos de recarga no Brasil. Mas exige um pouco mais de planejamento em sua viagem.

Planeje sua viagem

carro eletrico carregadores

Hoje, existem vários aplicativos para te ajudar nesta etapa onde você “desenha” seus caminhos. Uma indicação interessante é o Plug Share.

Além de saber onde ficam os pontos de recarga (e o tipo de carregador instalado neles), é possível ainda descobrir restaurantes bons para almoçar e hotéis para descansar no seu caminho.

No seu planejamento de rota, é importante saber qual é a autonomia do seu carro elétrico. O Volvo XC40 Recharge, por exemplo, pode rodar até 418 km com uma carga de bateria. Já um JAC E-JS1 chega a até 302 km.

Estendendo a autonomia

homem dirigindo carro na estrada

Mas vale destacar que, diferente dos carros a combustão, os carros elétricos consomem mais energia em uso rodoviário, fazendo com que a autonomia sofra uma queda em relação aos números oficiais.

Uma dica bastante comum entre os especialistas é que você faça uma recarga completa antes de sair de casa. Durante o caminho, o recomendável é fazer recargas menores nos postos de recarga espalhados pelas rodovias. De pouco em pouco, você sempre vai estar com o “tanque” cheio. 

Boa parte das estações com carregadores do tipo Wallbox tem acesso livre, bastando plugar o carro no carregador. Mas carregadores mais potentes geralmente podem ser usados apenas por usuários cadastrados. Por isso mesmo, vale a pena verificar se é este o caso antes de traçar a sua rota.

Assim como nos carros a combustão, algumas pequenas atitudes podem te ajudar a economizar energia. Se você precisa fazer a bateria render mais, uma dica é desligar os equipamentos dispensáveis para a condução, como o ar-condicionado.

Outra dica dos carros flex que também serve para os elétricos é mudar o seu estilo de direção. Acelerações fortes também contribuem para fazer a carga durar menos.

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *