Lei Seca: saiba o que é e como ela funciona
lei seca

Lei Seca: saiba o que é e como ela funciona

Você sabe o que é a Lei Seca? Entenda o que a legislação determina, quais são as punições, e o que você deve fazer para não ser pego

Em vigor desde 19 de junho de 2008, a Lei 11.705 é popularmente conhecida como Lei Seca. Mas embora esteja em vigor há mais de 13 anos, muita gente ainda tem dúvidas a respeito dos pontos da legislação.

cta blog venda seu carro

Basicamente, a Lei Seca determina punições para motoristas flagrados dirigindo após terem consumido bebida alcoólica ou qualquer outra substância psicoativa que cause dependência. 

Vamos mostrar um pouco como funciona e quais as penalidades para aqueles que insistirem em conduzir um veículo sob efeito de álcool ou outras substâncias.

O que é a Lei Seca?

Criada com o objetivo de atualizar a legislação que pune indivíduos sob o efeito de álcool que assumissem a direção de veículos automotores, a Lei Seca foi a primeira a estipular um teor alcoólico necessário para a caracterização de crime.

 Antes, não havia previsão em lei do teor alcoólico necessário para a caracterização do crime, bastando que o motorista estivesse sob a influência de álcool.

Inicialmente, o motorista poderia escapar das punições se fosse flagrado com até 6 decigramas de álcool por litro de sangue. O que equivale a mais ou menos dois copos de cerveja. 

Mas desde 2012, com a entrada em vigor da Lei 12.760, as regras se tornaram mais rígidas e a tolerância ao álcool passou a ser zero. Foram reforçados ainda os instrumentos de fiscalização do cumprimento da Lei Seca. Provas testemunhais, vídeos e fotografias passaram a ser aceitos como provas de que um motorista dirige sob efeito de álcool

Como funciona a fiscalização?

A fiscalização da Lei Seca é feita por meio do famoso teste do bafômetro. Uma autoridade de trânsito solicita que o condutor assopre um bocal descartável onde, em conjunto com um aparelho com mostrador digital, mostra os índices de álcool. 

O bafômetro analisa o ar exalado pelos pulmões, pois cada vez que o álcool passa por estes órgãos deixa pequenas quantidades nas membranas dos alvéolos. Dessa forma, é medido a concentração do álcool por litro de ar alveolar. 

Segundo o artigo 165 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), aquele motorista que se recusar a realizar o teste do bafômetro deve pagar multa de R$ 2.934,70, além de ter a carteira de habilitação suspensa por 12 meses. 

“Bebi. E agora?”

Se você saiu de casa com seu veículo e bebeu, é claro que o indicado é que você não volte para a casa dirigindo. Porém, se não há como pegar um táxi ou pedir um carro por aplicativo, a única opção é esperar. 

Segundo especialistas, a bebida alcoólica sairá do seu corpo entre seis e oito horas, mas há casos em que pode demorar até 12 horas. 

Nessas situações, peça a um amigo que esteja sóbrio para ser o “motorista da vez”. Esse é o método mais prudente quando for a lugares onde se pretende beber. 

Penalidades

Quando interpretada como infração de trânsito, a Lei Seca pune o motorista com uma multa de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por um ano. Nos casos de reincidência no período de um ano, o valor da multa dobra. 

O veículo ainda é apreendido no ato da autuação se o motorista não apresentar um condutor com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e apto a dirigir.

Beber ao volante é crime

Em casos sérios, como homicídios provocados por um motorista bêbado, a lei interpreta o ato como crime doloso, ou seja, com intenção de matar. Nesse caso, o condutor é alvo da pena de reclusão de 5 a 8 anos e suspensão ou proibição para dirigir.

Mas desde 2012 o CTB estipula também que dirigir embriagado é crime mesmo sem provocar um acidente ou lesões corporais (fatais ou não) a outros indivíduos.

O Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro determina o seguinte:  “Dirigir tendo a capacidade psicomotora alterada devido ao efeito de álcool ou outras substâncias psicoativas que causem dependência. A pena é de suspensão ou proibição do direito de dirigir, multa e detenção de 6 meses a 3 anos.”

A avaliação para saber se você se tornará réu é feita a partir da quantidade de álcool no seu organismo ou por outros sinais que indiquem a alteração de sentidos.

Isso acontece se o exame de sangue constatar a concentração igual ou superior de 6 decigramas de álcool por litro de sangue. Já no bafômetro, a criminalização acontece a partir de 0,3 mg de álcool por ar alveolar.

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *