O que fazer para que o valor de revenda do veículo não caia?
Imagem de homem limpando retrovisor de carro

O que fazer para que o valor de revenda do veículo não caia?

Você sabe o que pode interferir no valor durante o processo de revenda de veículos? Quando compramos um veículo, vivemos um período de “xodó” que faz com que adotemos muitos cuidados. Temos preocupações com a forma de fechar a porta, a lavagem, os danos na pintura e qualquer outro detalhe.

Infelizmente, essa realidade muda muito com o passar do tempo. O relaxamento faz com que muitos detalhes passem de forma mais despercebida — e isso pode acabar influenciando no valor de revenda que ele terá em algum tempo.

cta blog venda seu carro

Por mais que você não esteja pensando em trocar de carro agora, é bom saber que existem alguns fatores que podem sim influenciar a revenda de veículos usados. A boa notícia é que você pode adotar medidas para que o valor não caia. Conheça algumas delas neste post!

Mantenha a limpeza em dia

Esse é o primeiro passo para fazer com que as pessoas se interessem pelo seu carro, mas nada de pensar que ele deve estar limpo apenas no momento da venda. Quem mantém o carro limpo ajuda a preservá-lo novo por mais tempo.

É isso mesmo: o ideal é que a lavagem seja feita ao menos uma vez por semana, pois fica mais fácil remover manchas ou outros tipos de desgaste. Para isso, conte com a ajuda de materiais específicos como detergentes e panos macios.

Outro ponto importante é tentar fazer um polimento de tempos em tempos. Embora esse não seja um procedimento tão recorrente, ajuda muito na preservação do veículo e, por consequência, ajuda a manter compradores interessados.

Faça reparos na lataria sempre que necessário

A lataria é outro ponto que chama muita atenção, sendo um dos primeiros detalhes a serem avaliados quando o assunto é o valor de revenda. Por isso, sempre que tiver algum problema ou desgaste com a lataria, tente consertar o mais rápido que conseguir, pois isso previne que ele continue se desenvolvendo.

Pode ser que eles pareçam detalhes em um primeiro momento, como um risquinho ou um amassadinho inofensivo. Pois bem, com o que poucos contam é que podem se tornar maiores, favorecer outros danos e afastar os interessados.

O melhor caminho é tratar o problema assim que aparecer. Assim você fica mais tranquilo, evita que a lataria oxide e preserva seu modelo em dia.

Revisão em dia é sinônimo de bom negócio no processo de revenda de veículos

Sejamos francos: uma pessoa se interessa pelo seu veículo e, depois disso, um dos primeiros pontos abordados é justamente como ele foi cuidado nesse tempo, certo? Depois que o visual e o nível de conservação agradaram o possível comprador, esteja certo de que você vai ser questionado nesse sentido.

A maioria massiva dos compradores quer saber sobre motor, pneus, freios e outros detalhes que precisam estar em dia para dar mais credibilidade. Nesse caso, nada melhor que ter as revisões em dia, pois essa ainda é a melhor forma de garantia que você pode oferecer.

Para se livrar desse tipo de desgaste, mantenha os prazos estipulados para cada revisão (caso o veículo ainda conte com o seguro da montadora) ou tenha manutenções programadas com frequência.

É nesse tempo que as peças são trocadas, conferidas e reparadas. Todos os procedimentos fazem com que o veículo mantenha o mesmo desempenho.

Por isso guarde os comprovantes de todas essas revisões e manutenções, afinal de contas, o comprador pode querer se certificar. Com as revisões em dia, é só encontrar um bom sistema para revenda de veículos e começar a negociar a venda. Acredite: isso valoriza ainda mais o seu veículo!

Dê preferência para garagens

O lugar que você estaciona o veículo também ajuda muito. Pode parecer bobagem, mas isso faz com que ele seja conservado com mais facilidade, valorizando-o.

Além disso, se a garagem for fechada, os resultados são ainda melhores, já que você preserva o carro dos efeitos que as variações de tempo podem provocar e os rotineiros desgastes. Pense que ele fica livre do calor intenso, chuva e vários outros problemas que podem estragar a pintura e até corroer algumas coisas.

Para fechar, quem para na rua pode sofrer com dejetos de aves (que também podem desgastar a lataria) e ficar mais exposto a quedas de galhos de árvores, arranhões e até esbarrões de outros motoristas. Portanto não deixe de investir nesse cuidado sempre que possível!

Esforce-se para manter peças e acessórios originais

Não tem como fugir: ter as peças originais do fabricante é um grande diferencial para quem quer manter um bom valor de revenda. Nada mais natural, já que os veículos performam muito melhor dessa maneira.

Pense que as peças foram desenvolvidas pelas montadoras considerando as necessidades de cada modelo. Então não é de se assustar que isso traga ainda mais confiança para o comprador.

Além disso, quem coloca acessórios ou customiza demais o modelo, pode acabar enfrentando certas dificuldades. Se quiser condições de venda melhor, tente manter o carro mais próximo do original possível.

Aposte em combustível de qualidade

O preço do combustível por ser mais baixo, mas se o posto é sem bandeira, então é bom repensar. A conservação tem uma relação direta com um bom combustível — e isso também é diretamente impactado pelos postos de alta qualidade. Não negocie esse ponto!

De tempos em tempos, tente abastecer com a gasolina aditivada. Embora seja um pouco mais cara, ela aumenta o desempenho do motor e, de quebra, lubrifica os componentes por onde passa. Acredite: essa medida preserva o veículo em dia!

Tenha cuidado na hora de reparar a pintura

Se você precisar reparar a pintura, é importante se planejar. O ideal é procurar um profissional que garanta exatamente a mesma tonalidade — pois um serviço malfeito pode desvalorizar ainda mais o veículo.

Quando o trabalho não é bem-feito qualquer reparo fica muito perceptível. Em alguns casos, inclusive, pode ser melhor não fazer nada e ser franco com o possível comprador. Essa técnica pode surtir mais efeito do que um serviço malfeito. Então, adote um serviço bem-feito ou repense essa estratégia.

Como você pode perceber, o valor de revenda depende de muitos fatores. Conhecê-los ainda é o melhor caminho para manter uma boa negociação, então invista nesses cuidados e colha os benefícios que podem trazer.

Para se inteirar ainda mais sobre o assunto, aproveite e leia sobre a importância da revisão antes de vender o seu veículo. Nós nos encontramos por lá!

Posts relacionados

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Carros que parecem ter sido feitos no Minecraft

Conheça alguns modelos de carros que parecem ter saído do Minecraft, um dos jogos de videogame mais famosos do mundo…
Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat Grand Panda: modelo antecipa o sucessor do Argo no Brasil

Fiat revela o Grand Panda, o sucessor dos modelos Argo e Mobi, inspirado no Citroën C3 A Fiat prepara um…
GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

GWM Haval H6 PHEV19 chega ao Brasil por R$ 229 mil

 O novo SUV GWM Haval H6 chega ao mercado com preço promocional e a autonomia puramente eletrica revelada: 74 km A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *