Preços de carro: como funciona a desvalorização de um carro?
Vendedor mostrando carro para compradora em loja de veículos financiamento ou consórcio de carro

Preços de carro: como funciona a desvalorização de um carro?

Após um bom tempo juntando dinheiro, você consegue comprar o carro que desejava. Porém, apenas dois anos depois, percebe que ele se desvalorizou em 40% do valor. Como? Por quê isso aconteceu? Na verdade, é algo comum e também lógico que haja essa desvalorização nos preços de carro. O veículo é um bem de consumo e, ano após ano, tende a ter um valor mais baixo, diferentemente de um imóvel, que é um bem de investimento e se valoriza com o passar do tempo.

Novos modelos, mais recentes, são lançados, bem como todo o uso do carro também conta para que o valor desça. É muito provável que haja um apego entre o dono e o automóvel, até porque rodaram tantos e tantos quilômetros de estrada juntos. No entanto, a avaliação que estabelece preço de carros usados tende a ser rígida, e o valor pode não ser o esperado.

cta blog venda seu carro

Há diversos critérios que determinam o valor de depreciação de um carro. Quilometragem, ano do veículo e conservação do veículo são alguns deles. Se quiser saber mais  do porquê o seu carro valer menos que o esperado, confira o porquê abaixo.

Interessado em vender seu carro? Faça um agendamento com a InstaCarro e venda com agilidade e segurança.

Preços de carro: quais são os critérios para a desvalorização

Preço de carro usado cai gradualmente, por porcentagem, a cada ano que passa. A depreciação do valor vai além da simples mudança do ano. Existem alguns pontos que são considerados para consolidar os preços de carro. São eles:

→ Quilometragem
Não há segredo: quanto mais quilômetros rodados o carro tiver, menor será a sua valorização. Antes de trocar de veículo, cheque a quilometragem do seu atual. Também tenha em mente que, em média, carros rodam 12 mil km por ano.

→ Oferta e demanda do carro
Caso você tenha o desejo de possuir um carro incomum, mas que atenda às suas necessidades, prepare-se: seu valor de revenda provavelmente será baixo, devido a pouca demanda do automóvel. Normalmente, o valor do carro é resultado da combinação dos dois fatores juntos. Porém, no geral, a demanda dita o preço. Se ela for alta, o valor tende a aumentar.

→ Conservação do veículo
Caso você venda para uma concessionária, o carro, provavelmente, passará por uma inspeção detalhada dos lojistas a fim de buscar até pequenos problemas que possam diminuir o preço de veículos. Bem conservado, o veículo necessitará de menos reparos – ou até nenhum -, e, consequentemente, possuirá um valor maior.

→ Ano do carro
Como dito antes, o ano de modelo do veículo influencia, e muito, nos preços de carro. O automóvel estar bem conservado e com pouca quilometragem ajuda a retardar a desvalorização, claro, mas, quanto mais “velho” ele for, menor será o seu valor.

→ Alterações no veículo
No geral, alterações no carro são feitas visando estética ou segurança. O primeiro tipo de mudança possui fortes tendências a desvalorizar mais ainda o carro em uma possível venda. Se tratando de automóveis, a boa estética é algo que muda de pessoa para pessoa.

Já quanto a segurança, não é sempre que valoriza um carro. Blindá-lo, por exemplo, pode não ser prioridade para muitas pessoas, ainda mais quem não mora em cidade grande, portanto, a desvalorização, mesmo que pouca, deve acontecer. Em suma: alterar o seu carro, seja por questão de segurança ou estética, provavelmente não ajudará a valorizá-lo.

→ Tabela Fipe
A Fipe é uma tabela de preço de carros que serve como um indicador mensal da média de preço de todos os veículos fabricados de 1985 até os dias de hoje. O valor é calculado a partir de todas as transações envolvendo o modelo do carro no mês anterior, e vale ressaltar que não é obrigatório que os automóveis sejam vendidos no valor da tabela. 

Porque a desvalorização de um veículo deve ser considerada um gasto

Quase todos os consumidores brasileiros que possuem um automóvel consideram a desvalorização de preços de carros usados apenas na hora da venda. Entretanto, é fato que essa depreciação ocorre gradualmente ao longo do tempo, mês após mês. Ou seja, ao final de cada ciclo de trinta dias, o seu carro possuirá um valor diferente e, provavelmente, menor. Esse valor a menos, então, pode ser tratado com uma despesa, virtualmente paga com a desvalorização.

Tratar a depreciação como uma despesa provavelmente não ajudará a recuperar em uma venda futura o dinheiro que foi gasto, mas fará com que o dono do veículo saiba o quanto o carro custou sendo sua propriedade. Tendo isso em mente, fica mais fácil definir o momento certo de vender o veículo, a fim de evitar mais despesas com ele.

Top 10 carros que menos se desvalorizaram em 2017

Dentre os que tiveram os preços de carro menos desvalorizados em 2017, segundo a Revista Auto Esporte, algumas montadoras se destacam por possuírem mais de um veículo na lista, como a Honda e a Volkswagen. O Chevrolet Onix, bastante vendido e considerado um carro popular, também figura na lista. Confira:

 

Infográfico: top 10 carros que menos desvalorizaram

1 – Honda HR-V

Preços Carros Novos Honda HRV

O SUV da Honda foi o décimo carro mais vendido de 2016 em todo Brasil, segundo dados da Fenabrave. Cada vez mais comum nas ruas, o HR-V agrada muito pelo estilo. Também possui a menor valorização dentre todos os carros. O consumo de combustível do automóvel também é apontado como muito bom, chegando a fazer em torno de 13 km/L com gasolina na cidade.

Desvalorização: 4,5%

2 – Jeep Renegade

Preço Carro Renegade

Lançado há dois anos pela construtora Jeep, o Renegade também agrada pelo estilo, além de possuir uma estabilidade muito acima da média. Confortável e muito bom de guiar, a dirigibilidade do carro também é ótima. A Jeep construiu um veículo recheado de instrumentos e mimos ao motorista, buscando tornar o mais agradável possível a sua condução.

Desvalorização: 6,4%

3 – Chevrolet Onix

Carros Populares Onix

Difícil imaginar uma lista dessas sem o carro mais vendido de 2016, né? Pois bem, a Chevrolet emplacou cerca de 153 mil Onix no ano passado, e muitos o consideram a melhor opção de carro popular no mercado. A durabilidade do veículo é notável para muitos dos motoristas que o possuem, o que, junto ao fato de ser muito econômico, aumenta ainda mais o custo-benefício do carro.

Desvalorização: 8,3%

4 – Land Rover Discovery Sport

Preço Carro Discovery

Há dois anos atrás, os primeiros Discovery Sport da Land Rover começaram a ser importados da Inglaterra. Atualmente, a rede de concessionárias ainda não é grande, e, mesmo não tendo um dos menores preços de carro do mercado, o veículo caiu nas graças dos seus consumidores. Motor, desempenho e custo-benefício ótimos. 

Desvalorização: 9,3%

5 – Volkswagen up!/Cross up!

Preço carros novos UP

Tamanho realmente não é documento. O pequeno Up! da montadora alemã possui um alto desempenho e é um carro potente, ainda mais na sua versão Tsi. O custo-benefício também é muito vantajoso. Ainda é um veículo econômico, que chega a fazer mais de 10 km/L na cidade, e o motor, mesmo sendo 1.0, quase não perde potência quando o ar-condicionado está ligado.

Desvalorização: 9,4%

6 – Ford Ka

Preços tabela carros ford ka

O Ka foi o terceiro carro mais vendido do ano passado. É um automóvel que agrada pelo estilo e conforto, além de ter um ótimo custo-benefício. Dentre os populares, é considerado um dos automóveis com os melhores preços de carro disponíveis no mercado. Também é um veículo que entrega bons equipamentos para seus motoristas, com diversos comandos no painel. 

Desvalorização: 9,9%

7 – Suzuki Jimny

Carro Preço Jimmy

Presente no Brasil há quase vinte anos, quando foi importado do Japão, o Jimny é um 4×4 que possui um ótimo desempenho fora-de-estrada. Pode não ser um carro muito comum nas ruas, mas quem o possui costuma recomendar fortemente. No seu país de origem, é um dos automóveis mais clássicos que têm, sendo comparado até com a popularidade do Fusca no Brasil.

Desvalorização: 10,0%

8 – Honda CR-V

Preços Carros Honda CRV

O CR-V teve que começar a dividir suas atenções com o HR-V quando esse chegou ao mercado. Ainda assim, esse automóvel da Honda continua sendo um dos mais visados por quem busca adquirir um SUV. Confortável e estiloso, também possui um ótimo motor. Aliado à sua ótima suspensão e ao bom câmbio que possui, O CR-V pode ser considerado, no mínimo, um SUV de respeito.

Desvalorização: 10,1%

9 – Volkswagen Fox/CrossFox

Preço Tabela Carros Crossfox

Presente no mercado de carros populares há quase quinze anos, o Fox ainda é uma opção em que os brasileiros confiam. Foi o décimo terceiro carro mais vendido de 2016 e também figura na lista dos carros menos desvalorizados deste ano. Além de ser um carro conhecido, o seu ótimo custo-benefício talvez seja o motivo de mantê-lo como um dos mais vendido em todo o país.

Desvalorização: 10,3%

10 – Honda City

Carros Populares Preço City

No décimo lugar da lista, mais um da Honda. O City, um sedan estiloso e comprido da construtora japonesa, possui um custo-benefício alto e uma estabilidade acima da média, além de um ótimo motor. Com a mecânica muito boa que possui, o desempenho do City pode ser considerado um dos melhores da categoria, além de possuir um consumo não muito elevado.

Desvalorização: 10,4%

Posts relacionados

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Golpes na compra e venda de carros no Brasil: prejuízo chega a R$ 2,7 bi

Os golpes na compra e venda de carros no Brasil ainda estão em alta, confira os modelos mais visados pelos…
Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi A4 e A5 chegam com tração integral quattro e visual renovado

Audi lança modelos A4 e A5 com preços até R$ 394.990,00 para A5 na versão topo de linha A Audi…
BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

BMW M3 CS chega ao Brasil por mais de R$ 1 milhão e todas unidades vendidas

Edição limitada e mais potente do BMW M3 CS: apenas 17 unidades disponíveis que já foram vendidas no país. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *