Limpeza de bico: entenda o que é e se é recomendada
limpeza de bico

Limpeza de bico: entenda o que é e se é recomendada

Afinal, limpeza de bico é um procedimento recomendado ou não pelos especialistas? Confira essa resposta e o que é o procedimento aqui

Uma dúvida bem comum no universo automotivo é se os bicos do sistema de injeção eletrônica de combustível devem ser limpos. Os itens, que na verdade se chamam válvulas injetoras, podem sim receber a limpeza, porém depende do caso. Iremos entender melhor sobre limpeza de bico.

cta blog venda seu carro

Embora possam ser limpos em uma manutenção corretiva, a limpeza dos componentes de forma preventiva não é indicada. Apesar de muitas oficinas e concessionárias oferecerem a segunda opção, não limpe os bicos do sistema de injeção sempre que indicarem. 

Porque não limpar os bicos de forma preventiva?

Segundo os especialistas, é recomendado a verificação sazonal dos bicos injetores, com o intuito de saber se eles estão com o mesmo volume ou se o jato está no padrão. De acordo com o diagnóstico do profissional, a limpeza dos bicos pode acontecer, porém só se estes estiverem com algum tipo de problema, não de forma preventiva. 

Normalmente, a limpeza dos componentes acontecem quando o motor começa a apresentar algum sintoma de funcionamento irregular. 

Quando é a hora certa de limpar os bicos?

Antes de realizar qualquer procedimento, o veículo deve passar pelo diagnóstico de um especialista no assunto, já que este saberá verificar os indícios de problema com os bicos ou com o motor, ambos intrinsecamente relacionados. 

Normalmente, quando há um bloqueio de fluxo de combustível pelos injetores, os sintomas que o carro começa a oferecer ao motorista são: aumento no consumo de combustível,  falhas em aceleração, oscilações de rotação ao acelerar e aumento nos níveis de poluição. Em casos graves, o carro pode começar a acender a lâmpada de diagnóstico, mostrando que existe uma falha no sistema de alimentação de combustível.

Uso de tecnologia na manutenção

Com a evolução do mercado automotivo, novas soluções para diagnóstico de problemas vão aparecendo. Daí nascem novas soluções para o dia a dia na oficina. No caso da análise dos bicos injetores, os mecânicos contam com algumas ferramentas específicas para saber a hora de limpar os itens. 

Além do uso de computadores e softwares para saber como está a saúde do carro, o uso da máquina de ultrassom é muito utilizada para ver a situação dos bicos. Além disso, há a opção de aplicação de produto, porém nesse caso, vai depender do modelo do veículo, do tipo de sujeira e das condições do ambiente de diagnóstico.

Como é feita a limpeza de bico?

Caso o veículo realmente necessite da limpeza, o mecânico terá que ter uma máquina específica para realizar o procedimento. Nesse instrumento são retirados os chicotes, mangueira e filtro de ar. Logo na sequência, o especialista remove as válvulas injetoras da flauta do veículo, sendo estas posicionadas na máquina de limpar bicos injetores.

A flauta também passa por um procedimento, já que é acoplada em um produto específico para limpeza. Em uma cuba, o item passa por um ultrassom, onde as vibrações provocadas pela frequência elevada são responsáveis por fazer com que as partículas de sujeira se soltem da peça.

Uma outra opção para limpeza dos bicos injetores é o uso de um produto químico. Esse procedimento depende do modelo do veículo e é feita pelo próprio especialista/mecânico, que injeta a substância na flauta e ativa o propulsor. 

Quando iniciada a técnica, toda a sujeira presa na estrutura das válvulas injetoras começa a se desgrudar e fica diluindo por um tempo. Após isso, o amontoado de sujeira sai e acaba sendo queimada pelo próprio sistema de combustão do veículo.

Não se deixe enganar

Como já dito acima, alguns mecânicos e concessionárias oferecem o serviço de limpeza dos bicos injetores de forma preventiva, o que na verdade não é correto. Para manter o item com boas condições, algumas ações rotineiras já bastam, como usar combustível de qualidade e fazer a manutenção correta do veículo.

A limpeza só se faz necessária quando existe um acúmulo de sujeira, ou seja, quando o motorista começa a notar alguns sintomas de problema no carro. O conglomerado de detritos pode fazer com que haja  entupimentos dos bicos, mas só um especialista poderá dizer se o sinal que o carro está apresentando tem haver com os bicos injetores. 

Dúvida: etanol suja o bico?

Apesar do etanol ser um combustível mais limpo que a gasolina na emissão de carbono, ele pode formar goma de sujeira nos bicos injetores em veículos flex que só utilizam ele na hora de abastecer. 

As vezes que isso acontece são bem raras, apesar de existir o mito que o etanol entope os bicos injetores com muita facilidade. Porém, apesar de ser baixa as chances disso acontecer, o indicado é usar gasolina de boa qualidade uma vez por mês, pelo menos.

Posts relacionados

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Novo Polo Rock in Rio: VW lança versão especial, confira

Em comemoração aos 40 anos do festival Rock in Rio, a Volkswagen lança uma edição especial do Polo Track A…
Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Lexus ES 300h e NX 350h chegam em 2025 com novidades

Modelos híbridos da Lexus ES 300h e NX 350h recebem novos equipamentos como sistema de som Mark Levinson e carregador…
Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Stellantis investe de R$ 3 bilhões no Brasil para produção de carro

Investimento da Stellantis em Porto Real terá foco na plataforma CMP do C3 e C3 AirCross, mas Jeep Avenger pode…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *