Alto consumo de combustível: o que pode ser?
alto consumo de combustivel

Alto consumo de combustível: o que pode ser?

Seu carro apresenta alto consumo de combustível nos últimos tempos? Veja sete possíveis causas e o que fazer para solucionar o problema.

Que a gasolina não está barata não resta dúvidas. Mas o que você pode fazer para seu veículo ter um consumo menor?

cta blog venda seu carro

Além do fator manutenção do veículo, a mudança de alguns hábitos pode fazer o tanque de combustível render mais.

Separamos sete pontos de atenção para diminuir o consumo excessivo de combustível no seu veículo:

Excesso de peso

Carros pesados precisam de mais força para se locomover. E não precisa ser físico para saber que quanto mais leve o veículo, mais fácil será de acelerar sem gastar tanta gasolina/álcool. 

As montadoras estão fazendo a parte delas reduzindo o peso dos veículos para poder se enquadrar às metas de redução de combustível visando menos poluentes. 

Enquanto motorista, evite levar itens desnecessários no porta-malas. Quando for viajar, separe apenas o que realmente necessita levar. Por conta do peso, sua viagem pode sair mais cara do que o planejado. 

Calibragem

Os pneus são o ponto de contato do automóvel com o solo. Eles têm papel crucial para o consumo por conta da resistência que oferecem ao rolamento.

Segundo estudos, se o item estiver com a pressão abaixo de 10% do recomendado, o consumo do veículo pode subir entre 6% e 10%.

O motorista precisa saber exatamente a pressão recomendada pelo fabricante para fazer a calibração dos pneus, que deve acontecer quinzenalmente. 

Alguns fabricantes chegam inclusive a informação a pressão ideal para obter o melhor rendimento, mesmo que prejudicando o conforto.

Alinhamento

O desalinhamento das rodas é um grande problema para o consumo, já que faz com que o veículo sofra uma resistência maior ao rolamento. 

O indicado é que o alinhamento seja realizado a cada dez mil quilômetros rodados, ou sempre que o carro sofrer algum impacto mais forte, como cair em algum buraco. 

O automóvel também dá alguns sinais de que está desalinhado. Além do volante torto em linha reta, se você perceber que o pneu está “cantando” em curvas ou com desgaste desigual, é hora de realizar o alinhamento.

Filtro de combustível

Apesar de alguns não darem a devida atenção ao filtro de combustível, ele pode ser o responsável por seu carro estar beberrão. 

Com o passar do tempo, esse filtro vai retendo micropartículas de sujeira até chegar em um ponto que o motor começa a ter dificuldade para queimar o combustível.

Com isso, o veículo acaba consumindo mais. Por isso, troque o filtro de combustível nos prazos estipulados pelo fabricante.

Estilo de direção

Esse é um tópico polêmico, principalmente quando proprietários de veículos iguais apresentam consumos diferentes. Essa discrepância é explicada principalmente pela peça atrás do volante: o condutor. 

Quanto mais agressivo for o estilo de direção, maior será o consumo de combustível. Mesmo que o motorista não abuse da velocidade.

Evite alongar as marchas. Arrancadas bruscas também não são uma boa escolha se você deseja gastar menos no posto. 

Preste sempre atenção na velocidade que o veículo pede e qual é a marcha correta. A marcha errada faz com que o veículo tenha mais esforço, fazendo assim com que ele exija mais combustível. 

E por último: deixe o veículo engatado nas descidas. Fazer isso é mais eficiente do que deixar o veículo em ponto morto.

Ar-condicionado

Muitos motoristas têm a seguinte dúvida quanto ao consumo: é melhor dirigir com o ar-condicionado ligado ou com as janelas abertas? Essa questão surge porque os vidros abertos podem impactar na aerodinâmica do veículo.

O recomendado por especialistas é que feche as janelas e ligue o ar-condicionado quando estiver acima de 40 km/h, pois é a partir dessa velocidade que o consumo do veículo começa a aumentar consideravelmente, de 2% a 3%. Portanto, para motoristas que rodam na cidade, o indicado é andar com as janelas abertas sempre que possível.

Existe um mito envolvendo o sistema de ar-condicionado convencional que, se o equipamento estiver sendo utilizado para aquecer a cabine, não irá provocar aumento no consumo.

Mas isso não deve ser levado a sério, já que, independente da temperatura, o compressor do sistema de climatização funciona da mesma forma. 

Combustível de qualidade

O combustível adulterado é infelizmente uma realidade nos postos Brasil afora.

Além de provocar um aumento no consumo, a gasolina, etanol ou diesel de má qualidade afeta o funcionamento e pode provocar danos ao automóvel. Para evitar esse inconveniente, sempre abasteça em postos de sua confiança.

Posts relacionados

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Tesla Model Y é o carro mais vendido do mundo, veja o ranking

Em levantamento em mais de 115 países, Tesla Model Y desbanca Corolla e se torna carro mais vendido do mundo,…
Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *