Nova Montana: picape da Chevrolet chega em 2022 para encarar Fiat Strada e Fiat Toro
chevrolet nova montana 2023 - projeção

Nova Montana: picape da Chevrolet chega em 2022 para encarar Fiat Strada e Fiat Toro

Feita sobre a base do Tracker, Nova Montana deve ter porte maior do que modelo atual e motor turbo

A nova Montana é uma das novidades mais esperadas da Chevrolet. Apesar de herdar o nome da picape derivada do Corsa (que estreou em meados dos anos 2000), o projeto será completamente diferente do modelo atual, feito sobre a base do finado Agile.

cta blog venda seu carro

A picape é resultado de um investimento de R$ 10 bilhões, que foi confirmado em março deste ano, mas já havia sido anunciado em 2019 – e congelado no ano seguinte por conta da pandemia. A produção será feita em São Caetano do Sul (SP), mesma fábrica de onde sai o Tracker – e isso não é por acaso, como você vai descobrir mais adiante.

Perfil nova Montana revelado pela Chevrolet

Pouca coisa se sabe a respeito da nova Montana a não ser o seu nome. Mesmo assim, é possível projetar alguns detalhes sobre o próximo grande lançamento da Chevrolet no mercado brasileiro. E é isso que vamos fazer a seguir.

Design da nova Montana terá muito do Tracker

Antes de tudo, é bom ressaltar que a nova Montana será “promovida” no mercado nacional. Na prática, isso significa que a picape nao só vai encarar Fiat Strada e VW Saveiro como também concorrerá com Renault Oroch e Fiat Toro. E ainda esperamos por futuros lançamentos, como a Ford Maverick e (quem sabe?) até a Volkswagen Tarok.

chevrolet nova montana 2023 - projeção
Projeção: Overboost BR

É por isso que o projeto deve ser baseado no Tracker. O SUV compacto pode não ser tão grande, mas é maior do que um hatch como o Onix, e isso já credencia a nova picape para enfrentar seus futuros concorrentes.

Para usar como referência, a Fiat Toro tem 4,94 metros de comprimento, 1,84 metro de largura, 1,67 metro de altura e distância entre eixos de 2,99 metros. Já a Duster Oroch é significativamente menor: são 4,70 metros de comprimento (24 cm mais curta do que a Toro), 1,82 metro de largura, 1,69 metro de altura e distância entre eixos de 2,82 metros.

Sobre o design, é importante lembrar que o próprio Tracker já compartilha várias peças de acabamento com Onix e Onix Plus. Isso fica mais evidente na cabine, já que partes como painel de instrumentos, volante, central multimídia são idênticos nos modelos.

Essa tendência deve ser repetida na nova Montana, que vai trazer muita coisa do Tracker – inclusive do lado de fora. Mas não espere por um mero “Tracker com caçamba”. Os designers da Chevrolet vão se esforçar para esconder o parentesco entre eles, da mesma forma que fizeram (muito bem, diga-se de passagem) com Onix/Onix Plus e Tracker.

Projeções como as feitas pelo Overboost BR seguem este caminho. Apesar de algumas peças serem compartilhadas, muitos elementos da nova Montana seriam exclusivos.

Nas imagens feitas pelo designer Renato Aspromonte, o conjunto óptico está dividido em duas partes, com as luzes diurnas na parte superior e os faróis logo abaixo. Não seria surpresa se a picape realmente fosse assim, uma vez que a própria Chevrolet já aplicou esta solução (tão em moda na indústria automotiva) no Trailblazer vendido nos Estados Unidos.

Até agora, a Chevrolet revelou apenas um teaser com a silhueta do futuro modelo. E essa imagem sugere realmente que existirão semelhanças entre ela e o Tracker. Alguns detalhes devem ser exclusivos, como as caixas de roda mais pronunciadas para reforçar a sensação de robustez – algo bem-vindo quando pensamos em picapes.

A traseira ainda não foi revelada, mas espere por algo semelhante à Silverado americana. Ou seja, lanternas mais retas e o nome “Chevrolet” em baixo relevo na tampa da caçamba. 

Nova Montana: base de Onix e motores turbo

Se o visual terá alterações em relação aos compactos da GM, a plataforma será a mesma de Onix e Onix Plus. Trata-se da plataforma modular GEM, que também serve ao Tracker. Assim, a nova Montana terá carroceria do tipo monobloco, como a Toro – alvo da Chevrolet desde o primeiro dia de desenvolvimento. Vale lembrar que modelos com a própria S10 são montadas sobre chassi por conta do uso mais intenso em localidades fora dos centros urbanos.

A vantagem da nova Montana é seu maior conforto no uso na cidade, uma vez que sua condução se aproxima mais a de um automóvel de passeio. Fica a dúvida sobre o tipo de suspensão traseira que a GM vai escolher para sua picape: o Tracker utiliza eixo de torção, mas não podemos descartar a suspensão independente, como acontece na Toro.

É pouco provável que a picape tenha o motor 1.0 turbo de até 116 cv, que poderia ter dificuldades para impulsionar um veículo feito para transportar carga.

Com isso, a GM deve aproveitar a motorização 1.2 turbo do Tracker – único modelo que utiliza este propulsor atualmente. No SUV, são 133 cv e 21,4 kgfm de torque máximo com etanol no tanque, associado a uma transmissão automática de seis marchas.

Resta saber se a engenharia da GM vai trazer uma motorização mais potente ou realizar melhorias para melhorar o desempenho do conjunto. Até porque, se a intenção é concorrer com a Toro, é bom lembrar que a picape da Fiat acaba de ganhar um 1.3 turbo de até 185 cv. E ainda conta com o motor 2.0 turbodiesel de 170 cv, que dificilmente terá concorrência por parte da nova Montana.

Picape terá boa lista de equipamentos

Não será apenas no visual e nas motorizações que a nova Montana vai se inspirar no Tracker. A picape também deve ter uma versão Premier com o mesmo pacote de equipamentos do SUV.

Sendo assim, o carro deve ter 6 airbags, controles de estabilidade e de tração, luzes diurnas em LEDs, assistente de partida em rampas, alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, rodas de liga leve de 17 polegadas, sensor de pressão dos pneus, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade e central multimídia com suporte a Android Auto e Apple CarPlay sem fios, além de internet 4G e conexão Wi-Fi.

A picape também contará com versões mais simples, inclusive uma delas voltada para o trabalho – como acontece hoje. A nova Montana deve estrear em 2022.

Posts relacionados

Novo Nissan Sentra 2025 chega ao Brasil, veja preço e equipamentos

Novo Nissan Sentra 2025 chega ao Brasil, veja preço e equipamentos

O novo Nissan Sentra 2025 foi lançado em duas versões, sendo a opção de entrada Advance com o preço inicial…
Conhecendo a coleção de carros de Pedro Pascal

Conhecendo a coleção de carros de Pedro Pascal

Que tal conhecer um pouco da garagem do astro de Hollywood chileno Pedro Pascal? Pedro Pascal, aclamado ator chileno, não…
Chuvas no RS causam R$ 1,3 bilhão em indenizações para seguradoras

Chuvas no RS causam R$ 1,3 bilhão em indenizações para seguradoras

Levantamento Confederação Nacional das Seguradoras mostra que por causa das chuvas no RS, o maior valor já pago no setor…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *