Híbrido de baixo custo: o que esperar do próximo Renault Duster
Renault Duster híbrido

Híbrido de baixo custo: o que esperar do próximo Renault Duster

Conheça o que já sabemos sobre a nova geração do Renault Duster, modelo que deve chegar em 2024 trazendo como um dos destaques o conjunto motriz híbrido.

A eletrificação dos carros caminha rapidamente no exterior e, ainda que a passos mais lentos, sentimos os efeitos dessas mudanças no Brasil. Pois um modelo conhecido por aqui que deve em breve entrar no clube dos eletrificados é o Renault Duster.

Mas isso não irá acontecer agora. Mas sim na próxima geração do SUV compacto, prevista para estrear na Europa em 2024. O novo Duster será construído sobre a variação da plataforma CMF-B já usada nos novos Sandero e Logan, lançados no ano passado no exterior.

Visual e motorização

A nova base é bem mais atual que a B0 usada no SUV produzido no Brasil e abre espaço para o uso de conjunto motrizes híbridos e elétricos. O grande desafio será fazer isso mantendo o baixo custo.

Em entrevista recente para a publicação britânica Autocar, o chefe de produto da Dacia (marca romena que oferece o Duster no mercado automotivo europeu), Julien Ferry, destacou que o foco do projeto da nova geração é atender ao público que busca um SUV com boa relação custo-benefício.

quanto vale o seu carro na instacarro

São avaliadas para o novo Renault Duster híbrido algumas opções de motorização. Uma delas é um conjunto híbrido convencional próprio, com um propulsor 1.8 de ciclo Atkinson. Mas há ainda algumas soluções de gaveta, já usadas na linha atual oferecida na Europa.

Uma delas é o conjunto híbrido convencional do Renault Clio E-Tech (com motor 1.6 e elétrico para desenvolver 140 cv) e a outra é o híbrido plug-in do Renault Captur europeu de 2ª geração (bem diferente do carro brasileiro de mesmo nome), que despeja 160 cv. Ambos os modelos, aliás, que usam uma variação mais sofisticada da base CMF-B.

Em termos visuais, acredita-se que o novo Duster deve seguir o mesmo estilo do conceito Bigster (visto na imagem acima), um modelo médio com cerca de 4,60 m e que deverá ganhar uma versão de produção até 2025.

Renault Duster atual

teste renault duster iconic cvt

No Brasil, desde o ano passado a Renault oferece a 2ª geração do Duster. A geração pioneira do SUV fez a sua estreia na Europa em 2009 e chegou ao mercado automotivo brasileiro dois anos depois.

Embora na 1ª geração o Duster brasileiro tenha contado com a opção de motor 2.0 e tração 4×4, a única opção de motorização oferecida atualmente para o SUV no Brasil é o 1.6 SCe de até 120 cv, combinado com um câmbio manual ou automático CVT e ao sistema de tração dianteira.

O Renault Duster é oferecido em três versões (Zen, Intense e Iconic). Com preços que variam entre R$ 96.190 e R$ 118.390. Confira aqui a nossa avaliação do SUV.

Posts relacionados

Stellantis anuncia investimento de R$ 2,5 bilhões em fábrica no RJ

Stellantis anuncia investimento de R$ 2,5 bilhões em fábrica no RJ

Stellantis confirmou o investimento para a produção de um novo carro e mostrou o próximo lançamento para o governador do…
Toyota Corolla 2024 é lançado, preços partem de R$148.990

Toyota Corolla 2024 é lançado, preços partem de R$148.990

O Toyota Corolla 2024 chega ao mercado com melhoras no consumo de combustível, além de um novo painel e mudanças…
Novo Renault Megane E-Tech chega ao Brasil por R$ 279.900

Novo Renault Megane E-Tech chega ao Brasil por R$ 279.900

Megane E-Tech tem 220 cv, autonomia de até 495 km no uso urbano e 463 km no rodoviário e é…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *