Imagem de chave de carro

Descomplicando a transferência de veículo

Todo carro possui sua documentação básica, desde o mais velho e arrebentado até o recém-comprado que nem quinhentos quilômetros rodados ainda têm. Nela contém todas as informações referentes ao automóvel desde o momento da sua fabricação até o presente dia. Caso ele seja vendido, o comprador, juntamente com o dono, deve realizar a transferência de veículo, a fim de se manter dentro da lei e também de facilitar o controle do Detran local sobre os veículos em circulação.

Para quem adquire um veículo, é extremamente importante que passe a posse do carro para o seu nome. Só assim essa pessoa poderá, por exemplo, contratar um serviço de seguro para o automóvel. E quem decide vender o veículo também deve dar muita importância para tirar a posse do seu nome. Com isso, ficará livre de receber eventuais multas ou processos que, na verdade, quem levou foi o dono atual. Quanto mais rápido tudo isso for feito, menos dor de cabeça os envolvidos terão.

cta blog venda seu carro

Ainda há uma série de informações sobre transferência de veículos que podem ser muito úteis para você quando for comprar ou vender um carro. Dúvidas envolvendo a documentação necessária para a transferência, sobre as taxas cobradas durante o processo ou até mesmo onde dar entrada nesse processo todo também são frequentes.

Por isso, vender seu carro com a InstaCarro pode ser uma boa ideia: te ajudamos a separar os documentos necessários e com todo o passo a passo de transferência de veículo. Além disso, você consegue vender o carro no mesmo dia em que ele for anunciado! Fácil né?

Agora, confira no conteúdo abaixo para saber mais sobre as principais informações sobre transferência de carro.

Como realizar a transferência de veículo

Para a maioria das pessoas, realizar essa operação remete a dores de cabeça, principalmente envolvendo os documentos necessários para transferência de veículo. Porém, fique tranquilo(a), vamos explicar detalhadamente todo o processo, os documentos obrigatório e as possíveis taxas a serem pagas.

Fechada a venda de um carro, o primeiro passo é reconhecer firma por autenticidade das duas partes envolvidas no negócio. O comprador irá adquirir, então, o Certificado de Registro de Veículo (CRV) assinado pelo ex-proprietário. A partir daí, o novo dono do veículo terá um prazo para finalizar o processo: 30 dias, e nada mais. O não cumprimento desse período acarretará na aplicação de uma multa grave ao comprador, que resulta em um total de 5 pontos na CNH.

Iniciado o prazo, antes de mexer em qualquer coisa de documentação, vá até uma agência bancária para se certificar de que o carro não possui nenhum débito pendente, como pagamento do imposto da tabela IPVA atrasado ou multas. Sem as contas em dia, não é possível completar a transferência. Estando tudo em ordem, pague a taxa de transferência imposta pelo Detran e, finalmente, avance para a parte mais chata do processo: levantar toda a documentação necessária para dar entrada na transferência. São esses os documentos (originais e cópias simples):

→ RG, CPF e CNH;
→ O CRV com firma reconhecida no cartório e assinada pelo ex-proprietário;
→ Comprovante de residência, no nome do proprietário e com, pelo menos, 6 meses de expedição;
→ Laudo de vistoria do carro feito pelo Detran local ou por uma Empresa Credenciada de Vistoria (ECV);
→ Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV);
→ Comprovantes de pagamento do IPVA, licenciamento e multas quitadas, fornecidos pelo proprietário anterior;
→ Duas cópias do formulário do RENAVAM;
→ Dois decalques do número do chassi do veículo;
→ Certidão ou pesquisa do RENAVAM que comprova que o veículo não possui nenhum débito administrativo pendente,
→ Comprovante de pagamento das taxas de transferência (variam de estado para estado).

Alguns custos extras envolvidos no processo podem acontecer, como emitir um CRLV novo e até os serviços do cartório. Agendada a transferência, o ex-proprietário recebe o comunicado de venda, que o protege de qualquer eventual multa ou processo adquiridos pelo novo dono. Quanto a esse, resta apenas esperar a colaboração do Detran para que o documento único de transferência seja emitido.

Transferência de veículos para outros estados

Cada estado possui o seu Detran, e, claro, cada um desses Detrans possui suas próprias diretrizes em relação às burocracias para utilizar qualquer tipo de serviço prestado. No caso da transferência de documento de veículo, os documentos obrigatórios podem ser diferentes. Porém, alguns estão previstos no Código Brasileiro de Trânsito (CTB): CRV original, CRLV e o comprovante de quitação das dívidas. De resto, é necessário consultar o Detran do estado do comprador para se informar sobre o resto da documentação.

No geral, mesmo com a forma de atuação diferentes entre cada um dos Detrans, o processo é o mesmo que o da transferência para o mesmo estado. Após todos os trâmites serem realizados, um novo CRV será emitido com o endereço do novo proprietário.

Realizando a transferência do veículo sozinho

Bom, você percebeu como transferir um veículo não é tarefa fácil. Existe toda uma burocracia envolvida, e o período disponível pode não ser o suficiente, já que, normalmente, os envolvidos na compra possuem outras responsabilidades ao longo do mês.

Para que o prazo seja cumprido e também para evitar dor de cabeça ao novo proprietário do veículo, existem serviços de despachante que realizam todo o processo para você. Entretanto, esse serviço custa – prepara-se – em torno de R$ 500, mais caro até do que a taxa de transferência do Detran.

Não tem segredo para evitar esse serviço: o comprador precisa realizar todas as etapas explicadas nesse post por conta própria. Desde reconhecer a firma no cartório até levantar toda a documentação e agendar a transferência. Seguindo todos as orientações citadas aqui no blog do Instacarro, você pode ficar tranquilo para realizar a operação.

Locais para transferência de veículos

Todo documento de transferência deverá ter seu registro feito no órgão executivo de trânsito do município de residência do comprador. Entretanto, o Detran, no geral, possui diferentes postos de atendimento para realizar o registro de veículos, bem como, para fazer a vistoria, o comprador do carro poderá recorrer a uma ECV. Confira as informações sobre os diferentes locais que são necessários para completar a transferência de veículo em São Paulo e no Rio de Janeiro:

Transferência de veículo em SP

O Detran-SP possui o total de onze postos de atendimento na capital paulista que auxiliam na transferência de veículo, distribuídos ao longo dos quatro extremos da cidade. A documentação, após ser levantada, deve ter sua entrada feita nesses postos. Há também Ciretrans e Seções de Trânsito por todo o estado, que realizam o mesmo atendimento  do Detran da capital.

Para realizar a vistoria do seu veículo, no site do órgão, na seção de transferência de veículos, é possível encontrar a ECV mais perto de você. Confira as opções dentro da capital:

Detran – Armênia
Av. do Estado, 900
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Interlagos
Av. Interlagos, 2225 – dentro do Shopping Interlar
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Marechal Deodoro
Praça Marechal Deodoro, s/nº – estação Marechal Deodoro do metrô
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 8h às 17h

Detran – Raposo Shopping
Rodovia Raposo Tavares, Km 14.5
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 10h às 19h

Detran – Sede Administrativa
R. Boa Vista, 221
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 8h às 17h

Detran – Cidade Ademar (Poupatempo)
Av. Cupecê, 5497
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Itaquera (Poupatempo)
Av. do Contorno, 60
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Sé (Poupatempo)
Praça do Carmo, s/nº
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Lapa (Poupatempo)
R. do Curtume, s/nº
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Detran – Santo Amaro (Poupatempo)
Rua Amador Bueno, 176/258
Horário de atendimento: de 2ª a 6ª, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h

Transferência de veículo no RJ

Ao longo de todo o estado do Rio de Janeiro, o Detran-RJ possui mais de 80 postos de atendimento para qualquer tipo de serviço relacionados ao trânsito e transferência de veículo. No site do órgão, é possível, também, encontrar o posto de vistoria de veículo mais próximo a você. Na capital, são doze opções, confira:

Detran – Barra
Av. João Cabral de Melo Neto, s/nº – ao lado da entrada de carga do Via Parque
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Campo Grande (DER)
Estrada do Mendanha, 1.672
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Ceasa
Av. Brasil, 19.001
Horário de atendimento: de 2ª  sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Cocotá
Praça Poeta Manoel Bandeira, s/nº
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – DNER
Av. Brasil, 13.760 – Trevo das Margaridas – próximo à passarela nº 23
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Francisco Bicalho
R. Idalina, 35
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Haddock Lobo
R. João Paulo, s/nº
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Machado de Assis
R. do Catete, 325
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Parada de Lucas (DER)
Av. Brasil, 13.350
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Santa Cruz
Av. Átila Temporal, s/nº – em frente à elevatória da CEDAE
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – URSD Governador Marcello Alencar
Estrada de Tubiacanga, s/nº
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

Detran – Vila Isabel
R. Torres Homem, 697 – antigo pátio da CTC
Horário de atendimento: de 2ª a sábado, das 7h15 às 18h

 

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *