Comprar carro com CNPJ: tudo o que você precisa saber
comprar carro com CNPJ patio

Comprar carro com CNPJ: tudo o que você precisa saber

Comprar carro com CNPJ pode te dar descontos importantes. Mas não é só isso. Conheça todas as vantagens (e desvantagens) dessa modalidadeDiante de tantas mudanças no mercado de trabalho e com a crise causada pela pandemia da covid-19, muita gente se passou a trabalhar por conta própria.Se você chegou a formalizar o seu negócio, obviamente tem um CNPJ. É sobre a relação entre pessoa jurídica e compra veicular que vamos falar hoje.As montadoras já tem todo um plano de venda traçado para este público. Mas a pergunta que não quer calar é: vale a pena?

Antes da compra, separe a documentação

Como pessoa jurídica, você precisa estar com toda a documentação da firma em dia antes de ir até uma concessionária adquirir um ou mais veículos.Para realizar a compra, é necessário separar para apresentação na loja o contrato social da empresa, Inscrição Estadual, o cartão CNPJ, comprovante de residência seu ou da sua empresa, e documento de identificação da pessoa jurídica.A compra só pode ser realizada pelo proprietário ou sócio. Se for um terceiro, é necessário uma procuração para realizar a negociação.

cta blog venda seu carro

As vantagens

Caso você vá até uma concessionária adquirir um veículo com seu CNPJ, a primeira coisa que vai te impactar é o valor. Por se tratar da chamada compra direta, um carro comprado pela empresa tem isenção tributária.Os descontos começam a partir de 3% e variam muito de acordo com os valores e o número de veículos que você vai adquirir. Há casos que o desconto passa de R$ 10 mil ou chegar até 30%, já que quanto mais alto o valor do veículo, maior o abatimento.As melhores oportunidades estão em modelos voltados para trabalho, como picapes e furgões. Montadoras também disponibilizam planos de facilidades para quem comprar carro com CNPJ.E por que isso? Porque um veículo adquirido por pessoa jurídica é faturado diretamente na fábrica. Para poder te dar o desconto, a montadora não inclui o ganho da concessionária.Para comprar um automóvel nessa modalidade, pesquise as opções quanto aos prazos para pagamento. É possível financiar o veículo. Mas algumas marcas de carro dão oportunidades de parcelamento diferentes daquelas oferecidas para pessoa física.Uma coisa que pode agradar muitos é ser tratado de forma diferente na aquisição. Ao comprar um veículo com seu CNPJ, alguns fabricantes de veículos oferecem um atendimento diferenciado, que se estende até mesmo no pós-venda quando há aquisição de frota.

E os contras?

É. Nem tudo são flores. Como diz o ditado: quando a esmola é grande demais o santo desconfia. Começamos pelo fato que os descontos disponibilizados pelo mercado só valem para carros zero-quilometro.E não adianta querer fazer da compra de veículo com CNPJ um negócio de revenda. De acordo com o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), o automóvel/frota tem que ficar no nome da empresa por um tempo mínimo de doze meses.Para quem é MEI, vale ficar atento ao limite de faturamento em relação ao preço do veículo. Caso você, microempreendedor individual, compre um carro caro e ultrapasse o limite anual de faturamento de R$ 81 mil, provavelmente a fiscalização vai cair em cima de você e haverá um questionamento sobre a compra.

Lembre-se: o carro é da empresa

Apesar dos benefícios na hora da aquisição, é necessário ter sempre em mente que o veículo é da sua empresa e não seu, legalmente falando.Se a empresa tiver dívidas tributárias, seja no âmbito federal ou estadual, o veículo sem dúvida será o principal “alvo” para a quitação desse montante com o governo.Assim como ocorre a busca a apreensão quando há falta de pagamento de um carro financiado por uma pessoa física, no caso da compra com CNPJ o bem também será retido, e na sequência penhorado para pagamento da dívida.Se você é MEI, trabalha sozinho, e deseja comprar o veículo com CNPJ como um bem pessoal, fique atento. É possível que na hora da compra você tenha que provar a necessidade do modelo em questão para o seu trabalho.

E como vender um carro comprado com CNPJ?

Não é só na compra que um carro vendido para empresa é tratado de forma diferenciada. No momento da venda esse mesmo carro é visto também com outros olhos.Como pessoa física, você já está acostumado com a depreciação no valor de um automóvel na hora da revenda. É aquela história: carro zero que saiu pela porta da concessionária já vale menos.Agora olhando pela perspectiva de um veículo comprado por uma pessoa jurídica isso fica ainda pior. A desvalorização de um carro de empresa pode chegar até 20%.Isso ocorre porque, lá no começo, o segmento como um todo interpretou que sua empresa comprou um carro para trabalhar. Ou seja, ele teve um uso muito maior e mais severo que um veículo de uma pessoa física.Por isso, o valor da revenda fica bem abaixo em uma comparação de carro comprado com CNPJ versus comprado com CPF. Assim como tudo na vida, é necessário achar um caminho do meio e analisar muito todos os prós e contras da compra com CNPJ para não se arrepender no futuro.

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *