Placas de trânsito: saiba quais você não pode esquecer de jeito nenhum
placas de transito

Placas de trânsito: saiba quais você não pode esquecer de jeito nenhum

Saiba quais são as placas de trânsito mais indispensáveis para os condutores, suas características e finalidades no Código de Trânsito Brasileiro.

Já imaginou como seriam as ruas se não houvesse placas de trânsito? Pois bem, muitas dessas sinalizações têm um significado comum em qualquer parte do mundo e algumas atendem às necessidades e características de uma determinada região.

cta blog venda seu carro

No entanto, o mais importante disso tudo é que, sem esses avisos visuais, certamente o trânsito de sua cidade ou de qualquer outra localidade não teria muitas regras e, consequentemente, muitos transtornos ocorreriam.

Mas será que você realmente conhece todas as placas de trânsito previstas no código brasileiro? Vamos fazer esse teste agora? Então, continue a leitura e conheça as principais sinalizações!

Quem define as placas de trânsito no Brasil?

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é responsável por regulamentar as regras e normas de condução em todo o território nacional. Isso inclui também a formulação e definição dos modelos de placas de trânsito utilizadas no país.

Assim, o código é elaborado e gerido pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Como bem destacamos no início, muitos desses modelos seguem padrões reconhecidos no mundo todo, o que é fundamental para o conhecimento de todo motorista.

Para que servem as placas de trânsito na prática?

Parece um pouco óbvia essa pergunta, mas o fato é que as placas de trânsito não objetivam unicamente a orientação dos condutores. Elas servem também para sinalizar e assegurar determinadas condutas dos cidadãos, estejam eles motorizados ou não.

Desse modo, podemos definir as placas de trânsito como uma sinalização visual para comunicar as regras de tráfego de veículos, bem como a legislação de trânsito vigentes naquele local.

Quais são as placas de trânsito mais comuns?

Indo direto à prática, selecionamos algumas das principais placas de trânsito comuns nas cidades brasileiras, incluindo aquelas que têm suas versões semelhantes no exterior. Vamos conferir?

Placas de Regulamentação

Essas são as placas de trânsito que, como o próprio nome sugere, seguem uma regulamentação imposta pelo CTB e, portanto, é obrigatório que os condutores as obedeçam, ficando passíveis de multas e penalidades.

Elas apresentam símbolos nas cores vermelha, branca e preta. Confira as principais!

Parada obrigatória

placas de trânsito - parada obrigatória

Talvez a mais simbólica de todas as placas de trânsito, a placa “Parada obrigatória” sinaliza quando o condutor do veículo precisa parar por algum motivo específico.

Geralmente, ela fica em locais de maior risco de acidentes, como cruzamentos sem semáforos, lugares de alto fluxo de pedestres ou com visibilidade limitada dos arredores.

Sua cor padrão é vermelha, com a palavra “Pare” no centro.

Dê a preferência

placa de trânsito - dê a preferência

Também muito utilizada nas vias, a placa “Dê a preferência” sinaliza qual fluxo tem prioridade no trânsito.

Em geral, assim como a sinalização de “pare”, esse símbolo também pode ser desenhado no chão ou ficar preso em postes, nas agulhas de acesso de rodovias e ruas, em rotatórias, esquinas etc.

Seu formato é um triângulo vermelho voltado para baixo.

Proibido dobrar

placa de trânsito - proibido dobrar

Seja para a esquerda ou para a direita, a placa de “Proibido dobrar” visa sinalizar que uma direção é interditada para veículos.

Normalmente, são instaladas para apontar que determinada rua não pode dobrar por causa da mão, assim como também tem função de impedir manobras e conversões em espaços não autorizados, como cruzamentos e pistas divididas.

Seu símbolo é uma seta dobrada, com o risco vermelho na diagonal.

Proibido estacionar

Entre os exemplos de placas de trânsito comuns no mundo inteiro, a de “proibido estacionar” também é usualmente conhecida e tem a função fundamental de impedir que veículos parem em locais proibidos, tais como na lateral de ruas, calçadas etc.

Além disso, no padrão brasileiro, essa placa de trânsito é simbolizada com uma letra “E” cortada ao meio.

Proibido ultrapassar

placa de trânsito - proibido ultrapassar

Essas placas estão presentes com frequência nas rodovias e estradas, ao longo de determinados trajetos, acompanhados da linha contínua amarela que separa as vias.

No entanto, essas mesmas placas de trânsito servem para ruas de grande movimentação em centros urbanos. Seu símbolo consiste em dois carros lado a lado com o corte vermelho na diagonal do meio.

Proibido trânsito de veículos automotores

As placas com a imagem de um automóvel cortado, com a faixa vermelha na diagonal, representam que aquela localidade não permite o trânsito de veículos automotores. Encontramos essas placas de trânsito na entrada de parques, ciclovias ou locais fechados para o tráfego.

Dessa forma, elas podem ser acompanhadas de outros avisos, como horários e datas da proibição, tais como finais de semana, horários noturnos, entre outros exemplos.

Altura máxima permitida

Altura máxima permitida

Uma outra placa de trânsito muito comum em vias de grande tráfego e, principalmente, com a presença de passarelas, viadutos e pontes é a de “altura máxima permitida”.

Como o próprio nome já sugere, essa placa de trânsito visa orientar sobre a altura permitida dos veículos que podem transitar nessa via, justamente para evitar colisões ou riscos com essas estruturas.

Seu símbolo é caracterizado por duas pequenas setas nas extremidades da placa, e o valor da altura máxima autorizada no centro.

Velocidade máxima permitida

placa de velocidade máxima

Entre as placas de trânsito padronizadas em todo o mundo, sem dúvida, essa não tem alteração alguma, independentemente do país que você resida.

Sua imagem é a velocidade permitida em destaque, calculada pela variação km/h.

Placas de advertência

Diferente das placas de regulamentação, as de advertência visam simplesmente orientar condutores e pedestres sobre determinadas características e riscos daquela via, mas não envolvem, necessariamente, regras e normas de obediência.

Elas são padronizadas pelas cores amarela e preta. Veja alguns exemplos, a seguir!

Curva acentuada

placa curva acentuada a direita

Em estradas e rodovias, essas placas de trânsito servem para advertir que, a seguir, haverá uma curva mais acentuada e que é prudente o condutor estar mais atento.

Seu símbolo é uma seta curvada, seja para direita, seja para a esquerda, com o fundo em amarelo.

Declive ou aclive

placa de trânsito declive

Essas placas de trânsito indicam que haverá na via, um aclive (subida) ou declive (descida) e, dessa maneira, o motorista precisa se atentar.

Área com desmoronamento

Outra placa de trânsito de advertência muito comum no Brasil é a de sinalização de áreas com riscos de desmoronamento.

Por isso, são simbolizadas com a imagem de um carro e uma barreira ao lado se despedaçando. A instalação ocorre nas encostas de morros e rochas com esse risco.

Animais silvestres

placa animais silvestres

Entre as placas de trânsito mais variáveis, a de animais silvestres pode ganhar diferentes imagens e símbolos, dependendo da região.

Contudo, ela costuma ser sinalizada com a imagem de um veado, mas em muitas localidades ela apresenta a representação de outros bichos.

Enfim, você conheceu algumas das principais placas de trânsito utilizadas no CTB, suas características e importância para a organização, sinalização e orientação, tanto de condutores, como de transeuntes em geral.

Curtiu as dicas? Então, aproveite para compartilhar o post em suas redes sociais e torne essas informações acessíveis a mais pessoas!

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

One Comment

  1. maria marcia do nascimento pereira

    Perfeito 👏

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *