Ferrari LaFerrari: o hipercarro italiano que conquistou Lewis Hamilton
LaFerrari Hamilton foto instagram

Ferrari LaFerrari: o hipercarro italiano que conquistou Lewis Hamilton

Ferrari LaFerrari é a chance dos Tifosis verem Lewis Hamilton andando de Ferrari. Conheça mais detalhes sobre o hipercarro do octacampeão de F1.

O Ferrari LaFerrari, conhecido também como F150, chegou ao mercado como edição limitada em 2013. No lançamento do hipercarro, a empresa escolheu um refinado grupo de pessoas para possuir o modelo espetacular da marca italiana. O LaFerrari sucede o consagrado Ferrari Enzo e só teve 499 unidades fabricadas. 

cta blog venda seu carro

Como curiosidade, entre esses sortudos que possuem a Ferrari F150 em sua garagem, está o consagrado heptacampeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton. O veículo irá integrar a coleção do piloto que já conta com um Pagani Zonda, um Mustang Shelby GT500 e, claro, dois carros da Mercedes: o SLS AMG Black Series e o A45 AMG.

O LaFerrari é o primeiro modelo da marca, exceto o Dino 308 GT4 1973 (desenhada pelo estúdio Bertone), que não teve no seu projeto a participação da Pininfarina, sendo que o encarregado pelo desenho do modelo foi Flávio Manzoni. A Carrozzeria Pininfarina é uma empresa também italiana fabricante de carrocerias de superesportivos, com sede em Turim, Itália

ferrari dino 208 gt4

Características técnicas da LaFerrari

FerrariLaFerrari

O F150 carrega o motor V12 combinado ao sistema elétrico HY-KERS híbrido, proporcionando assim 950 cv de potência. O LaFerrari atinge de zero a 100 km/h em apenas 3 segundos, com velocidade máxima de mais de 360 km/h.

O conjunto do modelo é realmente fantástico, com destaque para seus freios Brembo. Segundo a Ferrari, os rotores de cerâmica de carbono provavelmente devem durar toda a vida útil do carro. 

Os componentes têm a capacidade de parar um trem de carga, mas em condução normal, os motores elétricos transformam-se em geradores. A frenagem regenerativa do modelo torna a energia cinética do carro em tensão e a envia para as baterias. 

Quem vê o LaFerrari pessoalmente, notará que o cockpit é bem diferente dos carros tradicionais. Apesar disso, o símbolo do cavalo no fundo amarelo no volante sem dúvidas é o mais chamado. 

O assento é fixo na posição e, em vez disso, o volante e a caixa do pedal se ajustam para atender as mãos e os pés do motorista. Todos os controles são colocados diretamente na frente do condutor, com os controles secundários localizados no painel da porta.

Quando comparamos o LaFerrari com seu antecessor, o Enzo, ele tem praticamente o mesmo tamanho, porém o F150 é mais leve, com 1365 kg. O principal diferencial entre os modelos está no entre-eixos, sendo que os balanços dianteiro e traseiro são mais equilibrados. 

Quando vista de frente e pela lateral, o LaFerrari mostra um nariz baixo, enfatizando as laterais musculosas, um tributo aos protótipos de competição da marca italiana dos anos 1960 e 1970. 

Um fato curioso do LaFerrari é que o modelo foi desenhado em túnel de vento para ter um perfeito balanço entre aerodinâmica e downforce. Ele utiliza sistemas aerodinâmicos ativos, incluindo spoilers e difusores que automaticamente se estendem ou retraem dependendo da velocidade. 

Teoricamente, se todas as asas e difusores estiverem abertos, enquanto se dirige a 360 km/h, o LaFerrari pode criar tanto downforce que pode ser dirigido de cabeça para baixo. 

LaFerrari será substituída por modelo híbrido

Com todas as unidades vendidas, o LaFerrari ganhará seu sucessor em 2023 baseado nos carros da Le Mans do WEC (World Endurance Championship). O novo superesportivo deve chegar dez anos após o lançamento do F150 e deve carregar um motor capaz de gerar  mais de 1.000 cv. 

Antes havia boatos de como seria esse novo modelo, porém a previsão se confirmou depois da Ferrari confirmar sua participação na categoria da Le Mans em 2023. Como regra, para participar da competição, a equipe precisa de uma versão “civil” do modelo de competição.

A unidade de teste do sucessor do LaFerrari já foi inclusive flagrada e possui algumas mudanças na carroceria, como o formato das entradas de ar na frente e uma alteração no para-choque traseiro. 

Posts relacionados

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

InstaCarro realiza venda de carros em até 24H

Há mais de 10 anos a InstaCarro vem inovando no Brasil vendendo carros em ritmo acelerado, pelo aplicativo e sem…
Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Congresso aprova programa MOVER de incentivo ao setor automotivo

Com a aprovação do Programa MOVER, ANFAVEA prevê um futuro promissor para o setor automotivo, com foco em sustentabilidade e…
Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024: SUV é ótima opção no mercado, mas ainda comete pecados bobos

Ford Territory 2024 é uma surpresa agradável para quem busca um SUV espaçoso, tecnológico e com bom custo-benefício, mas raiz…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *