Saiba como se planejar para trocar de carro em 2023
Imagem de casal realizando compra de veículo

Saiba como se planejar para trocar de carro em 2023

Vai realizar a troca de carro? Confira aqui as principais questões que devem ser levadas em conta neste momento para não comprometer

Trocar de carro por um modelo do ano é o desejo de muitos brasileiros. Para realizar esse sonho com segurança, é necessário analisar minuciosamente todos os detalhes que envolvam a saúde financeira pessoal ― gastos com manutenção e seguro, por exemplo ― e ter certeza de que a escolha pelo modelo é realmente a desejada.

cta blog venda seu carro

Pensando nisso, separamos algumas dicas que ajudarão você a se planejar em pouco tempo e realizar o sonho de trocar de carro ainda em 2023. Confira abaixo!

Sinais que indicam a hora de trocar de carro

Depois de algum tempo de uso, o carro pode começar a dar sinais de que o mais prudente seja realizar a sua troca, para evitar prejuízos e gastos excessivos na oficina.

Nesse momento, é fundamental que o motorista esteja alerta e perceba as indicações o quanto antes, aumentando assim as chances de realizar um bom negócio. Entre os principais sinais de que o melhor é investir em um novo veículo estão:

Quilometragem alta

Quanto menor a quilometragem do seu carro maior o poder de negociação na hora de trocar o veículo. Por isso, quando notar que o carro já rodou muito, é aconselhável considerar sua troca.

Outro ponto relevante é que se o carro tiver quilometragem rodada acima de 100 mil quilômetros pode começar a apresentar muitos defeitos, aumentando assim os gastos com manutenção, além de sofrer com a elevada desvalorização no mercado.

Consertos recorrentes

Se o carro começa a quebrar e/ou apresentar problemas com frequência, este é um forte indicativo de que chegou a hora de realizar sua troca. Isso porque, os gastos com o mecânico podem comprometer seriamente seu orçamento, além de causar transtornos para o cotidiano, estresse e muita dor de cabeça.

Outro ponto que precisa ser observado é que carros que apresentam problemas com frequência também podem apresentar riscos para motoristas, passageiros e pedestres, uma vez que podem ser motivos de acidentes.

Mudança familiar

Mudanças no núcleo familiar também estão entre os principais motivos para realizar a troca do carro. Entre as modificações mais comuns estão o aumento do número de pessoas na casa — não sendo possível acomodar todo mundo no mesmo veículo — ou necessidades especiais de algum membro da família.

Fim da garantia

Quando termina o prazo de garantia do carro, é indicado considerar sua troca, já que qualquer defeito ou problema apresentado não terão mais a devida cobertura para seu reparo.

Se o valor para a contratação de um pacote de manutenção com a montadora que supra essa necessidade for muito elevado, a troca pode ser considerada como uma opção viável pelo proprietário. O melhor, nesse caso, é pensar com calma e decidir somente após considerar qual será a alternativa mais vantajosa.

Realização de um sonho

Para muitas pessoas a escolha do carro tem um significado a mais, sendo, inclusive, um sonho de consumo ou envolver questões sentimentais. Se o proprietário tiver o desejo por um modelo específico de carro, o ideal é se organizar para satisfazê-lo.

Se o carro tiver um valor elevado, porém, é preciso adequar a sua compra ao orçamento disponível, para evitar que ele seja comprometido.

6 dicas para trocar de carro

troca de carro gastando pouco - casal feliz dentro do carro

É fácil escolher o carro dos sonhos, não é mesmo? Seu modelo, cor e ano provavelmente são características que você já considerou. No entanto, o que também se deve realmente levar em conta é se o veículo supre as necessidades diárias de seu uso e se vai ou não trazer muitos gastos no seu orçamento mensal.

Então não deixe apenas o seu lado emocional falar mais alto no momento da escolha. Pense nas condições e vantagens que o carro oferece, na facilidade de manutenção e se você se sente confortável ao investir nesse modelo. Lembre-se de que está trocando um veículo por outro, que tende sempre a desvalorizar anualmente!

1. Descubra o valor do carro

É importante saber qual é o valor de mercado do seu veículo. Pesquise o preço médio do seu carro em sites especializados e evite confiar apenas na Tabela FIPE, já que ela é usada para cotar seguros e impostos. Cuidado com ofertas “milagrosas” que existem por toda parte! Pesquise muito e não mantenha apenas um meio de comunicação com o ofertante.

Verifique o histórico do veículo e converse com familiares ou amigos sobre sua escolha. Às vezes, é melhor ouvir a opinião de quem não está envolvido emocionalmente com a negociação para tomar decisões racionais e certeiras sobre o mesmo.

2. Veja se as despesas cabem no seu orçamento

Um grande problema enfrentado por muita gente é quando as contas de fim de mês não batem. Mesmo quando pensamos ter tudo sob controle, podemos não ter incluído nessas contas as despesas com manutenções e substituições de peças necessárias.

Você já deve ter ouvido falar que ter carro é o mesmo que manter outra família ― pois bem, se levar em consideração manutenções preventivas e inesperadas, a frase faz sentido. Por isso, é muito importante planejar antes de tomar a decisão pela troca de carro.

3. Avalie os concorrentes do modelo escolhido

Após escolher com cuidado o modelo de carro que fará parte do seu dia a dia e de futuras viagens, você pode (ou melhor, deve) procurar outras marcas e modelos similares a sua escolha pesando vantagens e desvantagens para não se arrepender da aquisição.

Caso sua escolha seja por um Hatch, por exemplo, pense se os itens de série oferecidos para determinado modelo agradam, se o design é o que esperava, mas, principalmente, se a mecânica desse veículo não vai onerar ainda mais suas despesas caso necessite de manutenções inesperadas. Quem já passou por isso sabe bem como é um fator importante!

4. Defina a forma de pagamento

É claro que a forma de pagamento fará parte de seu planejamento inicial, mas é importante lembrar-se de que você tem muitas maneiras ou ferramentas financeiras para liquidar de vez essa dívida. Na internet, há uma infinidade de plataformas que auxiliam nesta negociação.

Se sua ideia é vender seu carro de forma segura, eficaz, rápida e sem burocracia, procure por uma plataforma confiável e que ofereça segurança durante a negociação.

Logo tendo o valor da venda em mãos, pesquise bem e defina por qual forma de pagamento será melhor para você, se à vista ou parcelas mensais. Não se esqueça de que é preciso planejamento para evitar possíveis desconfortos financeiros.

5. O seminovo como opção

Com a grande desvalorização sofrida por alguns modelos de carros, muitas vezes, comprar um seminovo pode ser um melhor negócio do que um automóvel novo.

É importante ressaltar, no entanto, que essa decisão deve ser pensada a fim de evitar problemas com os modelos seminovos, que podem diminuir as vantagens iniciais apresentadas.

6. Cotação do seguro

O seguro de um veículo seminovo pode ser consideravelmente menor do que de um automóvel nunca usado, por isso, esse é um fator que deve ser considerado na hora de trocar o carro.

O ideal é buscar por modelos que apresentem um bom custo-benefício e esteja dentro de um valor acessível e apresente coberturas de acordo com as necessidades do proprietário e de sua família.

Como saber qual carro ideal para mim

O carro ideal para você é aquele que atende suas necessidades e da sua família, de acordo com seu orçamento mensal e desejo pessoal também. O carro escolhido deve ser funcional e adequado ao seu perfil. Entre os pontos a serem observados na hora de comprar o carro estão:

  • motivo — se a compra é por questões emocionais ou racionais;
  • estado civil;
  • se tem ou pretende ter filhos em período próximo;
  • quem vai usar o carro;
  • onde o carro vai ser usado — cidade, zona rural, pista, estrada, condições do asfalto etc.;
  • frequência de uso do carro — todos os dias, finais de semana, para viagens etc.;
  • finalidade do uso do carro — para usar no cotidiano, locomoção, impressionar, experiência diferenciada de direção etc.;
  • o que é importante o carro ser — econômico, potente, confortável, ter boa estabilidade nas curvas, ter design diferenciado, recursos tecnológicos etc.

Com o detalhamento completo e sincero da sua rotina, expectativas e necessidades, as chances de acertar na escolha aumentam consideravelmente.

Neste artigo, falamos sobre como o que deve ser levado em consideração na hora de trocar o carro sem que a decisão comprometa o orçamento e cause arrependimentos posteriormente. Com dedicação e pesquisa, é possível comprar o modelo dos sonhos e ficar satisfeito com a decisão tomada.

E aí, pronto para trocar de carro e vender o seu? Marque uma avaliação para seu carro pela InstaCarro, e venda seu carro no mesmo dia sem dor de cabeça.

Posts relacionados

F1 GP do Bahrein: Verstappen é pole no primeiro GP de 2024

F1 GP do Bahrein: Verstappen é pole no primeiro GP de 2024

Mudanças e carros novos, porém o resultado continua no mesmo ritmo que a F1 em 2023, no GP do Bahrein…
Os cinco melhores carros para Uber em 2024

Os cinco melhores carros para Uber em 2024

Encontrar um bom veículo para usar como Uber ou motorista de aplicativo pode ser uma tarefa complicada, separamos cinco bons…
BYD Dolphin Mini é lançado com preço na pré-venda de R$ 105.800

BYD Dolphin Mini é lançado com preço na pré-venda de R$ 105.800

O BYD Dolphin Mini chega ao Brasil em versão de 4 lugares e com 3 mil unidades disponíveis para compra…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *